Cuiabá pode devolver Mato Grosso à Série A após 35 anos

| |

Com a goleada sobre o Guarani, nesta quinta-feira (14), o Cuiabá chegou a 58 pontos, cinco a mais que o 5º colocado, o Juventude (um jogo a menos) e deu um largo passo para conquistar a inédita vaga para a Série A.

Alcançado este objetivo, o Dourado será o quarto representante de Mato Grosso na divisão principal do Brasil e estará recolocando o estado do Centro-Oeste na elite após 35 anos.

Ao todo, foram três os clubes mato-grossenses que chegaram a disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro (após a emancipação política do Mato Grosso do Sul). Os também cuiabanos Dom Bosco e Mixto e, na região cuiabana, o Operário, de Várzea Grande.

No entanto, a principal campanha entre os mato-grossenses não foi de nenhum destes. Explicamos:

Para se manter na Série A, Botafogo terá de quebrar escrita de 11 anos

Em 1977, o Operário – não o de Várzea Grande, supracitado, mas o de Campo Grande – fez campanha histórica, chegando às semifinais do Campeonato Brasileiro, eliminado pelo São Paulo. A equipe foi à competição como representante do Mato Grosso, pois na época, o desmembramento do Mato Grosso do Sul ainda não havia sido completado. Ainda em 1977, foi sancionada a divisão.

E o Operário-MS, nos embalos, chegou arrematando os primeiros campeonatos do novo estado, a partir de 1979. Atualmente, é o maior campeão sul-mato-grossense, com 11 títulos.

Quanto aos outros três mato-grossenses, nenhum deles conseguiu o mesmo barulho que o Galo de Campo Grande.

O Dom Bosco jogou sua última Série A em 1979, aquela conhecida por ser a mais “inflada” – 94 clubes foram à disputa – a equipe chegou à segunda fase da competição.

O Mixto foi à disputa da elite em 1985, na chamada Taça de Ouro. O Alvinegro disputou o Grupo C e avançou à fase seguinte, um quadrangular que definiria os semifinalistas. Dando má sorte de cair no grupo com Bangu (vice-campeão daquele torneio), Internacional e Vasco, deixou a competição.

No ano seguinte, foi a vez do Operário de Várzea Grande disputar a primeirona pela última vez… e fez feio. Acabou na lanterna entre os 48 clubes.

Anterior

Para se manter na Série A, Botafogo terá de quebrar escrita de 11 anos

Mesmo dependendo de resultados, Jeferson acredita no acesso do Londrina à Série B

Próximo

Deixe um comentário

P