Eliminatórias Europeias: campeãs mundiais alternam entre sofrimento e tranquilidade na estreia

| |

Nesta quinta-feira, mais quatro seleções campeãs do Mundo entraram em campo pelas Eliminatórias Europeias para a Copa de 2022, buscando novo lugar no maior torneio do Planeta.

Decepções para uns, tranquilo e favorável para outros: a Espanha se juntou à França entre os campeões que tropeçaram na estreia das Eliminatórias. Já Alemanha, Itália e Inglaterra superaram seus adversários sem maiores dificuldades.

Confira como foi cada um dos jogos:

França 1×1 Ucrânia

Em Paris, Les Bleus dominaram a partida, mas não conseguiram abrir vantagem maior do que o tímido 1 a 0, marcado por Griezmann. Ainda, na segunda etapa, foram castigados por seu próprio representante: Kimpembé marcou contra o empate ucraniano, amargando a estreia francesa.

A atual campeã do Mundo larga em 4º lugar no Grupo D, mas contou com a sorte dos 2 a 2 entre Finlândia e Bósnia, outro empate na chave, que ainda tem o Cazaquistão, contra quem a França duela no próximo domingo.

Espanha 1×1 Grécia

A Grécia atualizou as definições de “cirúrgico” na última noite, em Granada. Contra uma Espanha que muito rodava a bola e pouco criava, tendo com muitos custos aberto o placar aos 33’, com Morata, os Helênicos impuseram, como castigo, o empate em sua única finalização no jogo. De pênalti, Bakasetas empatou logo aos 11 da etapa complementar, e, conservadora, a Grécia não deixou espaços para a Fúria – que, por sua vez, nada de especial fez para furar o bloqueio.

A Espanha não terá vida fácil no Grupo B, uma vez que já larga atrás da Suécia. A seleção escandinava, quaterfinalista no Mundial 2018, estreou vencendo a Geórgia por 1 a 0 e, com seus três pontos, já lidera a chave, que tem ainda o Kosovo. La Roja entra em campo fora de casa contra a Geórgia, no domingo.

Alemanha 3×0 Islândia

Na estreia do Grupo J, a tetracampeã e vencedora no Brasil começou a mil o caminho para garantir mais uma participação em Mundiais – só não foi à primeira edição, em 1930. Ontem, em Duisburgo, já estava 2 a 0 com sete minutos, gols de Goretzka e Havertz. No começo da segunda etapa, Gundogan ainda fechou a conta.

Outras duas equipes estrearam vencendo na chave: a Romênia, que num jogo eletrizante fez 3 a 2 na Macedônia, e a Armênia, que foi mais econômica, fazendo 1 a 0 em Liechtenstein. A Mannschaft, pelo saldo de gols, larga na liderança. O adversário do próximo domingo é a Romênia, no sudeste europeu.

Itália 2×0 Irlanda do Norte

Ausente no último Mundial, a Azurra começou a caminhada para o Catar com sensatos 2 a 0 em Parma sobre a frágil, ainda que aguerrida, Irlanda do Norte. Sem encher olhos, resolveu ainda na primeira etapa, com Berardi, aos 14’, e Immobile, aos 38’.

A grande luta italiana no Grupo C tem tudo para ser contra a Suíça, que por sinal lidera a chave, por conseguir vitória melhor: 3 a 1 sobre a Bulgária, adversária da Itália no próximo domingo. Ainda, a Lituânia compõe o grupo.

Inglaterra 5×0 San Marino

O English Team foi absoluto em Wembley e não deu chance sequer para o “jogo duro” samarinês. Calvert-Lewin duas vezes, Ward-Prowse, Sterling e Watkins construíram a estreia com a maior diferença de gols nas Eliminatórias.

Obviamente, a equipe larga líder do Grupo I, seguida pela Albânia, sua adversária deste domingo, que bateu Andorra por 1 a 0. Ainda, o melhor do mundo em 2020, Robert Lewandowski entrou em campo pela Polônia e deixou sua marca nos eletrizantes 3 a 3 com a Hungria. A Seleção Polonesa será, claramente, a principal adversária da Inglaterra na busca pela vaga direta ao Mundial.

Siga aqui todos os resultados e partidas seguintes das Eliminatórias Europeias:

Anterior

Devinida primeira rodada da Serie B 2021: Veja adversários de Cruzeiro, Vasco e Botafogo

SporTV transmite Ypiranga-AP x Santa Cruz: Jogo ao Vivo pela Copa do Brasil

Próximo

Deixe um comentário

P