Em busca da liderança, Luiz Fernando revela ansiedade pelo retorno do futebol no Bahrein

| |

Após quase cinco meses de paralisação em função do novo coronavírus, a bola no Bahrein voltará a rolar no próximo final de semana. Um dos brasileiros que disputam a competição, o meio-campo Luiz Fernando, do East Riffa, revelou que está ansioso para voltar a disputar uma partida oficial.

“É uma situação atípica que o mundo inteiro está vivendo. Esse período de indefinições e sem jogos foi bastante difícil para todos nós, mas totalmente compreensível por tudo que estamos passando com essa crise sanitária. A saudade de um jogo oficial é muito grande, mesmo que, neste momento, seja sem torcida”, revelou.

Aos 32 anos e na sua terceira experiência no Mundo Árabe, Luiz Fernando vem sendo um dos principais jogadores do East Riffa. Desde a sua chegada, em julho do ano passado, foram 21 jogos disputados, com sete gols anotados e cinco assistências.

Acompanhe Bahia x Ceará Ao Vivo Hoje pela Copa do Nordeste

“Eu fiquei muito feliz quando recebi a proposta para retornar ao Mundo Árabe. Mês passado fez um ano desse meu retorno e estou completamente adaptado ao país. Acredito que esteja contribuindo com a equipe. Tenho feito bons jogos e estamos realizando uma boa campanha na Liga do Bahrein”, analisou o jogador.

Com passagens por vários clubes do futebol brasileiro como Cruzeiro, Vila Nova-GO e Figueirense, Luiz Fernando quer marcar seu nome no futebol do Bahrein com um título nacional.

“Restam seis rodadas para o término da Liga e estamos oito pontos atrás do líder Al Hidd. Não é uma missão fácil, mas estamos focados em tentar tirar essa diferença e brigar pelo título até a última rodada”, finalizou.

O recomeço do East Riffa na Liga do Bahrein acontece neste sábado (08), contra o Busaiteen Club, que ocupa a oitava colocação na tabela de classificação, fora de casa.

Anterior

Brentford x Fulham: Prognóstico, Onde Assistir, Placar Ao Vivo

Marquinhos Pedroso avalia primeiras semanas na Bulgária e projeta clássico na estreia do campeonato: “rivalidade muito grande”

Próximo

Deixe um comentário

P