Connect with us

Notícias

Espanha volta a sofrer com o ataque e fica no empate com a Polônia

Published

on

Espanha e Polônia entraram em campo em Sevilha, pela segunda rodada do Grupo E, precisando da vitória para entrar na zona de classificação, após as más estreias na Eurocopa 2020. No entanto, equipes ficam no empate, comemorado pelos poloneses pelas circunstâncias, e com gosto amargo para os espanhóis.

Morata marcou no primeiro tempo para a Roja, e o melhor do mundo Lewandowski empatou no segundo tempo para o time polonês. Com direito a pênalti perdido, a equipe da casa voltou a sofrer com a ineficiência no ataque. Ainda que houvesse criado muito mais oportunidades, viu o emocional pesar e não conseguiu desencantar dentro de casa.  

Leia mais:

Crônica do jogo:

Posse de bola, passes certos, ataques. O time espanhol só não conseguiu o gol diante da Suécia, na estreia da segunda-feira. Desta vez, contra a Polônia, o desafio era a objetividade.

A Polônia, que também precisava do resultado, não se acuou com a tendência espanhola do “roda para lá e para cá”: assustou com Zielinski e seu craque Lewandowski, o melhor do mundo em 2020 segundo a FIFA.

Com Gerard Moreno no lugar de Ferrán Torres, a Furia ganhava muito em intensidade e objetividade no ataque. A equipe de Luis Enrique pareceu entender do que precisava para transformar domínio em resultados.

E, aos 25’, o próprio Gerard Moreno, que a torcida espanhola pedia, fez boa jogada, cortou para a esquerda e chutou. Morata desviou para o gol e, após revisão do VAR, o tento foi confirmado.

Era nítido que a prioridade da Roja era a vitória com margem ampla, pois a equipe enfileirava oportunidades de gol como se ainda corresse atrás da vantagem. A movimentação era a marca da equipe, enquanto a Polônia, apesar de uma grande chance aos 42’, com bola na trave de Swiderski e defesa de Unai Simón em chute forte de Lewa, tinha poucas ideias de jogo.

Na segunda etapa, o time polonês pressionou na marcação, diminuindo os espaços dos espanhóis, e tomou iniciativa de atacar. Aí, ter o melhor jogador do mundo dentro da área é essencial: Joswiak cruzou da direita e o artilheiro subiu mais do que Laporte para cabecear no cantinho. Empate e sobrevida da Polônia em Sevilha.

Mas já no lance seguinte, o zagueiro Moder recolocou o drama para os poloneses e cometeu pênalti em cima de Gerard Moreno. Chance essencial para a Espanha não sofrer na partida, voltar a ficar na frente do placar e em boas condições na chave.

No entanto, o herói foi virar vilão: Moreno acertou a trave e Morata, no rebote, mandou para fora. 58 minutos de jogo e a partida virou de cabeça para baixo. O emocional passava a jogar ao lado dos poloneses. Os sevilhanos voltavam a se preocupar com a Seleção Nacional.

Com as entradas de Ferrán Torres, Fabián Ruiz e Pablo Sarabia nos lugares de Olmo, Gerard Moreno e Koke respectivamente, a intenção de Luis Enrique era dar fôlego novo e criatividade no ataque espanhol. O brasileiro Thiago Alcântara, no entanto, ficava no banco de reservas.

A Polônia passou a marcar forte para diminuir o repertório espanhol e sair no contra-ataque. O empate mantinha a seleção do Leste Europeu viva para a última rodada. Para a Espanha e sua condição de favorita, o segundo empate era um tanto como incômodo.

A equipe da casa, então, espremia os poloneses dentro de sua área, tentando, na base da força, o gol da vitória. Mas o ataque inefetivo de Sevilha parecia voltar a assombrar, a insegurança era maior do que a eficiência espanhola pela segunda vez nesta Euro.

Pós-jogo:

A Espanha chegou a executar sua ideia de jogo na primeira etapa. Reduzindo a ação polonesa e controlando a partida, a Furia chegou a seu gol, com o questionado Álvaro Morata, e procurava aproveitar as oportunidades de ampliar a vantagem e desencantar na Euro.

Porém, na segunda etapa, o time de Luis Enrique viu tudo ruir em alguns minutos. A Polônia, do português Paulo Sousa, voltou melhor e conseguiu o empate com seu grande ídolo Lewandowski. Logo na sequência, uma oportunidade dourada de voltar à frente, com um pênalti, mas a má cobrança de Gerard Moreno encontrou a trave – e a Espanha reencontraria o nervosismo e a ineficiência dentro de casa.

A Roja tentou manter o emocional firme para se reorganizar e voltar a construir uma vantagem. Mas a seleção do Leste Europeu tinha consciência da importância do resultado que, ainda que não fosse o ideal em termos de tabela de classificação, era super expressivo naquele contexto.

Sofrendo com o mau aproveitamento das chances, a Espanha foi, aos poucos, perdendo a capacidade de chegar ao ataque. Fatores como desgaste, pressão e abalos emocionais se juntaram e acabaram transformando o time ibérico numa equipe de pouca ambição pelo gol da vitória. Os poloneses, por sua vez, se defendiam com qualidade e tinham maior vigor físico. Caso tivessem a oportunidade, teriam até mais chances de marcar o gol decisivo do que o adversário.

Definições:

O empate não foi exatamente bom para as equipes, que continuam fora da zona de classificação do Grupo E, mas ambas permanecem vivas para a última rodada, desde que vençam.

Sim, não há outra tarefa para espanhóis e poloneses vencerem nesta quarta-feira. Em São Petersburgo, na Rússia, a Polônia encara a Suécia, a quem alcançaria na pontuação em caso de vitória – 4 pts – e pode ultrapassar pelos critérios de desempate, a depender da vantagem. Ainda que fique na terceira colocação, pode confiar na pontuação como determinante para ter uma das quatro melhores campanhas na posição.

Em Sevilha novamente, a Espanha encara a Eslováquia e precisará de sua primeira vitória na competição. Conquistando-a, ultrapassa o time adversário e garante um lugar entre os dois classificados diretos.

Notícias

Bia Zaneratto comemora hat-trick e ótima fase da equipe feminina do Palmeiras no Campeonato Brasileiro

Published

on

By

Foto: Fabio Menotti / Palmeiras.com.br

O Campeonato Brasileiro Feminino entra em pausa a partir de agora até agosto em função da disputa da Copa América. Na última partida do Palmeiras antes deste recesso, a equipe registrou a maior goleada nesta temporada (7 a 1 diante do Cresspom) e a atacante Bia Zaneratto anotou três gols. Assim, ela assumiu a artilharia das Palestrinas na competição, com oito tentos em 13 jogos.

Pela segunda vez marcando três gols em um confronto, a camisa 10 é a única jogadora do atual grupo a fazer mais de um hat-trick pelo clube – o primeiro aconteceu no triunfo por 3 a 1 contra o Flamengo, no ano passado. “Me sinto grata pela oportunidade de vestir a camisa do Palmeiras. Fico feliz em quebrar recordes e espero continuar fazendo história”, afirmou.

Artilheira e melhor atacante da competição nacional no ano passado, Bia também está na disputa para ser a goleadora desta edição. Ela está somente atrás de Cristiane, do Santos, com 12 gols. “Fazer gols faz parte da vida da atacante, é a nossa função. Dentro das possibilidades, vou buscar a artilharia também, mas sempre pensando no principal objetivo meu e da equipe, que é sempre vencer”, falou.

Em seu terceiro ciclo nas Palestrinas, a camisa 10 disputou 30 jogos, anotando 23 gols e não para de registrar novas façanhas: já marcou no Allianz Parque oito vezes e é a artilheira das Palestrinas no estádio. “É muito especial jogar e marcar no Allianz, ainda mais com a torcida comparecendo. A torcida nos apoiando faz total diferença. A prova disso foi o jogo contra o Corinthians, nos impulsionaram e fizeram a diferença”, disse a atleta de 28 anos.

Além do ótimo momento no Palmeiras, Bia também é jogadora de confiança da técnica Pia Sundhage e, ao lado das palestrinas Ary Borges e Duda Santos, participará da Copa América, de 8 a 30 de julho. “Fico feliz de estar sempre sendo lembrada pela Pia. Já estou com a Seleção, temos dois amistosos difíceis pela frente, mas vamos nos preparar para chegar bem à Copa América e ir em busca de mais um título”, finalizou.

Com a evolução do futebol feminino no Brasil e o aumento do interesse do público, os jogos do Brasileiro e da seleção brasileira estão levando milhares de apaixonados pela modalidade à plataforma de iGaming para realizarem as suas devidas apostas. Com promoções especiais e bônus de boas-vindas, a Apostaquente está cativando os jogadores brasileiros por causa do amplo portfólio que também inclui clássicos de cassino, roleta online e várias opções de entretenimento!

Continue Reading

Futebol do Interior

Mesmo fora de casa, Lucena mira reabilitação do Tupynambás no Hexagonal Final do Módulo 2

Published

on

Foto: Guilherme Pannain

Depois da derrota em Juiz de Fora, volante do Baeta garante equipe impositiva em busca da vitória no domingo (26), diante do Varginha, no Sul de Minas, para voltar à zona de acesso à elite do futebol mineiro.

Após um bom início no Hexagonal Final do Módulo 2 do Mineiro, com vitória fora de casa sobre o Betim, dono da melhor campanha da primeira fase da competição, o Tupynambás não repetiu a boa atuação da estreia e acabou derrotado na quarta-feira (22), pelo Ipatinga, por 2 a 0, jogando em Juiz de Fora, no Helenão.

O revés para o Tigre de Aço já é página virada no Baeta, pelo menos é o que afirma o volante Lucas Lucena. Sem tempo para lamentar o resultado negativo, o jogador assegura que o elenco alvirrubro já pensa exclusivamente no confronto diante do Varginha, no domingo (26), às 10h, no Estádio Prefeito Dilzon Melo, no Sul de Minas, pela terceira rodada da fase final do Estadual.

“Não adianta ficar se lamentando. Precisamos buscar uma rápida reabilitação e é nisso que estamos focados. O jogo contra o Ipatinga já passou e agora é pensar somente no Varginha, que será uma partida muito difícil também. Mas nosso grupo é forte, com jogadores experientes e que não se abalam nesses momentos cruciais. Estamos trabalhando firme e tenho certeza que vamos recuperar esses pontos perdidos em casa”, disse o meio-campista.

Com três pontos e ocupando o terceiro lugar na classificação, a partida é vista também por Lucena como uma disputa direta na briga pelo acesso à elite do futebol mineiro, já que o VEC é o primeiro time dentro do G-2, na vice-liderança do campeonato. Por isso, mesmo atuando longe de seus domínios, o meia mostra confiança e garante que a equipe juiz-forense irá atuar de forma impositiva em busca do triunfo para se manter na parte de cima da tabela.

“A disputa está equilibrada e vamos enfrentar um time que hoje briga diretamente com a gente pelo acesso. Precisamos voltar a pontuar e brecar quem está acima da gente na tabela se quisermos alcançar nossos objetivos. Temos tido bons jogos fora de casa também, então estamos confiantes em fazer uma boa partida. Vamos buscar ter a posse de bola, dominar as ações e neutralizar as deles. Temos capacidade de voltar com os três pontos, mas teremos que ser aplicados durante os 90 minutos”, analisou Lucas.

Continue Reading

Notícias

Diego Rosa celebra gol decisivo e aposta no fator casa para ASA encaminhar classificação na Série D do Brasileiro

Published

on

Foto: Divulgação/ASA

Determinante na vitória fora de casa sobre o CSE, na última rodada, meia do Fantasma crê em novo triunfo no domingo (26), diante do Lagarto, em Arapiraca, para garantir a vaga no mata-mata da competição nacional.

Após bater fora de casa o CSE, por 1 a 0, no último domingo (19), o ASA se manteve na liderança do Grupo 4 da Série D do Brasileiro, com 18 pontos, e segue firme na briga por uma das vagas no mata-mata da competição. Autor do gol decisivo, o meia-atacante Diego Rosa celebrou a bola na rede e destacou a importância da vitória para o Fantasma, que se aproxima cada vez mais da classificação.

“Foi um grande resultado. São três pontos muito importantes, porque além de nos manter na liderança, nos coloca em uma boa situação na tabela perante aos outros adversários do grupo. Fico ainda mais feliz por ter ajudado o time com o gol. Venho me entregando bastante dentro de campo, e dessa vez fui abençoado com essa oportunidade que, graças a Deus, não desperdicei. Agora é manter o foco e o trabalho para seguir contribuindo com a equipe”, comemorou o jogador.

Com o triunfo no clássico do interior de Alagoas, o ASA abriu seis pontos de vantagem para o Santa Cruz, primeiro time fora do G-4 em sua chave. Mesmo restando quatro rodadas para o fim da primeira fase, o Fantasma pode garantir um lugar no mata-mata da Série D já neste final de semana, caso o tricolor pernambucano perca para o Atlético de Alagoinhas, no interior da Bahia, e o CSE saia derrotado diante do Sergipe, no Batistão.

Mas além da combinação favorável de resultados, a equipe arapiraquense precisará fazer o dever de casa e vencer o vice-líder Lagarto, no domingo (26), às 16h, no Municipal de Arapiraca, fator que vem sendo bem aproveitado, já que o Alvinegro perdeu apenas uma vez atuando em seus domínios na competição. Para Diego Rosa, a partida será no mínimo uma boa oportunidade para o ASA deixar a classificação para a segunda fase da quarta divisão nacional ainda mais encaminhada.

“Temos tido um bom desempenho em Arapiraca. Precisamos manter essa intensidade jogando em nosso estádio, sempre buscando prevalecer a nossa força diante de nossa torcida. Sabemos que contra o Lagarto, dependendo de outros placares na rodada, a gente já poderá sair classificado, mas primeiro temos que pensar em fazer a nossa parte, até porque será um jogo extremamente difícil e que vale muito para ambos. Devemos entrar concentrados em busca de uma vitória, que pode pelo menos nos aproximar mais ainda de nossas pretensões no campeonato”, analisou o meia.

Continue Reading

Últimas

Notícias3 dias ago

Bia Zaneratto comemora hat-trick e ótima fase da equipe feminina do Palmeiras no Campeonato Brasileiro

Foto: Fabio Menotti / Palmeiras.com.br O Campeonato Brasileiro Feminino entra em pausa a partir de agora até agosto em função...

Foto: Guilherme Pannain Foto: Guilherme Pannain
Futebol do Interior3 dias ago

Mesmo fora de casa, Lucena mira reabilitação do Tupynambás no Hexagonal Final do Módulo 2

Depois da derrota em Juiz de Fora, volante do Baeta garante equipe impositiva em busca da vitória no domingo (26),...

Foto: Divulgação/ASA Foto: Divulgação/ASA
Notícias4 dias ago

Diego Rosa celebra gol decisivo e aposta no fator casa para ASA encaminhar classificação na Série D do Brasileiro

Determinante na vitória fora de casa sobre o CSE, na última rodada, meia do Fantasma crê em novo triunfo no...

Notícias4 dias ago

Com gol e assistência, Gabriel Bispo é decisivo pelo KuPs na Veikkausliiga

Líder da Veikkausliiga, a principal Liga da Finlândia, o KuPs chegou a nona vitória em 12 jogos na competição. A...

Foto: Taísa Lazari Foto: Taísa Lazari
Futebol do Interior5 dias ago

Capitão do Osvaldo Cruz, Nicholas crê em vitória fora de casa para garantir classificação na Segundona do Paulista

Lateral do Azulão garante time impositivo no sábado (25), diante do Grêmio Prudente, no Prudentão, para não depender de outros...

Apostas7 dias ago

Por que muitos jogadores jogam em cassinos com Bitcoin?

Apostas esportivas e jogos de casino online estão cada dia mais em alta e toda experiência mudou muito ao longo...

Apostas1 semana ago

As equipes favoritas para vencer a Copa do Mundo em 2022

A próxima edição da Copa do Mundo da FIFA 2022, no Catar, começa na segunda-feira, 21 de novembro, com a...

Apostas2 semanas ago

O novo Neymar – O Sulcoreano que vem encantando os times 

Son Heung-Min está chamando a atenção por onde passa. O jogador sul-coreano foi destaque no jogo contra o Brasil, em...

Apostas2 semanas ago

Quais são os passos futuros para melhorar os consertos do futebol?

O futebol é um esporte popular praticado em quase todas as partes do mundo. As melhores plataformas de apostas online...

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

Trending

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
P