Avaí e Figueirense ficam no empate na Ressacada

Com goleiros inspirados, nenhum dos times conseguiu marcar

Por INfoesporte

23/02/2017 - 00h13

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

0 a 0: Avaí e Figueirense não marcaram no clássico (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

JEJUM DE GOLS

Torcedores de ambos os times sofreram e torceram muito para que a bola entrasse... Mas não aconteceu. Com os dois goleiros inspirados, os ataques avaiano e alvinegro não conseguiram botar a bola para dentro. Na próxima rodada o Figueira enfrenta o Tubarão, sábado, às 10h, no Scarpelli. No mesmo dia o Avaí pega o Almirante Barroso em Itajaí, às 16h30.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou com o Avaí em cima. Em falta batida por Marquinhos a bola bate em Romulo, ele fica com a sobra, manda para a área e Betão finaliza a primeira bola do jogo para fora.

O Figueira tenta responder com Ermel pela direita, mas o jogador acaba fazendo falta de ataque.

Nos lances que se seguiram disputa intensa de bola a todo momento. O Furacão voltou a atacar com Dudu, que recebeu bola pela direita e fez cruzamento baixo - Kozlinski segurou bem.

Como todo bom clássico, houve lances tensos: Alemão quase faz besteira e sai jogando errado. Yago aperta na marcação e por pouco não alcança dentro da área; a torcida do Avaí fica enfurecida com o zagueiro.

O alvinegro tenta aproveitar o momento. Juliano faz cruzamento na área, Bill escora para fora. O Figueirense tem mais posse de bola e chega mais que o Avaí.

O Leão volta a atacar com Diego Jardel, que faz lançamento para a área alvinegra, mas passa por todo mundo e Thiago Rodrigues segura tranquilo. O Figueirense continuava chegando mais, apertando na marcação, roubando a bola e descolando cruzamentos.

Aos 18, porém, o time azurra voltou a levantar seu torcedor com jogada de Capa, que driblou Ermel, cruzou, e conseguiu um escanteio. A resposta do Figueira veio rápido. Numa saída errada do Avaí, Bill recebeu pela esquerda e bateu direto para o gol. Kozlinski espalmou para escanteio.

O Avaí chegou bem aos 26: Capa tocou para Denilson num contra-ataque e na hora H Dirceu, num carrinho providencial, salvou o Figueira de levar o primeiro gol: foi uma das melhores chances de Avaí no jogo.

O Figueira teve falta aos 28, Yago bateu falta de longe, Marquinhos Santos desviou contra o patrimônio e mandou para escanteio, pertinho da trave de Kozlinski.

O primeiro amarelo do jogo saiu aos 31 minutos, quando Alemão deu um carrinho na bola numa dividida com Ermel, mas Heber Roberto Lopes viu jogo perigoso no lance. O tempo fechou na área com discussão entre Bill e Kozlinski.

Logo em seguida, mais confusão. Bill se desentendeu com Betão e empurrou o zagueiro avaiano, que caiu com as mãos no rosto. Os dois levaram cartão amarelo. Leandro Silva, por reclamação, também tomou amarelo.

Bruno Alves parou Romulo com falta próximo à área. Marquinhos foi pra bola e ela ia em direção ao gol, mas Thiago Rodrigues fez grande defesa para salvar o alvinegro.

SEGUNDO TEMPO

O Figueirense começou melhor o segundo tempo. Bill recebeu cruzamento e cabeceou firme: Kozlinski fez uma defesaça para salvar o Leão.

O Avaí começou a sair um pouco mais para o jogo, mas não conseguia chances claras. Num lançamento para a área, Dirceu pegou mal na bola e Romulo poderia tentar pegar a sobra, mas não acreditou no lance e a bola ficou com Thiago Rodrigues.

Dudu recebeu cartão amarelo por entrada dura em Capa e o Avaí ganhou mais um falta, de longe, para mandar bola na área.

O jogo esfriou  e poucas chances eram criadas. Yago levou a melhor no contra-ataque, foi levando, mas bateu muito mal na bola.

Aos 33, porém, uma grande chance: Ferrugem, poucos momentos após entrar no jogo, mandou uma bomba para o gol e Kozlinski fez grande defesa, mais uma vez, espalmando para fora.

O Avaí voltou para a partida aos 38: Marquinhos botou a bola na área duas vezes seguidas, mas nas duas a zaga alvinegra ganhou no bate-rebate.

O Figueira voltou a assumir as ações nos minutos finais, com boas tramas no campo ofensivo, mas faltava a finalização de qualidade.

Fim de jogo, empate em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

Avaí (0)
Kozlinski, Leandro Silva, Alemão, Betão, Capa; Renato Junior(Caio Cesar), Ferdinando(Mauricio), Diego Jardel(Júnior Dutra), Marquinhos; Denilson, Romulo

Figueirense (0)
Thiago Rodrigues, Dudu, Dirceu, Bruno Alves, Juliano; Josa, Helder, Yago(Ferrugem), João Pedro(Aquino); Ermel(Índio), Bill

Amarelos: Bill, Bruno Alves, Dudu (F); Leandro Silva, Alemão, Betão (A)

Público: 11.109

Renda: R$ 235.096

 

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Avaí e Figueirense ficam no empate na Ressacada

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados