Connect with us

Brasileirão Série A

Brasileirão: Cuiabá x Atlético-GO é o primeiro duelo interestadual do Centro-Oeste em 16 anos

Published

on

O confronto isolado desta quarta-feira pelo Campeonato Brasileiro terá um gosto especial para a região Centro-Oeste do Brasil. Atrasado da terceira rodada, o jogo entre Cuiabá e Atlético-GO, na Arena Pantanal, representa para o Dourado a chance de sair da zona de rebaixamento, e para o Dragão, de colar no G-6. Mas, para a região Centro-Oeste, representa muito mais.

A partida aguardou o desenlace de dez rodadas para ser realizada, mas a região do Cerrado e Pantanal brasileiro esperou muito mais: 16 anos para voltar a ter um confronto interestadual pela elite do futebol nacional. O último duelo foi entre Goiás e Brasiliense*, pelo Campeonato Brasileiro de 2005.

*reconhecendo o Distrito Federal como, no futebol, uma unidade federativa.

2005…

Naquela ocasião, o Brasiliense fazia sua primeira, e única até aqui, participação na Série A. O outro representante centro-oestino da edição era o Goiás, que fez, inclusive, sua melhor participação em Campeonatos Brasileiros, terminando na terceira colocação.

Nos duelos, uma vitória para cada lado, sempre na casa do adversário. O Brasiliense venceu no Serra Dourada por 3 a 1 no primeiro turno e, no segundo, o Goiás ganhou na Boca do Jacaré, 2 a 1.

Envolvendo clubes mato-grossenses…

Para o futebol do Mato Grosso, a saudade é ainda muito maior. A última participação de uma equipe mato-grossense na divisão principal do Brasil foi no longínquo 1986. E foi neste ano que foram registrados os últimos duelos entre Mato Grosso e Goiás pela Série A. Envolvia igualmente o Atlético-GO, que dividia o Grupo J do Brasileiro com o Operário de Várzea Grande. As duas partidas terminaram com vitórias do Dragão por 3 a 0.

A partir de 1987, com a criação da Copa União, o Brasileiro foi reduzido e equipes que costumavam frequentar a divisão principal, como o próprio CEOV, além de Vila Nova, Mixto, Operário-MS e Comercial-MS, por exemplo, se afastaram para sempre do primeiro escalão. Anteriormente, pela quantidade de participantes e divisão geográfica das chaves, os confrontos interestaduais e regionais eram muito comuns.

Porém, daquela época em diante, só voltaram a acontecer quando, em momentos raros, equipes da região desbravavam os caminhos da elite. O Gama, que ficou de 1999 a 2002 na elite e o Brasiliense, que, como citado, jogou em 2005, foram os últimos exemplos.

Com a ascensão nacional do Atlético-GO, os duelos contra o Goiás pela Série A até ficaram frequentes – aconteceram, por exemplo, na última edição –, mas os confrontos interestaduais, como o desta noite, seguem sendo exemplos raros.

Brasileirão Série A

Brasileirão: 14ª rodada traz clássicos estaduais e interestaduais

Published

on

Neste sábado (31) e domingo (01), a bola rola para 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Nove duelos serão disputados e a exceção será Fluminense x Juventude, adiado porque o Tricolor Carioca usará o final de semana para decidir vaga contra o Criciúma pela Copa do Brasil, já que terá confronto pela Libertadores na terça-feira.

Dos bons nove jogos, quatro chamam especial atenção: tratam-se de rivalidades estaduais e interestaduais. O Choque-Rei, de São Paulo e o Clássico-Rei, do Ceará, serão as atrações locais, enquanto outras duas terão amplitude regional: o Clássico das Nações, entre Corinthians e Flamengo, e o duelo entre as potências do Nordeste, Bahia e Sport.

E o melhor: nenhum destes jogos acontecerá em simultâneo com o outro, o que favorece a programação do(a) espectador(a) interessado(a). Confira:

São Paulo x Palmeiras – sábado, 19h00 – Morumbi

“Aperitivo” para o confronto pelas quartas-de-final da Copa Libertadores, nos próximos dias 10 e 17, partida pelo Brasileiro terá seus motivos para ser quente, razões que vão além da própria rivalidade do Choque-Rei.

Líder, o Palmeiras tem o Atlético-MG sempre mantendo proximidade na tabela e sabe que deverá ampliar sua bela sequência de vitórias. Mas o desafio é dos grandes: o São Paulo vive situação incômoda no campeonato, ocupando o Z-4, mas mantém a boa fase na Libertadores e Copa do Brasil, o que deixa propício o momento para buscar a reabilitação no Brasileiro.

Corinthians x Flamengo – domingo, 16h00 – Neo Química Arena

No domingo, será a vez de a capital paulista receber o duelo entre as duas maiores torcidas do país.

O Flamengo é a definição de “embalado”: quatro goleadas consecutivas, de bem com todos os campeonatos, incluindo o Brasileiro, onde já esboça recuperação e persegue as primeiras colocações. A diferença para o líder Palmeiras, no momento, é de dez pontos, mas é bom lembrar que o Mengão ainda tem dois jogos a menos.

O Corinthians vem de vitória, projeta estabilização no campeonato e está devendo uma boa exibição dentro de sua casa, para a qual tem a oportunidade diante de um de seus principais adversários.

Bahia x Sport – domingo, 18h15 – Pituaçu

Mais tarde, a cidade de Salvador recebe o pesado duelo entre Tricolor Baiano e Leão da Ilha, jogo carregado de um grande orgulho: tricolores e rubro-negros na eterna disputa simbólica pelo título de “Maior do Nordeste”.

Na Série A, por enquanto, quem está melhor é o Bahia. Apesar de vir de três derrotas, a equipe se mantém na perseguição pelo G-6, para quem a distância é de quatro pontos. O Sport, na beira do Z-4, busca se afastar das posições mais incômodas.

Ceará x Fortaleza – domingo, 20h30 – Castelão

Em grande momento no campeonato, rivais cearenses prometem protagonizar mais um grande capítulo do Clássico-Rei, inclusive para os espectadores, que se acostumam a ver Leão e Vozão fazerem bonito no cenário nacional.

Para o Fortaleza, vale a quinta vitória consecutiva e o estabelecimento no G-4. Para o Ceará, a ampliação da maior invencibilidade em sua história em campeonatos brasileiros (10 jogos) e uma possível entrada no G-6. Definitivamente, ingredientes não faltam para um grande clássico.

A rodada:

Além das partidas destacadas, outros duelos importantes completarão o final de semana de Campeonato Brasileiro. São eles:

Sábado:

  • Internacional x Cuiabá – 20h00
  • Red Bull Bragantino x Grêmio – 21h00

Domingo:

  • Atlético-MG x Athletico-PR – 16h00
  • Chapecoense x Santos – 18h15
  • Atlético-GO x América-MG – 20h30
Continue Reading

Brasileirão Série A

Nonato no Fluminense: cadeira cativa x composição de elenco

Há três rodadas para se enfrentarem, Internacional e Fluminense selam negociação por volante Nonato

Published

on

Volante do Inter, Nonato, assinou com o Flu até o fim de 2022. Nas Laranjeiras, Martinelli e Yago tem sido titulares na posição

Sem espaço no elenco principal do Internacional após lesão e saída do técnico Miguel Ángel Ramírez, o volante Nonato teve seu nome confirmado como a mais nova contratação do Fluminense na manhã desta sexta-feira (30).

Aos 23 anos de idade, o jogador ficará no Tricolor das Laranjeiras até o fim de 2022 por empréstimo junto ao Internacional. Presente nos treinamentos com o elenco do time carioca, Nonato vai precisar batalhar, assim como no clube gaúcho, por uma vaga no meio-campo.

No elenco, o técnico Roger Machado possui Martinelli, Yago, André e Wellington, além de Hudson, que está em recuperação de lesão, como opções para a mesmo posição do novo contratado do Fluminense.

Em busca de oportunidades na nova casa

Por outro lado, uma das razões para ter aceitado o convite da equipe carioca diz respeito ao desejo de Nonato em respirar novos ares e ter mais oportunidades de mostrar seu futebol dentro de campo de forma efetiva.

“Me disseram que o grupo é muito acolhedor e estou muito animado para ajudar meus novos companheiros. Gosto do jogo intenso, de ter a bola no meio de campo. Minhas características são o passe e a visão de jogo. Espero que eu possa complementar com as qualidades dos meus companheiros. Vim para ajudar e conquistar grandes coisas esse ano”, disse ao site oficial do Tricolor das Laranjeiras.

Após a chegada no Rio de Janeiro na noite da última quarta-feira (28), Nonato passou por exames médicos no dia posterior e assinou contrato com o Tricolor. Com contrato vinculado ao Colorado, o volante perdeu espaço com a equipe sob comando do técnico Diego Aguirre.

Assim, desde o dia 20 de junho, ele não entra em campo. Pelo Inter, ele competiu em 91 partidas e marcou sete gols. Dessa forma, ele só poderá atuar pelo Flu na Libertadores e Copa do Brasil caso o Tricolor carioca avance às quartas de final.

