Benfica inicia temporada com eliminação e aumenta expectativa para confirmar favoritismo no Campeonato Português contra o Porto

O Benfica investiu alto nos reforços. Trouxe o treinador Jorge Jesus, mas, mesmo assim, viu a nova temporada começar de maneira desastrosa. A derrota por 2 a 1 para o PAOK, da Grécia, foi a despedida precoce do clube lisboeta da Champions League. O que resta agora é a busca pelo título português, que na temporada passada ficou com o bem treinado time do Porto. As cotações nas apostas indicam que o favoritismo continua ao lado de Jesus, mesmo com este primeiro revés.

As probabilidades fornecidas pelas casas de aposta esportiva indicam que, mais uma vez, a disputa do Campeonato Português será entre Benfica e Porto. No dia 18 de setembro, as duas equipes apareciam na liderança das cotações para o torneio. O time da capital registrava 59,9% de chance de título enquanto os portuenses ficavam com 45,5%. Essa pouca diferença entre os dois principais clubes de Portugal é sinal de que a disputa deve ser acirrada.

É uma análise fácil de se fazer, principalmente com o aproveitamento absurdo que as duas equipes possuem no torneio nacional. Juntos, Benfica e Porto somam 66 conquistas na elite portuguesa e, desde o final da temporada 2001/2002, quando o Sporting foi campeão, os dois times dominam o topo da tabela. Ou seja, cerca de 75% dos títulos no campeonato, desde que a disputa começou em 1934, é de um dos dois maiores clubes de Portugal.

O maior favoritismo do Benfica nas apostas é facilmente entendido pelos gastos que o time realizou na janela de transferências. Foram mais de 88 milhões de euros para contratar nomes como Everton, Pedrinho, Darwin Nuñes e Gilberto. Algo que não aconteceu com os rivais, que foram bastante econômicos na pré-temporada. Assim, a pressão e a expectativa pelo título na Primeira Liga são grandes.

Porto aposta na base

A principal ameaça para o Benfica de Jorge Jesus veste azul e branco. Atual campeão português, o Porto não gastou na janela de transferência e, mais uma vez, vai apostar no bom trabalho de Sérgio Conceição à frente da equipe. O treinador tem dois títulos nacionais e, nos últimos anos, mostrou uma forte capacidade para desenvolver atletas vindo da base. Isso aconteceu, por exemplo, com Diogo Dalot, que hoje defende o Manchester United.

Entre os titulares da equipe estão alguns nomes conhecidos dos brasileiros, como o meia Otávio, que jogou no Internacional, e o atacante Tiquinho Soares, revelado pelo Paraibano. Eles serão essenciais para que o Porto consiga terminar a temporada surpreendendo os números e as cotações do torneio. O  time entra em campo como a principal ameaça contra o caro elenco do Benfica.

O Campeonato Português está longe de ser um torneio equilibrado, como mostramos nos números de Porto e Benfica na competição. Entretanto, esta temporada promete algumas emoções no topo da tabela. A equipe de Lisboa, após gastar milhões em reforços, tem a obrigação de terminar a temporada do futebol europeu com algum título. O atual campeão quer impedir isso e, como fez na disputa da época 2019/2020, mostrar que dinheiro não é garantia de taça.

Bruno Lopes
Jornalista com pós-graduação em jornalismo esportivo. Possui uma página no Facebook sobre futebol europeu (Futebol Europeu e Dados) e participou por quatro anos do programa 'No Mundo da Bola', da rádio Jovem Pan.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Bom pra ninguém: Chape e CSA ficam no empate em partida isolada

Chapecoense e CSA não saíram do zero na noite desta terça-feira, na Arena Condá, em Chapecó-SC.

Ex-São Paulo e Santos, Bruno Uvini rescinde com clube árabe e fica sem contrato

Nesta segunda-feira, o Al-Ittihad-ARA, clube dirigido por Fábio Carille e dos brasileiros Marcelo Grohe, Bruno Henrique (ex-Palmeiras)...

Buscando frear queda brusca, Paraná recebe lanterna Oeste

A sequência recente do Paraná de sete jogos sem vencer na Série B (cinco empates – Brasil-RS,...

Palmeiras só enfrentou dois times do Equador na Libertadores neste milênio

O Palmeiras conheceu o Delfin-EQU como adversário das oitavas de finais da Copa Libertadores. E apesar de...

Grupo H: Caracas-VEN se complica e tentará milagre para avançar

Os clubes venezuelanos têm raros momentos de brilho na Libertadores – desde 2016 não avançam para os...

Em jogo alucinante de duas viradas, Guaraní bate Bolívar e passa junto com Palmeiras no Grupo B

Já classificado, mas sonhando com a improvável primeira colocação do Grupo B, chave do Palmeiras, o Guaraní...

Última Hora

Leia MaisRelacionado
Recomendamos