Cacau Corazza: Mesmo espírito de 2016?

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

31/01/2017 - 11h33

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

MESMO ESPÍRITO DE 2016?
 
As duas estreias do Figueirense, tanto no Catarinense quanto na Primeira Liga, foram de um péssimo futebol! No fim de semana o time saiu de campo sob vaias do torcedor! Protesto feito com razão, os alvinegros não merecem ver neste ano uma equipe, que mesmo com peças diferentes mantém o mesmo espírito de 2016. Dois jogos sem mostrar nada, sem expressão, sem mostrar quem é o dono da casa, sem criar e porque isso? A desculpa de que ainda é início de temporada não cola, como já falei aqui, todos os times estão na mesma situação de início de temporada, então isso não é desculpa.
 
O técnico Marquinhos Santos não vem de um bom ano junto ao Clube e a cada derrota a pressão da torcida aumenta e não é por menos, são 14 jogos no comando sendo 9 derrotas, em outros tempos o Figueira já teria trocado de técnico. 
 
Esta semana o Furacão entra em campo de novo pelo Catarinense, primeiro jogo fora de casa e já tem desfalques por lesão. Claro que não vai ser cobrado um futebol espetacular e uma sintonia perfeita nos primeiros jogos, mas a vontade dentro de campo é o básico, ainda mais que está começando o ano, não é época de estar cansado, já que a recém estão começando os campeonatos. O torcedor Alvinegro merece ver um time com raça este ano e não com o mesmo espírito de 2016! 
 
HORA DE JOGAR EM CASA
 
A estreia no Catarinense foi melhor do que na Primeira Liga. Avaí conquistou a vitória na primeira partida do Estadual e o time teve algumas mudanças na montagem, ainda bem! Mesmo sendo a base igual à partida anterior, é nítido ver que trocando algumas peças o futebol já muda e foi isso que aconteceu no sábado (28) contra o Criciúma. O Leão mostrou vontade de jogo no segundo tempo e com isso veio à vitória, mas é bom saber que só a vontade não basta para este ano, na Série A, por exemplo, se o time não tiver qualidade e inteligência dentro das quatro linhas, o campeonato ficará complicado. 
 
Nesta terça-feira (31) o Avaí faz a estreia dentro de casa, diante da torcida azurra que está com sede de bons jogos. A partida será pela segunda rodada da Primeira Liga, contra o Londrina, e a chance de mostrar que a péssima impressão no primeiro jogo deste campeonato foi só o nervosismo de estreia. 
 
Marquinhos fica fora, já que junto com a comissão técnica decidiram por utilizar o atleta no Catarinense e como tem jogo na quinta-feira (02) pelo estadual, o capitão não entra em campo hoje (31). Claudinei opitou por mais mudanças e nesta noite, na Ressacada terão algumas estreias, como o goleiro, o zagueiro gringo e uma cria da base. Só não é de se entender porque o comandante azurra escala Caio César e João Paulo, mas vamos esperar. 

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Cacau Corazza: Mesmo espírito de 2016?

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados