O doce destino de Allan Aal

| |

Quando Allan Aal foi demitido do Paraná Clube, no início de novembro, muitos entenderam que houve certa precipitação na decisão da diretoria. O Paraná, que liderou a competição, caiu para a 6ª posição, no primeiro momento de estabilidade em toda a campanha da Série B.

Então, Aal ficou fora do mercado, enquanto o Paraná enxergava a derrocada total. Rogério Micale, Gilmar dal Pozzo e Márcio Coelho passaram: nenhum conseguiu frear a queda brusca da equipe.

Aal, por sua vez, foi paciente, e veio a oportunidade no Cuiabá: sem comandante deste que Marcelo Chamusca substituiu Rogério Ceni no Fortaleza, o Dourado apostou no ex-comandante paranista para terminar a condução do time à inédita vaga na Série A.

Ex- ‘Homem-Atletiba’, angolano Geraldo deixa Al Ahly após bicampeonato egípcio

Então, depois de dois meses, um reencontro e várias histórias: Aal voltava à Vila Capanema pelo Cuiabá, com a vitória significando um passo imenso para o acesso. Para o Paraná, a vitória era urgente para se manter com maiores possibilidades de evitar a primeira queda para a Série C na história do clube.

Em campo, uma atuação cuiabanista para deixar o torcedor ainda mais empolgado e trazer saudades ao torcedor paranista – visto que foi com Aal que o Paraná viveu o sonho de retornar à elite, correspondente ao Cuiabá hoje.

Com os resultados da rodada, o Cuiabá precisará de apenas um ponto nas próximas duas partidas para conseguir o acesso inédito.

Já o Paraná, com os resultados positivos de Náutico e Vitória, tem um rebaixamento virtual. Não apenas terá de vencer as duas últimas partidas, como dependerá, impreterivelmente, de derrotas destes adversários, além de uma baixa pontuação do Figueirense.

Confira alguns números do técnico Allan Aal e seus impactos, em Paraná e Cuiabá:

Paraná com Aal – 19 jogos / 28 pontos – aproveitamento 49,1%

Paraná sem Aal – 17 jogos / 8 pontos – aproveitamento 15,6%

Cuiabá sem Aal – 21 jogos / 37 pontos – aproveitamento 58,7%

Cuiabá com Aal – 15 jogos / 24 pontos – aproveitamento 53,3%

Anterior

Ex- ‘Homem-Atletiba’, angolano Geraldo deixa Al Ahly após bicampeonato egípcio

Contra o Flu, Coxa marcou mais de uma vez em casa pela primeira vez no campeonato

Próximo

Deixe um comentário

P