Connect with us

Brasileiro Série B

Londrina vira o placar, castiga ineficácia do Vitória e vence a primeira na Série B

Published

on

O Londrina venceu a primeira partida nesta Série B. Após sair atrás do Vitória, na noite deste sábado, o time paranaense foi para cima e virou o placar em pleno Barradão, em Salvador, e saiu com os três pontos da partida. O time baiano teve chances, tanto de aumentar a vantagem quando esteve à frente do placar, quanto de chegar ao empate, já na reta final, mas não conseguiu aproveitar.

O experiente Dinei marcou o gol do Vitória, já na reta final da primeira etapa. No segundo tempo, Adenilson e Gabriel Pires (contra) viraram o jogo para o Londrina, que sai do Z-4 com o grande resultado, ultrapassando o próprio Rubro-negro baiano.

Leia mais:

Crônica do jogo:

O Vitória rodava a bola no campo, buscando as primeiras oportunidades, enquanto o Londrina era não passivo, mas paciente, pois tinha consciência de sua estratégia: o contra-ataque.

A equipe de Ramon Menezes conseguia fazer o jogo fluir e transformar o domínio em oportunidades de gol, mostrando que procurou trabalhar para corrigir a deficiência da última rodada. E a primeira etapa tinha dono.

Superior em todos os aspectos, o Leão procurava fazer o gol para não dar chances para que o caráter pra lá de traiçoeiro da Série B pudesse dar as caras em Salvador. Mesmo porque o time de paranaense começava a equilibrar as ações, já na reta final, rondando o campo de ataque baiano.

Para desafogar, então, aos 44’, o interminável Dinei aproveitou o cruzamento do uruguaio Pablo Siles e, em cabeçada digna de centroavante de qualidade, colocou no canto direito de César. 37 anos, primeiro gol de Dinei no retorno ao Barradão. Merecidamente, Rubro-negro baiano na frente antes do intervalo.

Na segunda etapa, mal a bola rolou e o Tubarão já respondeu. Brilhou a estrela de Roberto Fonseca, que colocou Adenilson na partida. E quando o lateral-esquerdo Luis Henrique avançou como quis, costurando toda a defesa baiana e cruzando, lá estava ele para completar para o gol. Adenílson para empatar o jogo: 1 a 1 e jogo aberto.

E o Luis Henrique, natural da cidade de Salvador, estava mesmo se sentindo em casa. Foi dele a jogada que originou falta pela esquerda, aos 63’. Adenilson, outro salvadorense, quem veio do banco para resolver, cobrou para a área e Tarik se atirou para completar para as redes. O volante do Londrina estava impedido, mas a arbitragem creditou o gol ao volante Gabriel Pires, do Vitória, contra. A sorte virou no intervalo, e o Tubarão virou o placar: 1 a 2.

O gol acordou o Vitória, que não havia jogado futebol na segunda etapa, o fazendo voltar a agredir e empilhar oportunidades de marcar o segundo. Quem quase resolveu de vez, no entanto, foi o Londrina: Caprini deu um chapéu no zagueiro do Vitória e só não fez golaço por grande defesa de Lucas Arcanjo.

Era o Tubarão que estava à vontade na partida, quando a chuva começou a cair em Salvador. O time da casa diminuiu a produção de maneira espantosa e a luta pelo empate ficava cada vez mais difícil.

O relógio corria e o Leão pressionava, empilhava chances. Voltava a criar, mas faltava, mais uma vez, a eficiência na conclusão. Bom para o Tubarão, que segurou o placar.

Pós-jogo:

O Vitória voltou a sofrer com a sina das chances perdidas. Fez um bom primeiro tempo, de amplo domínio, e, apesar de conseguir ir com a vantagem para o intervalo, não conseguiu construir um placar mais elástico, o que ainda estaria de acordo com o volume imprimido.

No começo da segunda etapa, o time baiano teve uma enorme queda de desempenho e assistiu a um Londrina sedento pela reação, por finalmente conseguir vencer nesta Série B. Com muita vontade, a equipe paranaense chegou a dois gols antes dos primeiros 20 minutos, virando o placar e transformando toda a partida.

A partir dali o que se viu foi um Tubarão totalmente consciente do que tinha de fazer no campo adversário. Sem diminuir a intensidade, a equipe suportou a pressão final e teve até chance de ampliar o marcador. Para o Leão, faltou o mesmo que havia faltado na primeira etapa e em partidas anteriores: a calma, a tranquilidade, a qualidade para definir. Custou caro mais uma vez.

O Londrina comemorou o primeiro triunfo nesta Série B, com todos os méritos por seu segundo tempo implacável no Barradão. O Vitória voltou a ser castigado pela falta de controle de jogo em momentos capitais e pela ineficiência ofensiva, ocupando – o que foi exposto neste sábado – posição incompatível com o que pode produzir.

Definições:

O Londrina venceu a primeira e subiu cinco degraus na tabela de classificação, parando na frente exatamente do Vitória. Da vice-lanterna, o Tuba subiu para 14º lugar. O Rubro-negro cai para 15º e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, caso Remo e CSA vençam na rodada. O Tubarão, que passou as últimas rodadas mergulhado no Z-4, finalmente respira fora.

Equipes pensam agora na próxima rodada da Série B. Ambas vão a campo na próxima quarta-feira. O Londrina buscará sua primeira vitória em casa, diante do Avaí, no Estádio do Café. O Vitória vai ao Rio de Janeiro encarar o Botafogo.

Brasileiro Série B

Pelo segundo ano consecutivo, CSA oscila e fica no quase acesso

A exemplo da temporada anterior, Azulão começou morno a campanha para crescer depois; esforços foram insuficientes para subir

Published

on

O CSA goleou o já rebaixado Brasil de Pelotas no último domingo (28) por 4 a 0, no Rei Pelé, e fez sua parte para o objetivo da rodada final, que era buscar o acesso à Série A. No entanto, a equipe azulina acabou vendo o concorrente Avaí, que bateu o Sampaio Corrêa de virada, ficar com a vaga restante no G-4 da Série B 2021.

É a segunda vez consecutiva que o Azulão do Mutange chega na última rodada com chances de subir, mas acaba batendo na trave. Em 2020, a equipe disputava a última vaga com o Juventude, que subiu após vencer o Guarani em Campinas.

A causa do sucessivo “quase”…

Entre as duas ocasiões, há algo em comum que pesa contra o CSA: o mau início. A equipe teve largadas lentas, ocupando a faixa inferior da tabela, para ir recuperando aos poucos e subindo na classificação. As arrancadas levaram a equipe a brigar pelo acesso até o fim, mas, na hora H, a pontuação sempre acabava insuficiente e era inevitável encontrar o culpado: a perda de pontos no início.

2020

Na temporada 2020, a equipe azulina começou, por incrível que pareça, brigando ponto a ponto com o Oeste para fugir da lanterna. A tarefa de deixar o Z-4 era difícil e, quando cumprida, o time demorou a engrenar na competição. Foi apenas na 19ª rodada, a última do primeiro turno, que a equipe alagoana adentrou a primeira página da tabela.

Após somar 28 pontos na primeira metade da Série B, o time alagoano teve desempenho similar na segunda metade, fazendo outros 30 e, assim, somando 58 pontos na tabela final, três abaixo de Juventude e Cuiabá, que celebraram a promoção.

2021

Já no ano presente, o CSA começou com muitas oscilações e passou mais do que a metade do campeonato transitando na intermediária da tabela, sem engrenar. A equipe teve um início em que retardou o primeiro gol (apenas na quarta rodada) e a primeira vitória (apenas na quinta), e, dali em diante, continuou morna.

Foi só a partir da 25ª rodada que os azulinos chegaram para ficar na parte alta. Assumindo a oitava posição, o Azulão engrenou uma grande sequência positiva e foi ganhando casas. Apesar de não ter entrado no G-4, sempre esteve próximo do grupo de elite. A campanha acabou com 62 pontos, pontuação interessante para as pretensões de acesso, mas acabou ficando dois pontos abaixo de Coritiba e Avaí, terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Um excelente returno e confusão de sentimentos…

O desempenho azulino na segunda metade da competição foi o grande responsável por permitir à equipe chegar com chances de acesso até o fim. Com 34 pontos conquistados dentre os 57 possíveis no segundo turno, a equipe teve o aproveitamento de 59,6%, segundo melhor do campeonato, atrás apenas do campeão Botafogo.

Este crescimento ao longo do campeonato é motivo de animação, por provar a capacidade de reação do time alagoano, mas também desalenta, uma vez que deixa claro o quanto os pontos perdidos durante a campanha fizeram falta.

Para se ter uma noção, o CSA conquistou nos últimos 14 jogos da Série B o mesmo número de vitórias e praticamente a mesma pontuação do que nos 24 primeiros. Na 24ª rodada, a equipe alagoana fez 32 pontos, incluindo nove vitórias. Ao longo das partidas seguintes, venceu outras nove vezes e quase duplicou a pontuação: 30 pontos.

Continue Reading

Brasileiro Série B

Série B: rebaixado, Remo chegou a mirar o G-4 antes de reta final desastrosa

Leão do Norte chegou a ficar seguro ao longo da campanha, ocupando até a primeira página da tabela; na reta final, ruiu e sofreu a queda

Published

on

Um ano após garantir o retorno à Série B do Campeonato Brasileiro após 13 anos, o Remo sofreu o rebaixamento e jogará a Série C em 2022. A queda foi decretada neste domingo, quando o Leão do Norte não conseguiu sair do zero contra o já rebaixado Confiança em pleno Baenão e o Londrina, concorrente direto contra a última vaga no Z-4, goleou o Vasco jogando no Estádio do Café, no interior do Paraná.

Com o empate, o time paraense foi a 43 pontos, enquanto o Tubarão, com a vitória, subiu a 44, tomando-lhe a 16ª posição originária. Assim, a equipe do técnico Felipe Conceição se junta a ao próprio Confiança, seu último oponente na competição, além de Vitória e Brasil de Pelotas, no grupo dos rebaixados.

A situação chegou a estar boa…

O Remo tinha como claro objetivo de campanha a luta pela permanência na Série B, e assim se situou ao longo de todo o campeonato. Em certa altura, porém, chegou a estar numa condição considerada tranquila, podendo até mesmo avistar o G-4 e se projetar em uma briga mais nobre.

O Leão se recuperou da má largada, terminou bem o primeiro turno e, com o passar das rodadas da segunda metade do campeonato, seguiu ascendendo, dando a impressão de que seria bem sucedido em seu objetivo inicial.

Já nas rodadas 26 e 27, próximas da conclusão da competição, o time paraense alcançou seu ápice: ocupou a 9ª colocação, com 37 pontos, a nove do quarto colocado, o Avaí, e a dez do primeiro da zona de rebaixamento, o Londrina.

O peso da má reta final…

No entanto, a campanha que parecia ter um desfecho tranquilo, desandou: dos 33 pontos restantes em disputa, o Remo conquistou apenas seis, rendimento que fez a equipe despencar na tabela. Desde o empate com o Sampaio Corrêa, no Maranhão, lá no dia 30 de setembro, o Leão só venceu mais uma vez, contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, e empatou outras três.

A má sequência foi causando uma queda gradual na situação azulina na tabela de classificação. Por exemplo, na 34ª rodada, o Leão foi derrotado no duelo-chave para o Londrina – que depois se tornaria o responsável pelo rebaixamento – e se viu perdendo quatro posições, da 11ª para a 15ª. Nas seis últimas partidas, o time paraense somou apenas dois pontos, exatamente nas últimas duas rodadas, contra Vasco e Confiança.

Estatísticas jogam contra…

O mau rendimento remista no campeonato, especialmente na reta final, é traduzido em números que mostram que a queda veio não à toa: de acordo com o trabalho de estatística realizado pelo Departamento de Matemática da UFMG, a equipe teve o pior rendimento geral da Série B entre as últimas dez rodadas.

Olhando agora para todo o recorte do segundo turno, ainda que nele a equipe tenha tido seu pico no campeonato, o rendimento foi o segundo pior entre os 20 times, com apenas 17 pontos conquistados – aproveitamento equivalente a 29,8%, à frente apenas do lanterna Brasil de Pelotas, que somou 11 pontos.

Continue Reading

Brasileiro Série B

CSA x Brasil de Pelotas: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Série B

Com 59 pontos, na 6ª posição, Azulão recebe o Xavante (20°), com 23, pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Published

on

Foto: CSA (@CSAoficial) / Reprodução / Twitter

CSA x Brasil de Pelotas duelam na tarde deste domingo (28), às 16h, no Estádio Rei Pelé (Trapichão), em Maceió (AL), pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Nesse sentido, após vencer o Coritiba, por 1 a 0, o Azulão busca emplacar a segunda vitória seguida.

Por outro lado, o Xavante tenta retomar a trajetória do triunfo após seis rodadas, depois de perder para o Botafogo, por 1 a 0.

Confira abaixo os prognósticos para a partida, com palpites de CSA x Brasil de Pelotas, estatísticas e informações sobre o confronto.

Palpites CSA x Brasil de Pelotas 28/11

Resultado FinalCSA
Ambos os Times MarcamSim
Para Marcar Numa das PartesCSA
Escanteios Mais de 10

Acompanhe o Jogo CSA x Brasil de Pelotas, Ao Vivo em Tempo Real aqui no InfoEsporte.

Prognósticos CSA x Brasil de Pelotas

Leia mais:

Antes de mais nada, em situações distintas no campeonato local, CSA x Brasil de Pelotas se enfrentam na tarde deste domingo (28). Assim, em solo alagoano, as equipes medem forças, às 16h, pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Após vencer o Coritiba, por 1 a 0, fora de casa, o Azulão objetiva reduzir a diferença de pontos para a zona classificatória à Série A, já que está a dois pontos do Avaí (4°).

Por outro lado, o Xavante, após perder para o Botafogo, por 1 a 0, dentro de casa, tenta reduzir a distância para a parte externa à zona de rebaixamento à Série C, já que está a 19 pontos do Remo (16°).

Em suma, o vencedor deste duelo garante, em caso de combinações externas de resultados, uma vaga no G-4 ou uma sobrevida no Z-4 da tabela geral de classificação.

Primeiramente, até esta rodada, o CSA obteve 53.2% de aproveitamento. Acima de tudo, em 37 jogos disputados, venceu 17, empatou oito e perdeu 12, ficando na 6ª colocação, com 59 pontos.

Em contrapartida, o Brasil de Pelotas obteve 20.7% de aproveitamento. Acima de tudo, em 37 jogos disputados, venceu quatro, empatou 11 e perdeu 22, ficando na 20ª colocação, com 23 pontos.

Por fim, no que diz respeito ao histórico de confrontos entre as equipes, o Alviceleste tem vantagem diante do Rubro-Negro Gáucho.

Nesse sentido, de cinco duelos disputados, a equipe mandante venceu três. Ademais, dois jogos acabaram empatados.

Desfalques e retornos:

O CSA vai ter, até então, os retornos de Matheus Felipe e Yuri (cumpriram suspensão na última rodada).

Por outro lado, o Azulão não vai contar Didira, Pedro Caracoci e Ernandes (lesionados).

O Brasil de Pelotas vai ter, até então, praticamente a manutenção da equipe titular da última rodada.

Em contrapartida, o Xavante não vai ter à disposição Júnior Viçosa, Kevin e Sousa (lesionados); e Ícaro, Rentainho e Caio Rangel (suspensos pelo terceiro cartão amarelo).

Prováveis escalações:

CSA: Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane, Yuri e Gabriel; Marco Túlio, Iury Castilho e Dellatorre. Técnico: Mozart.

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Netto; Leandro Camilo, Ícaro e Paulinho; Diego Gomes, Bruno Matias, Gabriel Poveda, Patrick e Rildo; Erison. Técnico: Jerson Testoni.

  • Jogo: CSA x Brasil de Pelotas (Série B do Campeonato Brasileiro 2021 – 38ª rodada)
  • Data e hora: Domingo, 28 de novembro de 2021 –16h (Brasília)
  • Local: Estádio Rei Pelé (Trapichão), em Maceió (AL)
  • Transmissão: Premiere

Foto: CSA (@CSAoficial) / Reprodução / Twitter

Continue Reading

Últimas

Léo e Victor subem para profissional do ceará Léo e Victor subem para profissional do ceará
Ceará3 horas ago

Léo e Victor sobem de categoria e esperam contribuir para sucessos do Ceará em 2022

O Ceará terá duas importantes novidades vindo da base na temporada 2022. O treinador Tiago Nunes poderá contar com a...

douglas borel faz sua estreia definitiva na serie b com o bahia douglas borel faz sua estreia definitiva na serie b com o bahia
Bahia3 horas ago

Sem sequência no Bahia, Borel espera contribuir para acesso em 2023

Douglas Borel ainda não teve uma sequência no Bahia desde que conquistou o acesso ao elenco profissional. Promessa do Tricolor...

brusque contrata 13 reforcos e mira serie a brusque contrata 13 reforcos e mira serie a
Notícias4 horas ago

Quadricolor catarinense já trouxe 13 atletas e foco está na Série B

Para o seu segundo ano seguido na Série B, o Brusque teve a estratégia de reforçar o elenco ainda mais...

Com objetivos semelhantes, Vitória e Juazeirense se enfrentam na tarde deste domingo (16), às 16h, no Estádio Barradão Com objetivos semelhantes, Vitória e Juazeirense se enfrentam na tarde deste domingo (16), às 16h, no Estádio Barradão
Notícias1 dia ago

Vitória x Juazeirense: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo no Campeonato Baiano

Na estreia do Campeonato Baiano, Leão da Barra recebe o Cancão de Fogo, em Salvador (BA)

Com objetivos semelhantes, Bahia de Feira e Bahia se enfrentam na tarde deste sábado (15), às 16h, na Arena Cajueiro Com objetivos semelhantes, Bahia de Feira e Bahia se enfrentam na tarde deste sábado (15), às 16h, na Arena Cajueiro
Bahia2 dias ago

Bahia de Feira x Bahia: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo no Campeonato Baiano

Na estreia do Campeonato Baiano, Tremendão recebe o Esquadrão de Aço, em Feira de Santana (BA)

Com objetivos distintos, West Ham e Leeds United se enfrentam na manhã deste domingo (16), às 11h, no Estádio Olímpico de Londres Com objetivos distintos, West Ham e Leeds United se enfrentam na manhã deste domingo (16), às 11h, no Estádio Olímpico de Londres
Futebol Europeu2 dias ago

West Ham x Leeds United: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Premier League

Com 37 pontos, na 4ª posição, Hammers recebem os Whites (16°), com 19, pela 22ª rodada da Premier League 2021/2022

Com objetivos distintos, Juventus e Udinese se enfrentam na tarde deste sábado (15), às 16h45, no Allianz Stadium Com objetivos distintos, Juventus e Udinese se enfrentam na tarde deste sábado (15), às 16h45, no Allianz Stadium
Futebol Europeu3 dias ago

Juventus x Udinese: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Série A TIM

Com 34 pontos, na 5ª posição, Velha Senhora recebe os Bianconeri (14°), com 20, pela 22ª rodada da Série A...

Com objetivos divergentes, Milan e Spezia se enfrentam na tarde desta segunda-feira (17), às 14h30, no Estádio San Siro Com objetivos divergentes, Milan e Spezia se enfrentam na tarde desta segunda-feira (17), às 14h30, no Estádio San Siro
Futebol Europeu3 dias ago

Milan x Spezia: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Série A TIM

Com 48 pontos, na 2ª posição, Rossoneri recebe as Aquilotti (16°), com 19, pela 22ª rodada da Série A TIM...

Com objetivos similares, Atalanta e Internazionale se enfrentam na tarde deste domingo (16), às 16h45, no Estádio Atleti Azzurri d'Italia Com objetivos similares, Atalanta e Internazionale se enfrentam na tarde deste domingo (16), às 16h45, no Estádio Atleti Azzurri d'Italia
Futebol Europeu3 dias ago

Atalanta x Internazionale: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Série A TIM

Com 41 pontos, na 4ª posição, Dea recebe os Nerazzurri (1°), com 49, pela 22ª rodada da Série A TIM...

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

Trending

P