Cacau Corazza: Olhos na Série B

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

27/04/2017 - 17h59

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

OLHOS PARA A SÉRIE B

Catarinense encerrou, a campanha péssima do Figueirense no estadual também chegou ao fim. Agora os olhos do alvinegro vão para a Série B. São onze novos contratados, nove deles já treinam com o grupo e com essa barca os torcedores esperam, no mínimo, uma dedicação maior junto com a melhora no futebol. Enquanto alguns atletas chegam ao Scarpelli, Arini anunciou na tarde desta quinta-feira (27), que Ferrugem, Gabriel Esteves, Yago, Morassi e Ermel não vão fazer parte do grupo Alvinegro para o Brasileirão.

Márcio Goiano chegou como a promessa da melhoria, mas a campanha no Catarinense não foi grande coisa não, bem pelo contrário, deixou muito a desejar e não fez muitas mudanças se compararmos com o ex-técnico Marquinhos. E não, não estou dizendo que Marquinhos Santos deveria ter ficado, até porque já repeti aqui algumas vezes que a permanência dele no inicio desta temporada foi um dos erros que fizeram com que o Figueirense começasse o ano com um futebol vergonhoso. O atual comandante alvinegro teve cinco derrotas, cinco empates e apenas duas vitórias no estadual, além de terminar o returno em último colocado na tabela.

Agora a página vira, o foco é Série B, um campeonato truncado, onde o Figueirense vai precisar fazer muito mais do que mostrou até agora se quiser se manter ou conquistar o acesso no Brasileirão. São cerca de 15 dias para o Figueira ajustar o time, encaixar as novas peças, colocar o pé na forma e dar segurança a equipe. O Alvinegro estreia dia 13 de maio, contra o Goiás, fora de casa e o técnico Márcio Goiano agora tem o tempo que queria para mostrar o porquê veio. Campeonato novo, atletas novos e que a vontade de jogar um futebol descente seja nova também!

DIA DE LOTAR A RESSACADA

Está chegando o dia da final e os Avaianos já contam as horas para domingo (30). Algo que ouvi e li torcedores recordando, mais que uma vez, foi sobre o título de 2009, aquele em que o Avaí perdeu por 3 a 1 em Chapecó e na Ressacada levou o título com o placar de 6 a 1. Ou seja, a confiança no título do Catarinense existe e se tem na história do Clube, é aquela famosa fézinha que o futebol faz acreditar.

É fato que a Chapecoense cresceu no returno e melhorou o futebol, tanto que conquistou o título e não passou por sufoco. Mas também não é o time exemplo, em algumas partidas teve um desempenho baixo. Já o Leão, fez um primeiro turno invicto com o padrão de esquema tático Claudinei que dava certo, sem importar quem jogava ou não, o time funcionava. Mas chegou o returno e parece que a equipe se perdeu, claro que os desfalques dos titulares fizeram falta, mas se o esquema funcionava na primeira etapa do estadual, por que na segunda não fluía? Talvez a insistência por alguns atletas, fez com que as coisas decaíssem.

Falando do que está por vim, o Avaí tem noticias boas para domingo (30), Denilson voltou, recuperado e esse é um dos que fez falta. Ele e Junior Dutra têm uma sintonia no ataque, tanto é que Denilson é o artilheiro do Leão no Catarinense com oito gols. Por outro lado, o que preocupa é o lateral Leandro Silva, ele não treinou nesta quarta-feira (26) por dores musculares e se ele não jogar, quem entra é Gustavo Santos, que não mostrou nada no Catarinense. O comandante Claudinei quer deixar aquele mistério para a Chape, o fator casa é muito importante, mas a certeza que o Avaí tem, é que o torcedor quer fazer a festa na Ressacada no domingo (30).

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Cacau Corazza: Olhos na Série B

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados