Cacau Corazza: Cadê o Leão do primeiro turno?

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

28/03/2017 - 19h46

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

CADÊ O LEÃO DO PRIMEIRO TURNO?

As partidas do returno estão fazendo o torcedor se questionar, por qual razão essa mudança de postura e de futebol?

O que o Avaí apresentou no primeiro turno do Catarinense não foi o melhor futebol, mas fazia por merecer a vitória, era um time encaixado e com um setor defensivo sólido. Mas no returno as coisas mudaram. Se compararmos os gols tomados na primeira fase, foram três, já na segunda etapa do estadual, já são oito! Não estou dizendo que o mundo está acabando e que a equipe não tem mais solução, mas que a insistência por alguns jogadores começou a prejudicar o time.

Contra a Chapecoense, no último domingo (26), se viu um Leão apático e com erros infantis. O primeiro gol do Verdão do Oeste se deu por uma falha do meia Marquinhos Santos, que ainda teve a chance de deixar tudo empatado na Arena Condá, mas não conseguiu chutar com a força necessária. O segundo gol nem se fala, bobeira no setor defensivo e um belo frango de Kozlinski. Falhas bobas que resultaram na derrota para a Chape. O Avaí precisa voltar a ter o foco na final do estadual e em querer levar a decisão para a Ressacada, para isso, tem Joinville essa semana.

A PRIMEIRA DO RETURNO

De forma contestada a vitória veio. Não foi através de um futebol bonito, nem de qualidade e nem com uma evolução em campo. Foi à base de protesto, de um pênalti inexistente e dos pés de alguém que estava, e ainda está devendo. Mas ela veio. Os três pontos se fazem muito importantes nessa fase do Figueirense, que é o penúltimo colocado no Catarinense.

O Figueira não mudou o estilo de jogo, continuou sendo um time sem qualidade, mas o que importou no momento foi a vitória. O caso do pênalti, é a arbitragem que precisa responder por isso, claramente não existiu, mas nessa infelicidade do juiz, Bill marcou e até chorou, pelo certo alivio de conseguir deixar o primeiro dele no Alvinegro. O que não pode mais se repetir é contar com a sorte e continuar com esse futebol, que nem devia ser chamado assim. É preciso ter vontade e raça. Se as peças não são boas, Arini veio para o Scarpelli para mudar isso. Chega de envergonhar, de ocupar a penúltima posição no Catarinense, um campeonato que era para ser brigado pelo título. A meta do Figueirense se torna a ser a montagem do time, eficiente, para a Série B e o estadual precisa servir para encaixar essa equipe.

Nesta quarta-feira (29), o Figueirense entra em campo contra o Criciúma, que está na disputa pela conquista do returno. Márcio Goiano não vai ter trabalho fácil, assim como desde o inicio, mas é bom fechar mais o meio campo, já que este setor do Tigre é ágil e tem qualidade. E a esperança para o torcedor Alvinegro pode voltar, se o time colaborar. 

PUBLICIDADE

Compartilhe:

1 Comentários para:

Cacau Corazza: Cadê o Leão do primeiro turno?

Comentários

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados