Martínez e Sarrafiore: solução em castelhano para o Coritiba

| |

Ainda não é certo que Ramon Martínez (volante, 24 anos) e Martín Sarrafiore (meia, 23) defenderão o Coritiba.

O que se sabe é que tanto o paraguaio quanto o argentino já têm a liberação de seus clubes (Atlético-MG e Internacional, respectivamente) e devem desembarcar na capital paranaense em poucos dias.

O volante obteve destaque local que rendeu convocação à Seleção Paraguaia. Em 2019, quando chegou ao Brasil, atuou com frequência no Galo. Em 2020, com leque mais vasto de opções, Sampaoli tinha poucos planos com o atleta, permitindo seu repasse ao Coxa.

O meia defende o Inter desde 2018, quando chegou ainda na base. Seu time anterior, o Huracán-ARG, disputava um torneio no interior do Rio Grande do Sul, e, por lá, chamou atenção. Entretanto, não vem tendo sequência de jogos com o compatriota Coudet

Ao confirmarem os acertos, ambos viriam com status de ‘opção-solução’. Martínez teria concorrência em seu setor – Matheus Sales, Matheus Bueno, Matheus Galdezani e Hugo Moura – mas, ao jogar o que se espera, deverá conquistar a vaga no onze titular. Sarrafiore viria para corrigir problemas na criação.

Destaque do Paysandu, PH valoriza título e premiação no Paraense, e foca na Série C

Paraguai e Argentina: os países vizinhos do Paraná totalizam mais de 20 atletas cedidos ao Coxa na história. No geral, só ficam atrás da Alemanha entre os principais fornecedores estrangeiros coritibanos.

De (El Gringo) Dreyer, campeão do Povo em 1973, ao goleador Ariel Nahuelpán de 2008 a 2010, entre os argentinos, e de Struway, dono do meio campo do surpreendente time de 1998 (menos derrotado da 1ª fase do Brasileiro) ao determinado Nery Bareiro de 2016, entre os paraguaios, muitos atletas que entraram por Foz do Iguaçu falando castelhano estão presentes na memória dos torcedores.

Há também os desenganos, como os argentinos Iberbia, Alvarenga, de passagem apagadíssima ao Alto da Glória, e Sergio Escudero, mais lembrado pelas menções irônicas ao rival que pelo futebol. Entre os paraguaios, o atacante Jorge Ortega decepcionou e marcou apenas uma vez.

Vejamos o que o destino reservará a Martínez e Sarrafiore, caso venham a engrossar a lista dos estrangeiros com sotaque espanhol.

Anterior

Bahia x Ceará: Prognóstico, Placar Ao Vivo e Onde Assistir o Jogo

Série C: Ferroviário repete 2019 e vê classificação ameaçada ao fim da 1ª fase

Próximo

Deixe um comentário

P