Confira as combinações e possibilidades de acesso em ambos grupos da Série C

| |

A Série C entrará em sua rodada final neste fim de semana e definirá os quatro calouros da Série B 2021. Dois já estão definidos: o Brusque, no Grupo A e o Remo, no Grupo B.

Em ambos grupos, porém, a vaga remanescente ainda está disponível para as três equipes restantes, e fará pegar fogo o sábado e o domingo no futebol brasileiro.

Grupo A:

Ituano x Vila Nova

Santa Cruz x Brusque

O Vila Nova depende apenas de suas forças para garantir o retorno à divisão de origem. A vitória garante a vaga para o time colorado. O empate ainda é arriscado.

Em caso de empate no Novelli Jr, o Vila Nova dependerá de um tropeço do Santa Cruz, no Arruda, contra o já promovido Brusque. Em caso de empate em pontos (8) e vitórias (2), o Santinha tomaria a vaga pelo melhor saldo de gols. A Coral, então, tem expectativas pelo tropeço do Tigre no interior paulista.

Para o Ituano, é obrigação vencer em casa – assim, cancela as chances do Vila Nova e passa a depender do resultado do Santa Cruz. O Galo de Itu poderá celebrar o acesso mesmo com vitória Tricolor no Arruda, desde que sua própria vitória tenha mais de dois gols de diferença com relação à dos pernambucanos. Em caso de vitórias magras, vantagem pro Itu. – Ex: Santa 1×0 e Ituano 2×0, faz com que se igualem no saldo de gols, mas o Ituano terá mais gols.

Vila Nova sobe:

– Se vencer o Ituano

– Se empatar com o Ituano e o Santa Cruz não vencer o Brusque

Santa Cruz sobe:

– Se vencer o Brusque e houver empate entre Ituano e Vila Nova

– Se vencer o Brusque por um placar igualmente ou mais elástico que o Ituano vencer o Vila Nova

Ituano sobe:

– Se vencer o Vila Nova por mais de um gol de diferença do que o Santa Cruz vencer o Brusque

Mesmo dependendo de resultados, Jeferson acredita no acesso do Londrina à Série B

Grupo B:

Remo x Londrina

Ypiranga x Paysandu

Já garantido, o Remo receberá o Londrina sem que saibamos, de início, suas intenções. Valeria a pena ‘amolecer’ o jogo para prejudicar o rival Paysandu? Em todo caso, fato é que o Papão depende unicamente de suas forças para celebrar o retorno à Série B. Basta uma vitória em Erechim sobre o Ypiranga.

O Londrina terá a tarefa de superar o Remo em Belém e contar com um resultado ‘tranquilo’ no Rio Grande do Sul. Um empate seria o mais adequado.

Isso porque o Ypiranga, de carta fora do baralho, surge como postulante à vaga, e, caso vença no Colosso da Lagoa, deixará o Papão para trás na classificação (terá SG maior) e disputará com o Londrina, no detalhe, a segunda colocação. Em caso de empate no Mangueirão, o saldo de gols dá uma margem maior ao LEC.

Paysandu sobe:

– Se vencer o Ypiranga

– Se empatar com o Ypiranga e o Londrina não vencer o Remo

Londrina sobe:

– Se vencer o Remo e o Paysandu não vencer o Ypiranga

– Se empatar com o Remo e o Ypiranga não vencer o Paysandu por uma diferença maior do que dois gols

Ypiranga sobe:

– Se vencer o Paysandu e o Londrina perder para o Remo

– Se vencer o Paysandu por uma diferença maior que dois gols e o Londrina empatar com o Remo

Anterior

Mesmo dependendo de resultados, Jeferson acredita no acesso do Londrina à Série B

Portuguesa aposta na experiência para 2021

Próximo

Deixe um comentário

P