Bruno Silva acredita em Avaí lutando pelo título da Série B: “não adianta lamentar o que passou”

Segundo Bruno Silva, o Avaí ainda não mostrou para o que veio na temporada. A saída precoce da Copa do Brasil, ainda na primeira fase para a Ferroviária, e a eliminação no Campeonato Catarinense, para o experiente volante, não condizem com que o clube pode produzir em 2020.

Em coletiva antecedente à estreia na Série B, transmitida pela TV oficial do clube, nessa quinta-feira (6), um dos principais pontos defendidos pelo jogador de 34 anos foi a oportunidade de aprender com os erros do primeiro semestre para recomeçar o trabalho, em uma nova competição.

Estamos devendo para o torcedor, e o grupo reconhece. Ainda não conseguimos mostrar o que viemos para conquistar aqui. Então, estamos motivados, é o início de uma nova competição. Não adianta mais lamentar o que passou, pegar de aprendizado para não cometer os mesmos erros no brasileiro”, afirmou Bruno.

O atleta não se isentou da responsabilidade, própria e do restante do elenco, em conseguir obter bons resultados. Por diversos momentos da coletiva, frisou que os jogadores são os maiores encarregados de realizar os objetivos da equipe. Ao ser perguntado acerca da troca de comando, o atleta defendeu o antigo comandante, Rodrigo Santana:

Infelizmente, perdemos um comandante e a culpa também é nossa, não somente do Rodrigo e do Flávio, auxiliar técnico. Eles passaram tudo para a gente, a gente não conseguiu corresponder à altura do que eles pediram. Acho que devemos assumir que não conseguimos mostrar o futebol que temos condições. Pode ter certeza que a partir de sábado a história vai mudar.

Qual é a perspectiva dos times paulistas na Série B 2020?

Confiante na evolução, Bruno aponta sem medo o Avaí como postulante ao acesso e até ao título da Série B.

Tenho certeza que nosso elenco vai estar brigando por esse acesso, por título. Acho que não é desrespeito a ninguém dizer que nosso objetivo é o título. Somos acostumados a pressão e temos jogadores vitoriosos por aqui, então brigaremos sempre entre os favoritos”, declarou o volante, confiante.

Com grande história na Ressacada, Bruno Silva, conhecido como ‘Guerreiro Avaiano’, não esconde a vontade de conquistar mais pelo Avaí. De 2007 a 2012, esteve presente em grandes momentos da história do clube, como o acesso à primeira divisão em 2008 e o heroico título Catarinense de 2009.

Deixando a equipe azurra em 2012, ganhou visibilidade nacional e passou por grandes clubes no Brasil, como Athletico, Botafogo, Cruzeiro, Fluminense e, por último, Internacional, antes de retornar ao Avaí.

A missão avaiana começa neste sábado, às 19h, em duelo contra o Náutico na Ressacada.

Murilo Demarch
Desde 2015, redator, revisor e editor em websites, responsável por criação de conteúdo e exploração de bases de conteúdos de sites nacionais e internacionais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Delfin atravessa mal momento antes das oitavas da Libertadores contra o Palmeiras

Considerado a grande zebra da fase de grupos da Libertadores ao avançar em 2º lugar e ficando...

O bom ano do futebol maranhense até aqui; Imperatriz é ponto fora da curva

Importante na cultura e economia nacional, o estado do Maranhão é também apaixonado por futebol. É comum...

Compare os últimos nove jogos do Palmeiras de Luxa com os primeiros nove sem o treinador

A temporada de 2020 do Palmeiras vai sendo marcada por um divisor chamado Vanderlei Luxemburgo. Antes dele,...

Série C: Ferroviário repete 2019 e vê classificação ameaçada ao fim da 1ª fase

A Série C do Campeonato Brasileiro de 2020 para o Ferroviário começou de uma maneira muito parecida...

Como estão os promovidos do ano passado nas Séries A, B e C?

É comum observar que as equipes que são promovidas de divisão – seja da B para a...

Série B: dois confrontos mexem diretamente no G4 neste sábado

Brigar pelo acesso à Série A é uma tarefa das mais árduas – afinal, requer regularidade em...

Última Hora

Leia MaisRelacionado
Recomendamos