Copa Sul-Americana 2020 tem os maiores campeões da Libertadores de Brasil, Argentina e Uruguai

| |

Segundo principal torneio internacional da América do Sul, a Copa Sul-Americana ainda está em sua fase inicial na edição de 2020, mas promete ser uma das mais interessantes pelo menos pelo ponto de vista da tradição. Isso porque alguns gigantes do continente estarão disputando a competição.

Os maiores campeões dos três países com mais tradição do torneio estão presentes na Copa Sul-Americana 2020: o brasileiro São Paulo, o uruguaio Peñarol e o argentino Independiente.

O São Paulo foi eliminado na fase de grupos da Libertadores, competição da qual é tricampeão e maior vencedor entre times brasileiros ao lado de Santos e Grêmio. A 3ª posição de sua chave lhe garantiu um lugar na Sul-Americana, competição que foi campeão em 2012.

Nacional e Racing querem primeira colocação no Grupo F da Libertadores

Além do Tricolor, o Peñarol é outro time que caiu da Libertadores para a Sul-Americana, ficando na 3ª posição de seu grupo, atrás do Jorge Wilstermann e do Athletico Paranaense. Os uruguaios são pentacampeões da Libertadores e chegam para a Sul-Americana em busca do primeiro título neste torneio.

Já o Independiente estava já na Copa Sul-Americana, se classificando via Campeonato Argentino e disputa o torneio desde sua primeira fase. Hepta e maior campeão da Libertadores, os argentinos têm duas Sul-Americanas e buscam o tri em 2020.

Além do trio, outras tradicionais equipes da América também estão nesta edição da Copa Sul-Americana como o Lanus (campeão da Sul-Americana em 2013), Vasco e Vélez.

Anterior

Nacional e Racing querem primeira colocação no Grupo F da Libertadores

Série D: América-RN vence a quinta seguida e lidera isolado o Grupo A3

Próximo

Deixe um comentário

P