Campeonato Paulista: São Paulo tem oportunidade de ouro de “sair da fila”

| |

A primeira fase do Campeonato Paulista chegou ao fim neste domingo, com a 12ª rodada da fase de grupos, que decidiu o último rebaixado e os demais classificados para as quartas-de-final. Interrompido devido ao agravamento da pandemia da covid-19 no estado de São Paulo, campeonato retornou provocando uma verdadeira maratona de jogos.

Um dos times que mais sofreu com o intenso ritmo de jogos foi o São Paulo. Conciliando jogos do estadual e da Copa Libertadores, o time comandado por Hernán Crespo surpreendeu o país ao enfileirar vitórias, superando a enorme sequência. Sem poupar esforços no Paulistão, a equipe registrou a melhor campanha geral da fase de grupos, com oito vitórias, três empates e apenas uma derrota.

Siga partidas e resultados do Paulistão:

Paulistão 2021

O ritmo continua, mas o Tricolor hoje colhe os frutos e tem perspectivas otimistas: além de encaminhar a vaga à próxima fase da Libertadores, encontra uma grande oportunidade de voltar a vencer o Campeonato Paulista depois de 16 anos.

O adversário são-paulino das quartas é a Ferroviária, clube que se consolidou como um dos principais do interior paulista nos últimos anos e que fez campanha de respeito no Grupo B, avançando junto com o Tricolor. No entanto, como se classificou em primeiro, o Tricolor joga a partida, marcada para esta sexta-feira (14), em casa, bem como a eventual semifinal.

Caso avance, por ter tido a melhor campanha na fase de grupos, o Tricolor enfrentará o semifinalista com a 4ª melhor campanha geral, ou seja, necessariamente o vencedor do duelo entre Mirassol e Guarani. Ou seja, nenhum clássico – considerando que os jogos entre rivais sejam mais capazes de desafiar a lógica – na rota até as finais.

O fator agravante para os caminhos abertos são-paulinos, no entanto, vem da concorrência: com a disputa dos mata-matas sendo realizada em paralelo às competições continentais, os rivais tricolores que representam maior risco deverão adotar postura mais cautelosa com relação à disputa do estadual.

O Corinthians, por exemplo, vai a campo nesta terça-feira, contra a Inter de Limeira, após atuar no domingo pelo Paulistão. E terá, na quinta-feira, partida de vida ou morte na Copa Sul-Americana, contra o Peñarol, no Uruguai. Caso mantenha as chances de classificação, o Timão deverá continuar envolvido com maior ênfase na competição continental, o que poderá diminuir consideravelmente seus esforços no Paulista.

Outro que terá confronto de vida ou morte na Sul-Americana é o Bragantino, que encara o Palmeiras na sexta-feira pelo Paulista, mas antes precisa imprescindivelmente vencer o Emelec, na quarta-feira. Continuando vivo na luta pela vaga, o time de Bragança deverá igualmente priorizar a “Sula”.

O Palmeiras, por sua vez, já deixa bem clara a sua posição sobre o Campeonato Paulista. Por melhor que esteja a situação na Copa Libertadores, o Verdão, atual campeão das duas competições, preferirá concentrar seus esforços a nível continental.

Siga todas as partidas e resultados da Libertadores:

Copa Libertadores – Pré

Mas o São Paulo também tem compromisso pela Libertadores, certo? Correto, na quarta-feira a equipe irá ao Uruguai enfrentar o Rentistas. No entanto, as primeiras atuações tricolores na fase de grupos da competição continental, combinada ao mau rendimento de Rentistas e Sporting Cristal, deixou e muito tranquila a vida do time paulista.

E, ao contrário dos rivais, o São Paulo carrega o fardo do fator “fila”. O jejum de títulos estaduais já dura 16 anos, período em que o Tricolor chegou em apenas duas finais. Embora prefiram uma boa campanha na Libertadores, diretoria e torcida nunca esconderam o desejo de voltar a levantar o caneco.

Anterior

Santos x Boca Juniors: Pré jogo 4ª rodada da Copa Libertadores

Top 10 Aplicativos para assistir futebol ao vivo no celular

Próximo

Deixe um comentário

P