Driblando a crise, Ceará supera em 2 mil % as vendas de camisas em relação à 2019

O querido Vozão, apelido do clube Ceará, vem fazendo história neste momento de crise por conta da falta de jogos, através da criação de uma identidade visual própria no último mês de dezembro de 2019.

As mudanças vieram para que o clube pudesse conquistar um espaço maior no mercado, mesmo antes de toda a necessidade social. Essa mudança veio na hora certa, pois os grande clubes do Brasil estão dependendo basicamente de suas vendas para manter parte da receita.

Somente a venda de camisas do Ceará superou em quase 2000% as vendas no mesmo período de 2019. É um número e tanto, principalmente neste período.

Philip comenta sobre retorno aos treinos e expectativa em vestir a camisa do Sport.

Superando expectativas

Segundo o diretor de marketing, Lavor Neto, antes do lançamento da marca “Vozão”, o clube vendia cerca de 2 a 3 mil peças por temporada, ou seja, 2 a 3 mil peças a cada 6 meses, quando dependia exclusivamente da marca patrocinadora.

Esse número se repetiu nos últimos cinco anos, mas nestes 6 meses de 2020, as vendas já superaram 57 mil peças.

Marca própria do Ceará.

Os números surpreenderam até mesmo os próprios representantes do clube. O presidente do Ceará, Robinson de Castro, disse que esse momento é um marco na história do clube.

“Em 6 meses vendemos mais camisas do que nos últimos cinco anos. Isso mostra que a criação da marca própria foi um projeto campeão”.

Mais barato?

Apesar das vendas terem sido excelentes, os preços ainda estão em média R$ 229,90 por camisa.

Mas segundo Robinson de Castro, a marca pretende lançar uma linha com preços mais populares quando os jogos retornarem. Esta linha já tem até nome e deve ser conhecida como coleção “Poder Alvinegro”.

A expectativa é que os modelos estejam disponíveis nas lojas físicas e virtuais no próximo mês de agosto de 2020.

Além do campo

O investimento em marketing, marca própria e outras ações comerciais, visam interagir com o torcedor além do campo, onde é possível construir uma relação de orgulho com a torcida.

Muitos estão orgulhosos de usarem as marcas do Vozão, é nítido nas redes sociais.

Wes Lucas
Jornalista graduado pela PUC-Campinas em 2013. Atua no mercado há nove anos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Série D: entre os paulistas, Ferroviária é o único time a estrear com vitória

A Série D do Campeonato Brasileiro começou neste final de semana. Considerados favoritos na maioria das temporadas...

Criciúma derrapa na Série C; Ypiranga se impõe entre os primeiros

Rebaixado em 2019, o Criciúma começou sem grandes problemas a campanha de retorno à Série B do...

Mercado da bola: Paraguaio Richard Franco se despede do CSA

O meio-campista Richard Franco não é mais jogador do CSA. O paraguaio de 28 anos rescindiu seu...

Em jogo eletrizante, FC Cascavel e Cabofriense largam com empate na Série D

Dando continuidade ao fim de semana que inicia a Série D, FC Cascavel e Cabofriense entraram em...

Grêmio Prudente anuncia a contratação do atacante Anderson Pelé, ex-Palmeiras

Se reforçando para a disputa da Série B do Campeonato Paulista, o Grêmio Prudente anunciou a contratação...

Emprestado pelo Internacional, Pedro Lucas estreia no CSA com gol

A vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, no último sábado (19), marcou a estreia do...

Última Hora

Leia MaisRelacionado
Recomendamos