Connect with us

Brasileiro Série B

Com polêmica, líder Náutico arranca empate do Remo no final

Published

on

O Náutico recebeu o Remo na noite deste sábado, no estádio dos Aflitos, pela sétima rodada da Série B 2021, buscando se reafirmar na liderança da competição. O Remo, que não marcava havia três jogos, procurava reagir e sair das posições incômodas na tabela. Assim, o empate por 1 a 1 acabou por não agradar nenhum dos lados. Mas a partida acabaria marcada não pelas condições das equipes, mas por uma grande polêmica envolvendo o gol alvirrubro, o empate já na reta final da partida.

Na primeira etapa, Gedoz pôs fim ao jejum de gols do Remo e encaminhava uma grande vitória para a equipe azulina. No finalzinho da partida, no entanto, Paiva deixou tudo igual para o Náutico, em um gol que gerou enorme reclamação por parte do Leão. O atleta do Timbu estaria em posição irregular e participaria de todo o lance, inclusive marcando o gol. A Série B não conta com o Árbitro de Vídeo (VAR).

Leia mais:

Crônica da partida:

O Náutico cresceu progressivamente e de maneira natural na partida, buscando mais uma vitória dentro de casa e a reafirmação da liderança. As chances apareciam, o goleiro Vinícius era exigido e, quando não era o goleiro, era o lateral Igor Fernandes salvando o Remo na boca do gol.

E o Leão, na primeira oportunidade que teve, aos 24’, foi implacável. Após interceptação na intermediária que gerou contra-ataque, Erick Flores acelerou e tocou para Felipe Gedoz, na direita, que bateu cruzado, uma tacada de sinuca no canto de Alex Alves. Estava encerrado o jejum de gols azulino, e a surpresa pintava nos Aflitos.

A pressão do Timbu se intensificou, numa resposta imediata ao gol. Sequências de escanteios, cobrança de falta salva por Vinícius, chutes de fora da área, chute cruzado, cruzamento… o Náutico tentou de tudo quanto foi jeito nesta primeira etapa, mas não teve jeito: desceu para o vestiário em desvantagem e teria de mostrar a força de líder, naquele que se tornou, inevitavelmente, o episódio mais dramático da vida alvirrubra nesta Série B.

A segunda etapa se iniciou e a pressão alvirrubra continuava. O melhor em campo era, sem dúvidas, o goleiro Vinícius, que salvava o Leão, mas a atuação coletiva da equipe paraense valia destaque. O sistema defensivo, principalmente, era bem armado pelo técnico Paulo Bonamigo para frear as investidas do Náutico.

O time de Hélio dos Anjos, por sua vez, fazia substituições e alternava formações, mas aos poucos, perdia a inspiração para atacar e começava a sentir as dificuldades do jogo. O adiantamento das linhas simbolizava a postura de quem pressionava, mas não havia uma grande produção por parte do Náutico, mesmo porque o Remo era bem postado.

Demorou mais saiu: já aos 87’, cobrança de falta para a área remista, Vinícius sai e não acha nada e Paiva, que veio do banco, empurrou para o gol aberto. O lance gerou muita reclamação por parte do time do Remo, por Paiva estar adiantado no momento da cobrança da falta, mas o empate foi validado.

A partida foi interrompida por alguns instantes na sequência, com muita pressão dos jogadores, comissão técnica e diretores azulinos contra a arbitragem. O protesto duraria até o final da partida, que terminava empatada – um empate que não ajudava a ninguém.

Pós-jogo:

Líder da competição, com aproveitamento quase perfeito, jogando em casa contra a equipe que não marca há três jogos: era a receita perfeita de um primeiro tempo de amplo domínio do Timbu, contra a passividade remista. Mas esta realidade se desenhou parcialmente: o Remo começou mostrando que estava disposto a encerrar o jejum de gols e faria o possível para neutralizar a esperada ação ofensiva alvirrubra.

