Cacau Corazza: A taça é azul e branca

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

28/02/2017 - 09h43

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

A TAÇA É AZUL E BRANCA

A taça do primeiro turno do Catarinense já tem dono e foi com mérito. O Avaí sofreu, até agora, dois gols no Estadual, marcou 13, tem dois empates e seis vitórias. Um primeiro turno que alegra o torcedor, já que fazia tempo que não se via o Leão levantar um caneco. Mas não está tudo garantido ainda. Falta o segundo turno.

Claudinei Oliveira conseguiu implantar bem o estilo de jogo para o grupo, não importa quem entra, consegue seguir a linha de fazer uma marcação forte. Aí vem aquela pergunta, ?então o time está nos eixos? Pronto para a Série A?? e a resposta, não! O Avaí oscila em suas partidas, conquista os três pontos, mas não faz um belo futebol. O meio campo às vezes fica lento, o ataque ineficiente, sim, o time não vai ser perfeito, isso não tem como. O setor que com certeza deu certo é o defensivo, pelo estilo de jogo do comandante Azurra. Os parabéns ao Avaí pelo primeiro turno e que no segundo, e a preparação para a Série A, sejam com um futebol melhor.

Agora é Copa do Brasil, o Leão recebe o Luverdense, nesta quarta-feira (01), na Ressacada. E é aquela nova regra, tem que vencer para passar de fase, é uma partida só e a diretoria está fazendo promoção de ingresso para ver o torcedor incentivar o Clube. E que essas promoções se mantenham no Brasileirão.

FALSA ESPERANÇA

Esse foi o sentimento do torcedor Alvinegro assistindo a partida do fim de semana, contra o Tubarão. Toda aquela energia, vontade e evolução que se viu no clássico, ficou no clássico. No último sábado (25), o Figueirense voltou a ser o time morto que estamos acompanhando desde o início do ano. Sim, obvio que as coisas não iriam mudar de uma hora para outra, mas quem assistiu ao clássico, na última semana, viu um Figueira atacando, criando, sendo mais ofensivo.

Uma coisa que tem que parar de ser feita é colocar a culpa na bola, no clima, no horário do jogo, no gramado, na falta de tempo. Porque isso é querer esconder a incompetência dentro de campo. Falta sim muita coisa para ver um Figueirense com qualidade, criação, um ataque que marque. Márcio Goiano tem muito trabalho para colocar as coisas no eixo. O detalhe que ainda falta o meia, o camisa 10. Até agora nada. Ninguém para ligar a defesa com o ataque, ninguém que coloque uma qualidade no meio campo.

Zé Love, que não estava fazendo nada quando entrava em campo, vai ficar fora provavelmente até a Série B, por causa de uma cirurgia na coluna. Bill, contratado por ser goleador, ainda não marcou. O zagueiro Marquinhos, que estava quase voltando, agora foi pego no exame do doping. A zica está solta no Scarpelli e a torcida não está nem comparecendo aos jogos, em grande peso, porque o time não mostra serviço. 

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Cacau Corazza: A taça é azul e branca

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados