Brasileiro 2020: Os cinco jogos que salvaram o Fortaleza do descenso

| |

Foi por pouco, mas o Fortaleza se garantiu por mais um ano na elite do futebol brasileiro.

Do início promissor com Ceni à terceira pior campanha do returno, o Leão do Pici enfrentou altos e baixos no campeonato e pecou na irregularidade. Felizmente, o desempenho como mandante e os bons resultados contra os quatro rebaixados foram suficientes para permitir a permanência.

A equipe cearense termina, então, o campeonato na 16ª colocação, com os mesmos 41 pontos e dez vitórias do Vasco. O descenso dos cariocas se deu pelo saldo de gols, de -19 contra -10.

E, destas dez vitórias tricolores, cinco tiveram um valor especial na caminhada pela permanência:  

1º – Goiás 1×3 Fortaleza (4ª rodada)

No começo do campeonato, não há como prever o impacto que cada resultado provocará na classificação final. Porém, ao olhar para trás, o torcedor do Fortaleza deve se lembrar desta vitória sobre o Goiás como sendo fundamental na campanha.

Era outro Fortaleza àquela altura, bem como, pode-se dizer, outro Goiás. Enquanto a equipe goiana construía o péssimo primeiro turno que viria (ainda tentou reagir no returno), o Tricolor de Aço estava na promessa de outro ano como o anterior, de bela campanha no Brasileiro.

Viraram concorrentes contra o rebaixamento, ao final da história. E, a exemplo das outras nove vitórias do Fortaleza, se não viesse, o final seria trágico.

2º – Fortaleza 2×1 Atlético-MG (14ª rodada)

Ainda com Rogério Ceni, o Fortaleza fazia um campeonato sem sustos. Depois de vencer o então líder Internacional, foi a vez de ganhar de outra equipe postulante ao título. Isto, em meio a uma sequência invicta que Ceni chegou a alcançar, de oito jogos sem derrota – uma gordurinha que, por assim dizer, salvou a equipe da degola.

A carga dramática da vitória no Castelão é o que lhe atribui um valor ainda maior. Foi aos 41 do segundo tempo que o lateral Bruno Melo desempatou o jogo, em um gol que, se houvesse público, levaria abaixo o Gigante da Boa Vista.

Leia mais:

Os cinco jogos que salvaram o Sport do descenso

Os cinco jogos que salvaram o Bahia do descenso

3º – Fortaleza 2×0 Santos (31ª rodada)

Pela reta final, este Fortaleza se dissocia daquele de Ceni, já assumindo sua forma final no campeonato. Dentro do Z-4, equipe vence duelo contra o Santos e deixa para trás Vasco e Sport, tornando a disputa ainda mais acirrada.

4ª – Fortaleza 3×1 Coritiba (34ª rodada)

Em mais um capítulo do drama do Leão, o Coritiba jogava a vida para ter alguma chance de sobrevivência. O Fortaleza, no Z-4 de novo, tinha urgência pela vitória, pois sabia que não apenas pontuar bastaria, mas o número de vitórias deveria aumentar – pois era este o critério que o deixava atrás do outro Leão, o Sport, quando estes empatavam em pontos.

Pois bem, nem o pênalti defendido pelo meia argentino Sarrafiore, do Coxa, foi capaz de frear o ímpeto do Fortaleza. A vitória elevou a equipe à 15ª colocação e gerou um contundente desabafo do atacante David, que salientou a importância da permanência, pois dela muitos funcionários do clube dependiam.

5ª – Fortaleza 3×0 Vasco (35ª rodada)

Para chegarmos, enfim, à partida que pode muito bem ter definido o Z-4. Olhando para a classificação final, em que Fortaleza e Vasco empataram em pontos, é impossível não lembrar desta partida, disputada a quatro rodadas do fim do campeonato.

Igor Torres, David e Romarinho marcaram os três gols da partida que tiveram peso dobrado: se o rebaixamento vascaíno foi decidido a partir de uma diferença de nove gols entre Fortaleza e Vasco, seis deles vieram a partir deste jogo.

A vitória levou o Fortaleza aos 41 pontos, pontuação na qual a equipe estagnou até o fim. Acabou sendo suficiente para a permanência.

Anterior

Brasileiro 2020: Os cinco jogos que salvaram o Sport do descenso

Leipzig x Borussia Monchengladbach: Jogo ao Vivo 27/02/2021

Próximo

Deixe um comentário

P