E, após algumas chances desperdiçadas pelo Náutico, o Remo foi oportunista na melhor entre as poucas oportunidades que teve em toda a partida. Gedoz, que vinha sendo questionado por parte da torcida do Leão, fez as pazes, e o Remo fez as pazes com as redes após três jogos. O gol não desestabilizou o Náutico por ora, mas o acúmulo de chances desperdiçadas se tornava um fardo gradual para a equipe de Hélio dos Anjos.

Veio a segunda etapa e sua quebra natural de ritmo, seja por conta dos fatores psicológicos do passar do tempo, pelas modificações nas equipes e pelo desgaste de quem iniciou a partida. O Remo se armou com qualidade e conseguiu fazer uma segunda etapa segura, contra um Náutico que, visivelmente incomodado pela sequência de oportunidades sem conclusão, fazia uma atuação muito aquém do que costumou mostrar nas partidas anteriores.

Até que a igualdade do placar veio, gerando muita polêmica. Jean Carlos cobrou falta para a área e Paiva, à frente da linha de defesa no momento da batida, interfere na ação de Vinícius, além de contar com a sobra e marcar o gol. O Remo reclamou muito do gol sofrido, enquanto o Timbu aproveitou para não perder a invencibilidade e conseguir pontuar em casa.

Definições:

O empate assegura que o Náutico permaneça por pelo menos mais uma rodada na liderança da Série B. Isso porque o vice-líder Coritiba, agora quatro pontos atrás, tem um jogo a menos, contra o Brusque, e, caso vencesse, alcançaria o Timbu em pontos e poderia ultrapassá-lo pelo saldo de gols. 

O Remo, por sua vez, estava conseguindo pegar um elevador de oito posições, indo parar na nona colocação. Mas, com o empate sofrido, andou apenas duas casas. Ao menos, conseguiu sair do Z-4, ocupando agora o 15º lugar, com um jogo a menos, com o Avaí.

As duas equipes voltam a campo na terça-feira. O Náutico vai a Maceió encarar o CRB, enquanto o Remo receberá o Sampaio Corrêa em Belém.

Dia das polêmicas…

O sábado de Série B foi marcado por muitas polêmicas de arbitragem em lances capitais. Com o gol de empate marcado pelo Náutico, foram três os momentos que chamaram a atenção envolvendo a arbitragem.

Mais cedo, o Botafogo reclamou de um gol não validado, contra o Sampaio Corrêa, em que o goleiro Mota, do time maranhense, teria feito grande defesa, mas depois que a bola já atravessava a linha. Posteriormente, no jogo entre Vitória e Londrina, o gol da virada da equipe paranaense teve o protagonista em posição irregular no momento em que a bola veio – a arbitragem acabou por creditar o gol contra ao volante do time baiano Gabriel Pires.

Brasileiro Série B

CBF utiliza nome “Cruzeiro Saf – MG” para jogos do Cruzeiro no Brasileirão série B

Published

on

A CBF divulgou a tabela detalhada completa das primeiras rodadas do Brasileirão série B. A entidade publicou também em seu site oficial as informações dos duelos de todas as 38 rodadas.

Uma curiosidade observada por alguns torcedores nas redes sociais, foi que o Cruzeiro teve seu nome alterado no site da entidade. Ao invés de exibir somente “Cruzeiro“, como de costume, a CBF intitulou o time mineiro como “Cruzeiro Saf – MG“.

Imagem retirada do site da CBF. (link)

O Cruzeiro foi o primeiro time grande do futebol Brasileiro a se tornar uma SAF – Sociedade Anônima do Futebol.

Outra curiosidade é que o Vasco da Gama, que também se tornou SAF recentemente, não teve o nome alterado no site.

Rede Globo reserva transmissão de Cruzeiro x Grêmio na TV Aberta pelo Brasileirão série B

O Brasileirão da Série B terá início dia 08 de Abril. A raposa estreia fora de casa contra o Bahia, a partir das 21h30.

Continue Reading

Brasileiro Série B

Brasileirão Série B: aposte na Rivalo

Published

on

A maior segunda divisão de todos os tempos está só começando, torcedor e apostador brasileiro. Só na edição atual, são seis campeões nacionais da Série A. Isso mesmo! Dando seu pontapé em abril e indo até o início de novembro, o Brasileirão Série B terá pela primeira vez um alto número de campeões nacionais.

