Bahia traduz bom 2021 em números

| |

A temporada de 2020 não havia acabado quando 2021 entrou, mas a chegada do novo ano mudou o rendimento do Bahia, principalmente ofensivo, da água para o vinho.

De altamente ameaçado de rebaixamento e com ataque inoperante, a garantido na Série A e com largadas positivas na Copa do Brasil e Copa do Nordeste, o Esquadrão acertou as pontas no ataque e se beneficiou de uma grande melhora de resultados.

Em 2021 – descontando as partidas do Campeonato Baiano, disputadas com o time reserva –, foram apenas quatro os jogos em que a equipe não foi às redes. Dentre aqueles em que foi, a imensa maioria, resultados expressivos, como os 7 a 1 aplicados na Copa do Brasil sobre o Campinense, o triunfo por 4 a 0 contra o arquirrival interestadual Sport, sem contar, é claro, os 4 a 0 sobre o Fortaleza no Castelão que praticamente selaram a permanência do Tricolor Baiano na elite.

Leia mais: Bahia engrossa lista de reforços para 2021

Ao todo, o time principal disputou 17 partidas em 2021 e marcou 30 gols, mantendo a ótima média de 1,76 gols por partida. A equipe comandada por Dado Cavalcanti colhe os resultados: classificação para a Sul-Americana via Brasileiro, liderança do Grupo A da Copa do Nordeste e o avanço na Copa do Brasil, garantidor de um reforço de R$ 2,5 milhões, já que o Tricolor está no Grupo I de cotas da CBF para a competição nacional em 2021.  

É neste pique que o Esquadrão de Aço promete uma temporada marcante, que traz as disputas do Baianão, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileiro.

Anterior

Pré jogo Vasco x Macaé na Carioca Play com todos detalhes da quinta rodada

Leandro Machado é o aniversariante do dia; relembre gols marcantes

Próximo

Deixe um comentário

P