Vitrine de Nonato: Acompanhado pelo São Paulo no começo do ano

Primeiramente, revelação do Internacional, Nonato entrou no radar do São Paulo no início deste ano. Todavia, o ex-comandante do clube gaúcho, Miguel Ángel Ramírez vetou a liberação do jogador ao time paulista. Em contrapartida, com o desligamento do espanhol em junho, o novo treinador Aguirre permitiu que o atleta e seus empresários procurassem outros clubes e ouvissem novas propostas.

Continue Reading

Atlético-MG

Atlético-MG, Flamengo e mais dois: Cuca aponta candidatos ao Brasileirão

Próxima de entrar no segundo turno, Série A do Campeonato Brasileiro tem mais de três candidatos ao título na visão do treinador do Alvinegro

Published

on

Treinador do Atllético-MG, Cuca indica favoritismo do atual campeão brasileiro, do Palmeiras e do Fortaleza para disputa com o Galo

Atual vice-líder da Série A do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG venceu 9 dos 13 jogos disputados na competição. Por outro lado, nos últimos 9 jogos, o time comandado pelo técnico Cuca venceu sete e empatou dois. A campanha de 71,8% de aproveitamento instituiu na atmosfera mineira um clima de sombra e água fresca, afinal apenas três pontos separam o clube do líder Palmeiras.

Dessa maneira, tido como um dos favoritos ao título brasileiro, o Galo briga lado a lado com o Porco pela primeira posição. Ademais, atual campeão do certame, o Flamengo retomou o caminho da vitória e encostou de vez no G-4. Agora, a equipe carioca está a três pontos do 4° colocado, Red Bull Bragantino. Do mesmo modo, vale destacar que, o Mengo possui dois jogos a menos.

Questionado sobre quem são os principais candidatos a conquista do Brasileirão 2021, Cuca afirmou que existe quatro times na briga.

“(O título) Pode fugir (de Atlético, Flamengo e Palmeiras), porque tudo pode acontecer no futebol. O Fortaleza também está aí, chegando, com força. Qualquer outra equipe pode dar uma arrancada, assim como a gente tem seis vitórias, o Palmeiras tem sete… pode acontecer de alguma outra equipe dar uma arrancada. A tendência é que, a princípio, essas três lutem, junto com o Fortaleza, pelo título”, detalhou o treinador, em entrevista à Rádio Itatiaia. 

Vice-líder: Atlético-MG engata no Campeonato Brasileiro 2021

Detentor de um dos elencos mais ricos do país, o Atlético-MG costura uma bagagem interessante na atual edição do campeonato nacional. Com seis triunfos seguidos, o Alvinegro ocupa a 2ª posição, com apenas 3 derrotas em 13 jogos.

Mas, para alcançar essa posição, o Galo penou em uma oscilação na competição no término do mês passado. À época teve teve 14 desfalques em três rodadas seguidas. Dessa forma, acabou somando apenas um ponto.

Campeão da Copa do Brasil 2021: Palmeiras tem pequena gordura

Principal adversário do Atlético na briga pelo troféu da Série A, o Palmeiras venceu as últimas sete partidas na competição. No geral, em 13 jogos, o Porco venceu 10, empatou uma e perdeu duas. Como resultado, possui um aproveitamento de 79,5%.

Além disso, um fator favorável ao time paulista é o fato de disputar um torneio a menos., afinal sofreu a eliminação na terceira fase da Copa do Brasil para o CRB, nos pênaltis.

Flamengo: Bicampeão brasileiro vira o jogo na Série A

Octacampeão do Campeonato Brasileiro, o Flamengo começou a caminhada na competição de maneira desarmoniosa. Ao mesmo tempo que demitiu Rogério Ceni, rapidamente contratou Renato Gaúcho. Resultado: a chama reacendeu. C

om boas atuações, recheadas de goleadas, tornou-se evidente a briga do clube, em mais um ano, pela taça da competição. Com dez pontos atrás do Palmeiras, a equipe tem uma carta na manga. Disputou apenas 11 jogos contra 13 dos adversários ao título, segundo Cuca.

Fortaleza: Nordeste bem representado pelo Tricolor do Pici

Uma das gratas surpresas desta edição do Brasileirão, ao lado de Red Bull Bragantino e Athletico-PR, o Fortaleza está na zona classificatória à Libertadores. Ou seja, dentro do seleto G-4. Na 3ª posição, com 27 pontos, quatro a menos que o atual líder, a equipe do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, apesar de ter um elenco reduzido em termo de peças qualificadas individualmente, apresenta um repertório diversificado no setor ofensivo. Até a 14ª rodada da competição, a equipe tem a melhor defesa e o quarto melhor ataque.

Continue Reading

Jogos

Trending

P