Além de Vasco e Cruzeiro, que amargam a segundona nas duas últimas temporadas, a competição ganhou mais três vencedores: Grêmio, Bahia e Sport. O Guarani, campeão nacional em 1975, já está na B há algum tempo. Pensando nisso, resolvemos preparar este artigo para você, que trará as dicas de como apostar online na Rivalo, uma das melhores casas de apostas atualmente.

  • Quem é a Rivalo?
  • O bônus de boas-vindas é bom?
  • Métodos de pagamentos aceitos
  • Top 7 favoritos ao acesso à Série A
  • Quando começa e termina o Brasileirão Série B

Quem é a Rivalo?

Com quase uma década de atuação, a empresa turca rapidamente cresceu e desembarcou no território brasileiro, onde a cada dia que passa se consolida cada vez mais. Empresa de propriedade da Matchserv Solutions, a casa de apostas tem sua sede em Curaçao e possui a licença para operar da autoridade de jogos do país caribenho.

Segundo o site Aposta.com.br, especializado em palpites, a plataforma “pode sim ser considerada uma empresa segura. A companhia investe em tecnologias de proteção de dados para promover a segurança também na navegação de seus clientes”. Além disso, o site investe em mecanismos para tentar prevenir e conter o jogo compulsivo por parte de seus milhares de usuários.

O bônus de boas-vindas é bom?

Sem dúvidas, apostador! A Rivalo costuma, ainda dividir, o bônus inicial em duas áreas diferentes da página e o usuário precisará escolher em qual destas seções irá jogar. Ele precisará escolher também pelo fato de poder receber o bônus de boas-vindas seja em apostas esportivas ou apostas em cassino.

“Caso o jogador escolha o bônus da área de apostas esportivas estará diante de um dos maiores bônus ofertados por uma casa de apostas”, segundo o portal. Isso porque o site oferece 100% do valor do primeiro depósito, tendo como limite R$300.

Métodos de pagamento aceitos

Para fazer depósitos na conta, usuários da casa não enfrentam nenhum tipo de dificuldade, sabia? Isso porque as formas de pagamentos aceitas mais populares entre os apostadores brasileiros estão disponíveis para os clientes da casa:

  • Bitcoin
  • Boleto
  • Pix
  • Banco Itau
  • Santander
  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • Caixa
  • Safra
  • Banco Original
  • Banrisul
  • Inovapay
  • Pay4Fun
  • Astropay
  • MuchBetter
  • Neteller
  • Skrill
  • PicPay
  • VCreditos

Top 10 favoritos ao acesso à Série A

O Brasileirão Série B 2022 promete, senhoras e senhores. Pela primeira vez, seis clubes campeões da Série A estarão presentes. São eles Cruzeiro, Vasco, Grêmio, Bahia, Sport e Guarani, que disputam com outros 14 clubes quatro vagas rumo à elite do futebol brasileiro em 2023.

Abaixo, confira os possíveis candidatos ao acesso para a primeira divisão.

  • Grêmio
  • Cruzeiro
  • Vasco
  • Bahia
  • Sport
  • CSA
  • Náutico
  • Guarani
  • Vila Nova
  • CRB

Grêmio, Cruzeiro e Vasco: os maiores têm mais chances de acesso?

Os clubes gaúcho, mineiro e carioca somam juntos 10 troféus de campeões nacionais da elite do futebol tupiniquim. O Grêmio, com dois campeonatos, caiu na temporada passada, mas promete não esquentar banco na segundona.

Já o Cruzeiro e Vasco, com quatro canecos cada, estão desde 2020 e 2021 na B, respectivamente e farão de tudo para voltar para a Série A.

Quando começa e termina o Brasileirão Série B

O Campeonato Brasileiro Série B recém começou e irá até o dia 5 de novembro. Ele será um pouco mais curto como o de costume, afinal, pela primeira vez em mais de 90 anos de Copa, a competição ocorrerá no final do ano. Isso porque no Catar, país sede do torneio da Fifa, a temperatura é muito elevada no meio de ano, época tradicional do Mundial.

