Com gois golaços, Ypiranga derrota Paraná e dorme líder do Grupo B

| |

Em sua reestreia na Série C após 31 anos, o Paraná amargou derrota para o Ypiranga, no Colosso da Lagoa, em Erechim, interior gaúcho, nesta segunda-feira. Em jogo de poucas chances, o Canarinho fez valer o mando de jogo e, em sua terceira temporada consecutiva na terceira divisão, estreou com vitória pela primeira vez, diante de um Tricolor apático.

Em jogo predominantemente amarrado, a equipe da casa fez a diferença com dois golaços, um em cada etapa, de Mikael e Revson. Assim, o Ypiranga lidera o Grupo B, vez que foi o único a vencer com uma margem superior a um gol, enquanto, consequentemente, o Paraná termina a rodada de estreia na lanterna da chave.

Crônica do jogo:

O jogo começou estudado e de pouca movimentação. Ambas equipes tentaram achar espaços para atacar com maior incisividade, mas eram raras as investidas aos campos de ataque adversários.

Aos 22’, naquela que foi apenas a segunda finalização da partida, Mikael foi feliz para o Ypiranga. Após corte parcial do zagueiro paranista Hurtado, em cruzamento da esquerda, o volante da equipe gaúcha pegou bonito na bola e estufou as redes do Tricolor.

Aguardava-se um Paraná com maior iniciativa, uma vez que a missão agora era de igualar o placar. No entanto, a equipe da casa é que pareceu disposta a ampliar o marcador. Hurtado, novamente ele, quase complicou o Tricolor de novo aos 28’, quando desviou contra a própria meta e obrigou Bruno Grassi à boa defesa.

Até o final da primeira etapa, a equipe paranaense assustou esporadicamente em bolas paradas, mas de forma insuficiente para igualar o placar.

A segunda etapa começou com um Paraná com maior presença de ataque, apesar de não conseguir transformar em chances de gol, e um Ypiranga tranquilo, aguardando brechas para contra-atacar.

E, com poucas chances de gol, outra alteração de placar seria praticamente um evento lotérico, improvável. E, aos 75’, a falta cobrada por Revson para o time da casa pode ter estes adjetivos e mais: com uma categoria fora do comum, o meia do Ypiranga colocou no ângulo de Bruno Grassi. Golaço para deixar o time gaúcho, já tranquilo, ainda mais, e consolidar de vez o drama paranista.

O primeiro chute com maior risco de gol por parte do Tricolor Paranaense foi aos 86’, com Reis. Insuficiente para ameaçar a vitória do Canarinho, que venceu com justiça e largou bem na competição. O Paraná acende o alerta e se atenta para a dificuldade da competição que volta a disputar após três décadas.

Outros resultados:

Ypiranga e Paraná fecharam a primeira rodada da Série C. Todas as outras partidas foram disputadas, com exceção de Oeste x Mirassol, que foi adiada para o próximo dia 16.

Grupo A:

  • Floresta 2 x 0 Jacuipense (sáb)
  • Botafogo-PB 0 x 0 Ferroviário (sáb)
  • Tombense 1 x 1 Paysandu (dom)
  • Altos 3 x 0 Volta Redonda (dom)
  • Manaus 2 x 0 Santa Cruz (dom)

Grupo B:

  • Novorizontino 1 x 0 Figueirense (sáb)
  • Criciúma 1 x 0 Ituano (sáb)
  • Botafogo-SP 1 x 0 São José-RS (dom)

Próximas partidas:

As duas equipes voltarão a campo no próximo sábado (05). Enquanto o Ypiranga viaja para enfrentar o Mirassol, no interior paulista, o Paraná estreará dentro de seus domínios, recebendo o Botafogo-SP.

Anterior

Apostas para Operário PR x Guarani: Prognostico 2ª rodada Série B

Botafogo, Vasco e Cruzeiro têm amostra de que Série B será dura

Próximo

Deixe um comentário

P