Connect with us

Brasileiro Série B

Coritiba completa quatro anos e 13 jogos sem vencer uma equipe paranaense pelo Brasileiro

Published

on

Vice-líder da Série B, o Coritiba foi derrotado neste domingo para o Operário, em Ponta Grossa, e viu cair a sequência invicta de dez jogos no Campeonato Brasileiro. Além disso, o time permanece com uma incômoda marca quando vai a campo contra conterrâneos no Brasileiro: há 13 jogos não supera um rival paranaense nas Séries A e B.

A última vitória foi contra o Athletico-PR, no primeiro turno do Brasileirão 2017, por 1 a 0, jogando no Couto Pereira. O gol da vitória foi marcado pelo zagueiro Márcio, em partida disputada no dia 3 de junho, um mês depois do Coxa se sagrar campeão Paranaense pela última vez, também em um Athletiba.

De lá para cá, somando séries A e B e confrontos contra Athletico, Paraná, Londrina e Operário, o Coxa não soube mais o que é vitória. Nesta edição da Série B, a equipe já havia empatado com o Tubarão antes de perder para o Fantasma. Confira toda a série:

  • Athletico-PR 1 x 1 Coritiba – Série A 2017
  • Londrina 3 x 2 Coritiba – Série B 2018
  • Coritiba 0 x 1 Londrina – Série B 2018
  • Coritiba 0 x 0 Londrina – Série B 2019
  • Coritiba 2 x 3 Paraná – Série B 2019
  • Operário 1 x 1 Coritiba – Série B 2019
  • Londrina 2 x 1 Coritiba – Série B 2019
  • Paraná 2 x 0 Coritiba – Série B 2019
  • Coritiba 0 x 0 Operário – Série B 2019
  • Athletico-PR 1 x 0 Coritiba – Série A 2020
  • Coritiba 0 x 0 Athletico-PR – Série A 2020
  • Coritiba 1 x 1 Londrina – Série B 2021
  • Operário 1 x 0 Coritiba – Série B 2021

O Coxa terá mais duas oportunidades de encerrar o jejum nesta Série B, nos confrontos do returno contra Londrina, no dia 4 de setembro, em Londrina, e Operário, dia 2 de novembro, no Couto Pereira.

Lembrando que o tabu se refere apenas a partidas do Campeonato Brasileiro e que, neste ano, o Alviverde já bateu um paranaense pela Copa do Brasil, o próprio Fantasma, por 3 a 2, em Joinville.

Brasileiro Série B

Pelo segundo ano consecutivo, CSA oscila e fica no quase acesso

A exemplo da temporada anterior, Azulão começou morno a campanha para crescer depois; esforços foram insuficientes para subir

Published

on

O CSA goleou o já rebaixado Brasil de Pelotas no último domingo (28) por 4 a 0, no Rei Pelé, e fez sua parte para o objetivo da rodada final, que era buscar o acesso à Série A. No entanto, a equipe azulina acabou vendo o concorrente Avaí, que bateu o Sampaio Corrêa de virada, ficar com a vaga restante no G-4 da Série B 2021.

É a segunda vez consecutiva que o Azulão do Mutange chega na última rodada com chances de subir, mas acaba batendo na trave. Em 2020, a equipe disputava a última vaga com o Juventude, que subiu após vencer o Guarani em Campinas.

A causa do sucessivo “quase”…

Entre as duas ocasiões, há algo em comum que pesa contra o CSA: o mau início. A equipe teve largadas lentas, ocupando a faixa inferior da tabela, para ir recuperando aos poucos e subindo na classificação. As arrancadas levaram a equipe a brigar pelo acesso até o fim, mas, na hora H, a pontuação sempre acabava insuficiente e era inevitável encontrar o culpado: a perda de pontos no início.

2020

Na temporada 2020, a equipe azulina começou, por incrível que pareça, brigando ponto a ponto com o Oeste para fugir da lanterna. A tarefa de deixar o Z-4 era difícil e, quando cumprida, o time demorou a engrenar na competição. Foi apenas na 19ª rodada, a última do primeiro turno, que a equipe alagoana adentrou a primeira página da tabela.

Após somar 28 pontos na primeira metade da Série B, o time alagoano teve desempenho similar na segunda metade, fazendo outros 30 e, assim, somando 58 pontos na tabela final, três abaixo de Juventude e Cuiabá, que celebraram a promoção.

2021

Já no ano presente, o CSA começou com muitas oscilações e passou mais do que a metade do campeonato transitando na intermediária da tabela, sem engrenar. A equipe teve um início em que retardou o primeiro gol (apenas na quarta rodada) e a primeira vitória (apenas na quinta), e, dali em diante, continuou morna.

Foi só a partir da 25ª rodada que os azulinos chegaram para ficar na parte alta. Assumindo a oitava posição, o Azulão engrenou uma grande sequência positiva e foi ganhando casas. Apesar de não ter entrado no G-4, sempre esteve próximo do grupo de elite. A campanha acabou com 62 pontos, pontuação interessante para as pretensões de acesso, mas acabou ficando dois pontos abaixo de Coritiba e Avaí, terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Um excelente returno e confusão de sentimentos…

O desempenho azulino na segunda metade da competição foi o grande responsável por permitir à equipe chegar com chances de acesso até o fim. Com 34 pontos conquistados dentre os 57 possíveis no segundo turno, a equipe teve o aproveitamento de 59,6%, segundo melhor do campeonato, atrás apenas do campeão Botafogo.

Este crescimento ao longo do campeonato é motivo de animação, por provar a capacidade de reação do time alagoano, mas também desalenta, uma vez que deixa claro o quanto os pontos perdidos durante a campanha fizeram falta.

Para se ter uma noção, o CSA conquistou nos últimos 14 jogos da Série B o mesmo número de vitórias e praticamente a mesma pontuação do que nos 24 primeiros. Na 24ª rodada, a equipe alagoana fez 32 pontos, incluindo nove vitórias. Ao longo das partidas seguintes, venceu outras nove vezes e quase duplicou a pontuação: 30 pontos.

Continue Reading

Brasileiro Série B

Série B: rebaixado, Remo chegou a mirar o G-4 antes de reta final desastrosa

Leão do Norte chegou a ficar seguro ao longo da campanha, ocupando até a primeira página da tabela; na reta final, ruiu e sofreu a queda

Published

on

Um ano após garantir o retorno à Série B do Campeonato Brasileiro após 13 anos, o Remo sofreu o rebaixamento e jogará a Série C em 2022. A queda foi decretada neste domingo, quando o Leão do Norte não conseguiu sair do zero contra o já rebaixado Confiança em pleno Baenão e o Londrina, concorrente direto contra a última vaga no Z-4, goleou o Vasco jogando no Estádio do Café, no interior do Paraná.

Com o empate, o time paraense foi a 43 pontos, enquanto o Tubarão, com a vitória, subiu a 44, tomando-lhe a 16ª posição originária. Assim, a equipe do técnico Felipe Conceição se junta a ao próprio Confiança, seu último oponente na competição, além de Vitória e Brasil de Pelotas, no grupo dos rebaixados.

A situação chegou a estar boa…

O Remo tinha como claro objetivo de campanha a luta pela permanência na Série B, e assim se situou ao longo de todo o campeonato. Em certa altura, porém, chegou a estar numa condição considerada tranquila, podendo até mesmo avistar o G-4 e se projetar em uma briga mais nobre.

O Leão se recuperou da má largada, terminou bem o primeiro turno e, com o passar das rodadas da segunda metade do campeonato, seguiu ascendendo, dando a impressão de que seria bem sucedido em seu objetivo inicial.

Já nas rodadas 26 e 27, próximas da conclusão da competição, o time paraense alcançou seu ápice: ocupou a 9ª colocação, com 37 pontos, a nove do quarto colocado, o Avaí, e a dez do primeiro da zona de rebaixamento, o Londrina.

O peso da má reta final…

No entanto, a campanha que parecia ter um desfecho tranquilo, desandou: dos 33 pontos restantes em disputa, o Remo conquistou apenas seis, rendimento que fez a equipe despencar na tabela. Desde o empate com o Sampaio Corrêa, no Maranhão, lá no dia 30 de setembro, o Leão só venceu mais uma vez, contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, e empatou outras três.

A má sequência foi causando uma queda gradual na situação azulina na tabela de classificação. Por exemplo, na 34ª rodada, o Leão foi derrotado no duelo-chave para o Londrina – que depois se tornaria o responsável pelo rebaixamento – e se viu perdendo quatro posições, da 11ª para a 15ª. Nas seis últimas partidas, o time paraense somou apenas dois pontos, exatamente nas últimas duas rodadas, contra Vasco e Confiança.

Estatísticas jogam contra…

O mau rendimento remista no campeonato, especialmente na reta final, é traduzido em números que mostram que a queda veio não à toa: de acordo com o trabalho de estatística realizado pelo Departamento de Matemática da UFMG, a equipe teve o pior rendimento geral da Série B entre as últimas dez rodadas.

Olhando agora para todo o recorte do segundo turno, ainda que nele a equipe tenha tido seu pico no campeonato, o rendimento foi o segundo pior entre os 20 times, com apenas 17 pontos conquistados – aproveitamento equivalente a 29,8%, à frente apenas do lanterna Brasil de Pelotas, que somou 11 pontos.

Continue Reading

Brasileiro Série B

CSA x Brasil de Pelotas: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Série B

Com 59 pontos, na 6ª posição, Azulão recebe o Xavante (20°), com 23, pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Published

on

Foto: CSA (@CSAoficial) / Reprodução / Twitter

CSA x Brasil de Pelotas duelam na tarde deste domingo (28), às 16h, no Estádio Rei Pelé (Trapichão), em Maceió (AL), pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Nesse sentido, após vencer o Coritiba, por 1 a 0, o Azulão busca emplacar a segunda vitória seguida.

Por outro lado, o Xavante tenta retomar a trajetória do triunfo após seis rodadas, depois de perder para o Botafogo, por 1 a 0.

Confira abaixo os prognósticos para a partida, com palpites de CSA x Brasil de Pelotas, estatísticas e informações sobre o confronto.

Palpites CSA x Brasil de Pelotas 28/11

Resultado FinalCSA
Ambos os Times MarcamSim
Para Marcar Numa das PartesCSA
Escanteios Mais de 10

Acompanhe o Jogo CSA x Brasil de Pelotas, Ao Vivo em Tempo Real aqui no InfoEsporte.

Prognósticos CSA x Brasil de Pelotas

Leia mais:

Antes de mais nada, em situações distintas no campeonato local, CSA x Brasil de Pelotas se enfrentam na tarde deste domingo (28). Assim, em solo alagoano, as equipes medem forças, às 16h, pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Após vencer o Coritiba, por 1 a 0, fora de casa, o Azulão objetiva reduzir a diferença de pontos para a zona classificatória à Série A, já que está a dois pontos do Avaí (4°).

Por outro lado, o Xavante, após perder para o Botafogo, por 1 a 0, dentro de casa, tenta reduzir a distância para a parte externa à zona de rebaixamento à Série C, já que está a 19 pontos do Remo (16°).

Em suma, o vencedor deste duelo garante, em caso de combinações externas de resultados, uma vaga no G-4 ou uma sobrevida no Z-4 da tabela geral de classificação.

Primeiramente, até esta rodada, o CSA obteve 53.2% de aproveitamento. Acima de tudo, em 37 jogos disputados, venceu 17, empatou oito e perdeu 12, ficando na 6ª colocação, com 59 pontos.

Em contrapartida, o Brasil de Pelotas obteve 20.7% de aproveitamento. Acima de tudo, em 37 jogos disputados, venceu quatro, empatou 11 e perdeu 22, ficando na 20ª colocação, com 23 pontos.

Por fim, no que diz respeito ao histórico de confrontos entre as equipes, o Alviceleste tem vantagem diante do Rubro-Negro Gáucho.

Nesse sentido, de cinco duelos disputados, a equipe mandante venceu três. Ademais, dois jogos acabaram empatados.

Desfalques e retornos:

O CSA vai ter, até então, os retornos de Matheus Felipe e Yuri (cumpriram suspensão na última rodada).

Por outro lado, o Azulão não vai contar Didira, Pedro Caracoci e Ernandes (lesionados).

O Brasil de Pelotas vai ter, até então, praticamente a manutenção da equipe titular da última rodada.

Em contrapartida, o Xavante não vai ter à disposição Júnior Viçosa, Kevin e Sousa (lesionados); e Ícaro, Rentainho e Caio Rangel (suspensos pelo terceiro cartão amarelo).

Prováveis escalações:

CSA: Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane, Yuri e Gabriel; Marco Túlio, Iury Castilho e Dellatorre. Técnico: Mozart.

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Netto; Leandro Camilo, Ícaro e Paulinho; Diego Gomes, Bruno Matias, Gabriel Poveda, Patrick e Rildo; Erison. Técnico: Jerson Testoni.

  • Jogo: CSA x Brasil de Pelotas (Série B do Campeonato Brasileiro 2021 – 38ª rodada)
  • Data e hora: Domingo, 28 de novembro de 2021 –16h (Brasília)
  • Local: Estádio Rei Pelé (Trapichão), em Maceió (AL)
  • Transmissão: Premiere

Foto: CSA (@CSAoficial) / Reprodução / Twitter

Continue Reading

Últimas

Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão
Vasco16 horas ago

Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão

O Vasco da Gama mudou drasticamente desde o fim da Série B de 2021. O clube carioca teve 19 atletas...

Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca
Notícias16 horas ago

Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca

Após passar quase 10 anos no Flamengo, o goleiro Gabriel Batista foi anunciado como reforço do Sampaio Corrêa nesta temporada...

Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT
Cruzeiro17 horas ago

Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT

A temporada 2022 começa para o Cruzeiro nesta quarta-feira, 26 de janeiro, contra o URT no Campeonato Mineiro. Mas o...

Barcelona1 dia ago

Alavés 0x1 Barcelona: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Espanhol

Frenkie de Jong marca no finalzinho e Barça conquista três pontos fora de casa; time de Xavi sobe na tabela

Athletico1 dia ago

Athletico-PR 1×0 Paraná: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Paranaense

Furacão derruba Tricolor com gol no fim, leva o clássico e estreia com o pé direito no Paranaense 2022

Futebol do Interior1 dia ago

Novorizontino 0x2 Palmeiras: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Paulista

Na partida de estreia do Paulistão, Verdão larga bem e vence Tigre com tranquilidade

Futebol Internacional1 dia ago

Nigéria 0x1 Tunísia: confira o pós-jogo da partida pela Copa Africana

Tunísia marca gol relâmpago na segunda etapa e sustenta o placar para avançar às quartas

Futebol Internacional2 dias ago

Burkina Faso (7) 1×1 (6) Gabão: confira o pós-jogo da partida pela Copa Africana

Na epopeia de Limbe, Burkina Faso é castigada com empate no fim, mas se redime nos pênaltis e carimba classificação...

Futebol Europeu2 dias ago

Crystal Palace 1×3 Liverpool: confira o pós-jogo da partida pela Premier League

Reds fazem tempos distintos, sofrem mas sacramentam vitória no final

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

Trending

P