Continue Reading

Brasileiro Série B

Pelo segundo ano consecutivo, CSA oscila e fica no quase acesso

A exemplo da temporada anterior, Azulão começou morno a campanha para crescer depois; esforços foram insuficientes para subir

Published

on

O CSA goleou o já rebaixado Brasil de Pelotas no último domingo (28) por 4 a 0, no Rei Pelé, e fez sua parte para o objetivo da rodada final, que era buscar o acesso à Série A. No entanto, a equipe azulina acabou vendo o concorrente Avaí, que bateu o Sampaio Corrêa de virada, ficar com a vaga restante no G-4 da Série B 2021.

É a segunda vez consecutiva que o Azulão do Mutange chega na última rodada com chances de subir, mas acaba batendo na trave. Em 2020, a equipe disputava a última vaga com o Juventude, que subiu após vencer o Guarani em Campinas.

A causa do sucessivo “quase”…

Entre as duas ocasiões, há algo em comum que pesa contra o CSA: o mau início. A equipe teve largadas lentas, ocupando a faixa inferior da tabela, para ir recuperando aos poucos e subindo na classificação. As arrancadas levaram a equipe a brigar pelo acesso até o fim, mas, na hora H, a pontuação sempre acabava insuficiente e era inevitável encontrar o culpado: a perda de pontos no início.

2020

Na temporada 2020, a equipe azulina começou, por incrível que pareça, brigando ponto a ponto com o Oeste para fugir da lanterna. A tarefa de deixar o Z-4 era difícil e, quando cumprida, o time demorou a engrenar na competição. Foi apenas na 19ª rodada, a última do primeiro turno, que a equipe alagoana adentrou a primeira página da tabela.

Após somar 28 pontos na primeira metade da Série B, o time alagoano teve desempenho similar na segunda metade, fazendo outros 30 e, assim, somando 58 pontos na tabela final, três abaixo de Juventude e Cuiabá, que celebraram a promoção.

2021

Já no ano presente, o CSA começou com muitas oscilações e passou mais do que a metade do campeonato transitando na intermediária da tabela, sem engrenar. A equipe teve um início em que retardou o primeiro gol (apenas na quarta rodada) e a primeira vitória (apenas na quinta), e, dali em diante, continuou morna.

Foi só a partir da 25ª rodada que os azulinos chegaram para ficar na parte alta. Assumindo a oitava posição, o Azulão engrenou uma grande sequência positiva e foi ganhando casas. Apesar de não ter entrado no G-4, sempre esteve próximo do grupo de elite. A campanha acabou com 62 pontos, pontuação interessante para as pretensões de acesso, mas acabou ficando dois pontos abaixo de Coritiba e Avaí, terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Um excelente returno e confusão de sentimentos…

O desempenho azulino na segunda metade da competição foi o grande responsável por permitir à equipe chegar com chances de acesso até o fim. Com 34 pontos conquistados dentre os 57 possíveis no segundo turno, a equipe teve o aproveitamento de 59,6%, segundo melhor do campeonato, atrás apenas do campeão Botafogo.

Este crescimento ao longo do campeonato é motivo de animação, por provar a capacidade de reação do time alagoano, mas também desalenta, uma vez que deixa claro o quanto os pontos perdidos durante a campanha fizeram falta.

Para se ter uma noção, o CSA conquistou nos últimos 14 jogos da Série B o mesmo número de vitórias e praticamente a mesma pontuação do que nos 24 primeiros. Na 24ª rodada, a equipe alagoana fez 32 pontos, incluindo nove vitórias. Ao longo das partidas seguintes, venceu outras nove vezes e quase duplicou a pontuação: 30 pontos.

Continue Reading

Últimas

Apostas1 dia ago

Menino da Vila garante vitória do Santos nos acréscimos e facilita classificação na Sul-Americana

Menino da Vila garante vitória do Santos nos acréscimos e facilita classificação na Sul-Americana Não foi um simples jogo na...

Apostas2 dias ago

Fortaleza irá ajudar a comandar as negociações com a Libra

O “Tricolor do Pici” vai trabalhar ao lado de outros 4 clubes, da ANCF e de consultores especializados nas conversas...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias4 dias ago

Joia da base, Filipinho assina primeiro contrato profissional com o Juventus

Tratado como uma das grandes promessas do Moleque Travesso, meia-atacante de 19 anos firma novo vínculo visando as disputas da...

Foto: Divulgação/FK Bylis Foto: Divulgação/FK Bylis
Futebol Europeu1 semana ago

Brasileiros do FK Bylis celebram título e acesso à primeira divisão na Albânia

João Ananias e Birungueta ajudaram o time da pequena cidade de Ballsh a conquistar a Kategoria E Pare, a Segunda...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Técnico do Juventus valoriza empate fora de casa com o São Paulo pelo Paulista Sub-20

Após 2 a 2 em Cotia, Luiz Antônio Ribeiro destacou a dificuldade em encarar o Tricolor e enalteceu o desempenho...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Após vitória em estreia, técnico do Juventus projeta confronto diante do São Paulo pelo Paulista Sub-20

Em busca de pontuar fora de casa, Luiz Antônio Ribeiro pede foco ao Moleque Travesso na partida deste sábado (07),...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Rodrigão celebra gol da vitória do Juventus em estreia no Paulista Sub-20

Atacante balançou a rede e garantiu o triunfo por 1 a 0 do Moleque Travesso sobre o SC Brasil, pela...

Notícias2 semanas ago

Bet365 fora do ar: Usuários relatam que site de Apostas Caiu

O maior sites de apostas do mundo, a Bet365, está fora do ar nesta quarta-feira (04/05). A reclamação teve início...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias3 semanas ago

Comissão técnica do Juventus analisa grupo e projeta estreia no Paulistão Sub-20

Nesta quarta-feira (04), o Moleque Travesso recebe o SC Brasil, na Javari, pela primeira rodada do Estadual da categoria. Sob...

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

21 maio 2022 4:00 pm
Angers
2 0
Montpellier
21 maio 2022 4:00 pm
Angers
2
0
Montpellier
21 maio 2022 4:00 pm
Stade Brestois 29
2 4
Bordeaux
21 maio 2022 4:00 pm
Stade Brestois 29
2
4
Bordeaux
21 maio 2022 4:00 pm
Clermont Foot
1 2
Lyon
21 maio 2022 4:00 pm
Clermont Foot
1
2
Lyon
21 maio 2022 4:00 pm
Lens
2 2
Monaco
21 maio 2022 4:00 pm
Lens
2
2
Monaco
21 maio 2022 4:00 pm
Lille
2 2
Rennes
21 maio 2022 4:00 pm
Lille
2
2
Rennes
21 maio 2022 4:00 pm
Lorient
1 1
Estac Troyes
21 maio 2022 4:00 pm
Lorient
1
1
Estac Troyes
21 maio 2022 4:00 pm
Marseille
4 0
Strasbourg
21 maio 2022 4:00 pm
Marseille
4
0
Strasbourg
21 maio 2022 4:00 pm
Nantes
1 1
Saint Etienne
21 maio 2022 4:00 pm
Nantes
1
1
Saint Etienne
21 maio 2022 4:00 pm
Paris Saint Germain
5 0
Metz
21 maio 2022 4:00 pm
Paris Saint Germain
5
0
Metz
21 maio 2022 4:00 pm
Reims
2 3
Nice
21 maio 2022 4:00 pm
Reims
2
3
Nice
21 maio 2022 4:30 pm
Flamengo
- -
Goias
21 maio 2022 4:30 pm
Flamengo
-
-
Goias
21 maio 2022 4:30 pm
Atletico Goianiense
- -
Coritiba
21 maio 2022 4:30 pm
Atletico Goianiense
-
-
Coritiba
21 maio 2022 6:30 pm
Santos
- -
Ceara
21 maio 2022 6:30 pm
Santos
-
-
Ceara
21 maio 2022 7:00 pm
Juventude
- -
Palmeiras
21 maio 2022 7:00 pm
Juventude
-
-
Palmeiras

Trending

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
P