Procurador denuncia Figueira, Avaí, oito atletas e árbitro do clássico

Processo pode ser julgado na próxima terça-feira no TJD-SC

Por INfoesporte

20/02/2014 - 16h58

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

Jogadores durante confusão no clássico (Foto: Mafalda Press)

O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) vai julgar na próxima semana o caso da confusão no clássico entre Figueirense e Avaí, no último domingo. Ao todo, o TJD fez 11 denuncias. Além de Marquinhos, Eduardo Costa, Éverton Santos e Dudu, expulsos na partida, foram denunciados o atacante Roberto e o lateral-direito Eduardo Neto, do Leão, e o volante Nem e o atacante Lúcio Maranhão, do Alvinegro, além dos dois clubes e o árbitro da partida, Paulo Henrique de Godoy Bezerra.

Bezerra foi denunciado no artigo 260 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por "omitir-se no dever de prevenir ou de coibir violência ou animosidade" e no 266 (deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida). Na súmula do jogo, o árbitro não citou as agressões cometidas por Nem, Lúcio Maranhão e Roberto.

Jogadores do Figueirense

O Figueirense teve quatro jogadores denunciados. Éverton Santos, Nem e Lúcio Maranhão vão responder processo por agressão (artigo 254-A do CBJD). Além de agredir um jogador, Maranhão pode ser enquadrado em tentativa de agressão em outro atleta e as penas podem ser somadas. Já o atacante Dudu vai responder por desrespeitar o árbitro da partida, como prevê o artigo 253.

As possíveis penas para o Furacão

Figueirense: pode ser multado em valor que vai até R$10 mil
Éverton Santos: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão
Lúcio Maranhão: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão e de um a três jogos por tentativa de agressão.
Nem: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão
Dudu: pode pegar de um a seis jogos de suspensão por desrespeitar o árbitro da partida

 

Jogadores do Avaí

O Leão também teve quatro jogadores denunciados. Marquinhos e Eduardo Costa vão responder por agressão e por provocar a torcida adversária. O volante fez gestos obscenos ao deixar o gramado do Orlando Scarpelli e o meia vai responder por dançar em frente à torcida. Roberto e Eduardo Neto foram denunciados por agressão.

As possíveis penas para o Leão

Avaí: pode ser multado em valor que vai até R$10 mil
Eduardo Costa: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão e de dois a seis por provocar o público.
Marquinhos: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão e de dois a seis por provocar o público.
Roberto: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão
Eduardo Neto: pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por agressão.

PUBLICIDADE

Compartilhe:

2 Comentários para:

Procurador denuncia Figueira, Avaí, oito atletas e árbitro do clássico

Comentários

  • Imagem

    Guilherme

    20/02/2014 - 17h08

    tem autoridade vestindo a camisa no momento que deveria ser profissional, não aguentou levar mais um CRÉU kkkkkkkkkkkk
    Responder
    |

    Avalie: 20 Positivo2Negativo

  • Imagem

    Guilherme

    20/02/2014 - 17h06

    E porque o senhor procurador não denunciou os jogadores do figayra an passado quando ficaram de calcinha na ressacada??isso pode???
    Responder
    |

    Avalie: 28 Positivo1Negativo

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados