Connect with us

Brasileirão Série A

Palmeiras 1×3 Flamengo: confira o pós-jogo da partida pela Série A

Mesmo desfalcado, Flamengo consegue virada em São Paulo e chega à terceira colocação

Published

on

O Flamengo conquistou uma grande vitória sobre o Palmeiras em pleno Allianz Parque, na tarde deste domingo (12), em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, a primeira do returno da competição. Mesmo com desfalques e saindo atrás no placar, equipe de Renato Gaúcho mostrou força e virou o jogo. Com a vitória, o Rubro-negro se instalou no G-4, ficando a um ponto do próprio Palmeiras, na terceira posição.

Com ausências de Gabigol e Bruno Henrique, além da contusão precoce de Arrascaeta, que deixou o campo com dores na coxa ainda no início do jogo, Michael e Pedro comandaram a vitória flamenguista na casa palmeirense. O primeiro marcou duas vezes e confirmou a grande fase vivida, enquanto o segundo voltou a marcar após longo período de jejum.

Crônica do jogo:

Como era de se esperar, o jogo era disputado e bem jogado. As duas equipes buscavam jogadas de infiltração, sobretudo pelas laterais. Enquanto o Flamengo, de Renato Gaúcho, trabalhava mais com a bola, o Palmeiras, do português Abel Ferreira, apostava nas ligações diretas.

E, cada um dentro de suas características, foram às redes de forma seguida. Aos 14 minutos, Wesley partiu pela esquerda, driblou dois e bateu bonito no canto, abrindo com estilo o placar para o Verdão. E, já aos 15’, Éverton Ribeiro tabelou com Pedro e cruzou na medida para Michael cabecear, livre, no contrapé de Weverton, deixando tudo igual.

Logo após empatar, o Flamengo teve de ligar com um enorme desfalque: um de seus principais desfalques, Arrascaeta deixou o campo contundido, Vitinho foi para o campo.

O jogo continuou agitado, com chances para os dois lados, embora nenhuma muito clara. Com o andar do tempo, ambos começaram a entender o jogo do adversário e aprenderam a anular os pontos fortes, deixando a partida um pouco mais amarrada – ainda assim boa de acompanhar, graças ao talento dos protagonistas.

Na segunda etapa, o Flamengo começou dominante, fazendo a bola se concentrar predominantemente no campo defensivo palmeirense. E, na falta de Gabigol, aos 11 minutos, após cobrança de escanteio, Pedro subiu e cabeceou bonito, encerrando a seca de gols e virando o marcador, 2 a 1.

O gol fez Abel Ferreira reformular todo o ataque. Wesley, Rony e Raphael Veiga, talvez os principais nomes do time no jogo, saíram para dar lugar a Luiz Adriano, Scarpa e Breno Lopes. E o Palmeiras tentou ameaçar, mas sem levar muito perigo.

O time da casa adiantava as linhas para pressionar, e o visitante, arisco, saía para o contra-ataque com esperteza. Na falta de Bruno Henrique, Michael resolveu brilhar mais uma vez: desta vez, recebeu na esquerda, passou por Marcos Rocha com tranquilidade e deslocou Weverton, definindo o jogo. 3 a 1 Flamengo em pleno Allianz Parque.

Pós-jogo:

Uma partida que não deixou de ser equilibrada ao longo dos noventa minutos, mas foi decidida em detalhes importantes, desde os momentos mais agitados, como o início, quando marcaram de forma seguida, até momentos capitais do meio para o final, quando a partida já estava mais estudada. O Palmeiras foi com proposta de atacar com mais objetividade, o Flamengo quis controlar a partida.

No entanto, esta tendência se alterou principalmente na segunda etapa, após o gol da virada flamenguista. A partir dali o Verdão tentava usar a bola para agredir, mas pecava na falta de contundência e acumulava a chamada posse improdutiva. Apesar de ter ficado com a bola em 59% do tempo e ter trocado 500 passes – 126 a mais que o adversário –, o time da casa pouco fez quando era exigido.

O Flamengo, por sua vez, estava confortável enquanto usava a bola para ditar o ritmo do jogo, mas ainda assim soube se adaptar quando a partida pedia outra postura. Ao longo da segunda etapa, se defendeu com qualidade e resolveu sair nos contragolpes de maneira objetiva, como muitas vezes fizera com sucesso em partidas anteriores. A grande fase de jogadores de ataque, como Vitinho e principalmente Michael, bem como a recuperação da moral de Pedro, que voltou a marcar após longo jejum, foi essencial para conquistar a expressiva vitória mesmo com os desfalques de Gabriel Barbosa e Bruno Henrique, além da saída precoce de Arrascaeta, na primeira etapa.

Escalações:

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Píquerez (Willian); Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Rony (Luiz Adriano), Wesley (Breno Lopes) e Dudu. Técnico: Abel Ferreira.

Flamengo: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Gustavo Henrique, Bruno Viana e Ramon; Willian Arão, Andreas Pereira (João Gomes), Arrascaeta (Vitinho) e Everton Ribeiro (Thiago Maia); Michael e Pedro (Rodinei). Técnico: Renato Gaúcho.

Definições:

A vitória fez o Flamengo colar no próprio Palmeiras e se colocar de vez na briga pelo título. O Rubro-negro chegou aos 34 pontos, um a menos do que o Verdão, assumindo a terceira colocação. A diferença para o líder Atlético ainda é de oito pontos, mas, é bom lembrar, o Fla ainda tem dois jogos a menos do que Galo e Palmeiras, e três a menos do que a maioria das equipes.

No meio de semana, o Flamengo volta a campo para confirmar a classificação às semifinais da Copa do Brasil, no Maracanã, contra o Grêmio, a quem derrotou por 4 a 0 no jogo de ida, em Porto Alegre.

Pelo Brasileiro, ambos jogam no próximo fim de semana. O Palmeiras primeiro, no próximo sábado (18), vai a Santa Catarina encarar a lanterna Chapecoense. O Flamengo repete o confronto contra o Grêmio, novamente no Maracanã.

Brasileirão Série A

Cuiabá é competitivo, foge da degola e garante Sul-Americana em estreia na Série A; confira a retrospectiva

Dourado dribla a inexperiência na elite, conquista pontos importantes e pega última vaga para as competições continentais

Published

on

Estreante em Série A, o Cuiabá driblou a inexperiência para conquistar pontos importantes e fazer campanha consistente no Campeonato Brasileiro. Na temporada de adaptação do clube ao mais alto escalão, o time mato-grossense foi páreo duro para os adversários e pediu passagem como time de elite. Vamos relembrar a temporada do Dourado:

Estou chegando…

O ano já era 2021, mas a temporada que se disputava ainda era a de 2020. O Cuiabá fazia campanha surpreendente na Série B e, impulsionado por uma grande sequência final, conseguiu o acesso inédito para a primeira divisão.

Comandado por Allan Aal, o Dourado confirmou a subida em partida contra o Paraná, ex-time do treinador. A vitória por 2 a 0 em Curitiba garantiu que o futebol mato-grossense voltasse a colocar um time na elite após 35 anos.

Nova divisão, novos desafios…

Com a saída do treinador e de muitos jogadores responsáveis pelo acesso, o Cuiabá se reformulou para a disputa da Série A. A temporada começou difícil, com uma incômoda eliminação ainda na segunda fase da Copa do Brasil para o 4 de Julho, do Piauí.

O nome escolhido para comandar o elenco no Brasileirão foi o de Alberto Valentim. No entanto, acabou demitido logo na primeira rodada da competição nacional, após o empate por 2 a 2 com o Juventude, devido a atritos pessoais com a diretoria do clube.

Novo capítulo e um grande comandante…

Depois de um período com o interino Luiz Fernando Iubel, o Dourado anunciou seu novo treinador: Jorginho, que havia comandado o Atlético-GO no início de temporada. O anúncio foi feito no início de julho, quando haviam sido disputadas nove rodadas de Brasileirão.

O efeito foi imediato e, logo nas primeiras partidas com o tetracampeão mundial, o time cuiabano deslanchou. Numa boa sequência invicta, a equipe conquistou suas duas primeiras vitórias e encontrou uma maneira de jogar.

Especialista em grandes defesas e ataques rápidos, Jorginho fez de seu estilo a proposta de jogo do Auriverde da Baixada. Tornando cada jogo uma batalha, a equipe passou a ceder muito menos gols e pontuar com muito mais frequência.

Resultados expressivos como a vitória sobre o Palmeiras e o empate contra o Fortaleza, ambos fora de casa, mostravam a força desta equipe que sabia se portar inclusive longe de seus domínios.

A oscilação é normal…

Ainda que o Cuiabá fizesse campanha segura, seria difícil imaginar que a equipe não teria alguma queda de rendimento e oscilasse ao longo do campeonato, sobretudo no segundo turno.

Após terminar a primeira metade num honrosíssimo 11º lugar, o Dourado se manteve bem e chegou a sonhar com a briga pela Libertadores. No entanto, com o passar do tempo veio uma escassez de vitórias e, ao longo do returno, o time sentiu a ameaça de rebaixamento se reaproximar. A gordura começava a queimar e a tranquilidade de outrora já não era tanta.

Confirmação da permanência…

Mas a equipe de Jorginho era preparada e conseguiu contornar as dificuldades e se conduzir para a permanência histórica. Nas rodadas finais, o Dourado chegou a integrar o bolo de equipes que estavam envolvidas na briga contra o Z-4, e a situação chegou a ficar delicada na antepenúltima rodada.

Ao perder para o Palmeiras na Arena Pantanal, o time ficou em 16º lugar, a três pontos da zona. Restavam dois jogos para o Cuiabá não deixar o castelo ruir e fugir do perigo.

A ameaça era real, mas o que já esteve bem não poderia acabar com tal desfecho desastroso. Nas duas rodadas finais, o Dourado somou mais quatro pontos de segurança e pôde celebrar não só a permanência, mas o passaporte carimbado: graças ao G-8 do Campeonato Brasileiro para as vagas na Libertadores, a Copa Sul-Americana levou até o 15º colocado do Brasileirão, posição na qual o Cuiabá terminou.

Clube de elite e com viagens continentais em 2022: um prêmio para uma equipe que lutou muito por cada resultado e, apesar de estreante, mostrou grande naturalidade em encarar o desafio da Série A.

Continue Reading

Brasileirão Série A

Juventude faz do Jaconi alçapão e garante a permanência na elite; confira a retrospectiva

No regresso do time gaúcho à elite, campanha dentro de casa foi essencial para a conquista dos pontos necessários para se manter na divisão

Published

on

De volta à Série A após 12 anos, o Juventude tinha como claro objetivo a permanência na elite. E o objetivo foi alcançado com sucesso, mas envolvendo uma grande dose de drama e briga pela permanência até a última rodada do Campeonato Brasileiro. Vamos relembrar a temporada do Papo:

Eu voltei…

A temporada 2020 do Juventude foi marcada pelo retorno à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Vindo da Série C, o time da Serra Gaúcha embalou e conseguiu outro acesso em sequência. Na reta final da Série B 2020, já em janeiro de 2021, o time alviverde garantiu a subida com uma vitória sobre o Guarani no Brinco de Ouro.

Missão: permanência…

Os meses de fevereiro e março deste ano foram de muito planejamento para o Juventude. O Papo sabia que o desempenho teria de ser implacável para o atingimento dos objetivos da temporada, sobretudo a permanência na primeira divisão.

O clube fez um mercado seguro, apostando em peças pontuais e mantendo o técnico Marquinhos Santos no comando. O começo de temporada se dividiu entre a boa campanha no Campeonato Gaúcho, chegando às semifinais, e uma eliminação na Copa do Brasil ainda na segunda fase, para o Vila Nova.

O temido Jaconi…

Para ajudar na dura missão da permanência, o Juventude tinha uma conhecida arma: seu estádio. Frio, neblina, ambiente hostil… todo mundo sabe que não é tarefa grata encarar o Papo no Alfredo Jaconi. E, claro, o desempenho em Caxias do Sul foi preponderante na campanha do Ju.

Nos primeiros encontros entre Papo e torcida, a história não foi feliz: duas goleadas por 3 a 0 para Athletico-PR e Palmeiras. No entanto, a partir dali a coisa deslanchou – vitórias sobre Flamengo, Grêmio, Sport e Chapecoense.

Returno inconstante…

A equipe comandada por Marquinhos Santos era consistente ao todo, conseguindo ser competitiva também nas partidas longe de casa. Conseguindo pontos importantes longe da Serra Gaúcha, o Ju criou a gordura no primeiro turno, terminando na 13ª colocação, com 23 pontos.

E esta largada mais segura ajudou e muito: no segundo turno, a equipe gaúcha passou por maus bocados e turbulências. Em primeiro momento no returno, as vitórias ficaram escassas e os tropeços vinham sequenciais, inclusive dentro de sua própria casa.

A perda de força no próprio Jaconi foi o símbolo da decadência do Juventude no segundo turno. A equipe despencou na tabela e entrou no Z-4, o que levou a diretoria ao desespero e, após uma derrota para o Grêmio, rival e adversário direto na briga contra a degola, o técnico Marquinhos Santos acabou demitido.

A gordurinha fez diferença…

Um dia depois da saída de Marquinhos Santos, o Ju anunciou o novo treinador: Jair Ventura. Especialista em manter equipes na primeira divisão – havia conseguido permanência heroica com o Sport no ano anterior –, Ventura comandou a Chapecoense durante o ano e, apesar de não conseguir reverter o péssimo panorama, foi responsável pelo melhor momento do time catarinense no campeonato.

Chegando ao Ju, a missão era simples: retomar a força em casa e saquear alguns pontinhos fora. Fosse assim feito, as chances de se manter na elite voltavam a crescer, uma vez que o primeiro turno havia sido mais regular do que o da concorrência, que deixou para despertar no final.

E foi isso que Ventura trouxe à equipe. Num estilo de jogo mais cascudo do que o fluído de Marquinhos Santos, o filho de Jairzinho conseguiu tornar o Jaconero, em contrapartida, um time ainda mais competitivo do que no primeiro turno.

Não havia mais jogo fácil contra o Juventude. Até mesmo o campeão Atlético-MG sofreu quando esteve diante da equipe. Uma boa sequência na reta final tirou um pouco do sufoco, mas o time ainda estaria envolvido até o fim na briga.

Na última rodada, a tarefa era vencer o Corinthians na Serra Gaúcha e acabar com todo o sofrimento. E aí a força do Alfredo Jaconi falou mais alto e a décima melhor campanha como mandante passou no seu teste de fogo. Com gol solitário de Chico, de pênalti, o Ju festejou, diante de seus torcedores, a permanência. Se esta foi a temporada de readaptação do Papo na elite, o recado está dado: o adversário também precisará se adaptar muito bem ao caldeirão juventudista.

Foto: Twitter / E.C. Juventude

Continue Reading

Apostas

Palpites dos jogos de hoje: Prognósticos de futebol e palpites desta quinta-feira (09/12) – Campeonato Brasileiro (Parte II)

Published

on

E o Campeonato Brasileiro chega a seu fim. Nesta quinta-feira (09), será disputada a rodada final da competição, colocando o ponto definitivo em todas as brigas do campeonato. Uma das mais eletrizantes se situa na intermediária, na decisão dos últimos classificados para a Libertadores. Confira alguns prognósticos e dicas de palpites:

Palpites de futebol desta quinta-feira, 09/12

Atlético-GO x Flamengo

Para o Flamengo, a partida apenas encerra uma temporada da qual será necessário extrair aprendizados para projetar um 2022 vencedor. Para o Atlético, no entanto, representa a possibilidade de sonhar com a vaga na Pré-Libertadores, desde que vença e algum concorrente entre Fluminense e América-MG tropece.

Confira o pré-jogo aqui

Acompanhe a partida em tempo real aqui

Resultado FinalFlamengo
Ambos os Times MarcamSim
Marcadores de Gol Bruno Henrique – A Qualquer Momento
EscanteiosMenos de 10

Palmeiras x Ceará

Campeão da Libertadores, o Palmeiras encerra a temporada em alta, na terceira colocação, de bem com seu torcedor. Mas o duelo envolve altas pretensões no lado oposto: o Ceará é mais um dos times na briga pela Pré-Libertadores e, se vencer, pode atingir o grande objetivo.

Confira o pré-jogo aqui

Acompanhe a partida em tempo real aqui

Resultado FinalPalmeiras ou Empate
Ambos os Times MarcamSim
Para Marcar Numa das PartesPalmeiras – Segundo Tempo – Sim
EscanteiosMais de 10

Fluminense x Chapecoense

As oscilações recentes impediram o Fluminense de garantir de vez a vaga na Libertadores 2022. A partida final, contra a Chapecoense, vem para sacramentar de vez o acesso no mínimo para a fase preliminar da competição continental. A Chape, por sua vez, se não vencer, terminará com a pior campanha do Brasileiro de pontos corridos.

Confira o pré-jogo aqui

Acompanhe a partida em tempo real aqui

Resultado FinalFluminense
Ambos os Times MarcamSim
Para Marcar Numa das PartesFluminense – Segundo Tempo – Sim
EscanteiosMais de 10

América-MG x São Paulo

Em oitavo e fechando o grupo das equipes que vão à Libertadores, o América depende apenas de si para conquistar a vaga inédita para a competição continental. Mas o São Paulo também está no bolo e tem alguma chance de conquistar a vaga, desde que vença o duelo. Ou seja, apesar da enorme concorrência para as vagas restantes, o confronto tem caráter de decisão.

Confira o pré-jogo aqui

Acompanhe a partida em tempo real aqui

Resultado FinalAmérica-MG
Ambos os Times MarcamSim
Para Marcar Numa das PartesAmérica-MG – Primeiro Tempo – Sim
EscanteiosMais de 10

Red Bull Bragantino x Internacional

Virtualmente classificado à Libertadores, o Braga pode garantir de vez o passe para a fase de grupos, se vencer o Inter em Bragança Paulista. O time gaúcho, que se manteve firme na briga ao longo de boa parte do campeonato, vem de péssima sequência e agora, mesmo que vença o duelo, depende da combinação favorável para conseguir a vaga.

Confira o pré-jogo aqui

Acompanhe a partida em tempo real aqui

Resultado FinalRed Bull Bragantino
Ambos os Times MarcamSim
Marcadores de Gol Arthur – A Qualquer Momento
EscanteiosExatamente 10
Continue Reading

Últimas

Apostas1 dia ago

Menino da Vila garante vitória do Santos nos acréscimos e facilita classificação na Sul-Americana

Menino da Vila garante vitória do Santos nos acréscimos e facilita classificação na Sul-Americana Não foi um simples jogo na...

Apostas2 dias ago

Fortaleza irá ajudar a comandar as negociações com a Libra

O “Tricolor do Pici” vai trabalhar ao lado de outros 4 clubes, da ANCF e de consultores especializados nas conversas...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias4 dias ago

Joia da base, Filipinho assina primeiro contrato profissional com o Juventus

Tratado como uma das grandes promessas do Moleque Travesso, meia-atacante de 19 anos firma novo vínculo visando as disputas da...

Foto: Divulgação/FK Bylis Foto: Divulgação/FK Bylis
Futebol Europeu1 semana ago

Brasileiros do FK Bylis celebram título e acesso à primeira divisão na Albânia

João Ananias e Birungueta ajudaram o time da pequena cidade de Ballsh a conquistar a Kategoria E Pare, a Segunda...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Técnico do Juventus valoriza empate fora de casa com o São Paulo pelo Paulista Sub-20

Após 2 a 2 em Cotia, Luiz Antônio Ribeiro destacou a dificuldade em encarar o Tricolor e enalteceu o desempenho...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Após vitória em estreia, técnico do Juventus projeta confronto diante do São Paulo pelo Paulista Sub-20

Em busca de pontuar fora de casa, Luiz Antônio Ribeiro pede foco ao Moleque Travesso na partida deste sábado (07),...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias2 semanas ago

Rodrigão celebra gol da vitória do Juventus em estreia no Paulista Sub-20

Atacante balançou a rede e garantiu o triunfo por 1 a 0 do Moleque Travesso sobre o SC Brasil, pela...

Notícias2 semanas ago

Bet365 fora do ar: Usuários relatam que site de Apostas Caiu

O maior sites de apostas do mundo, a Bet365, está fora do ar nesta quarta-feira (04/05). A reclamação teve início...

Foto: Alê Vianna/CA Juventus Foto: Alê Vianna/CA Juventus
Notícias3 semanas ago

Comissão técnica do Juventus analisa grupo e projeta estreia no Paulistão Sub-20

Nesta quarta-feira (04), o Moleque Travesso recebe o SC Brasil, na Javari, pela primeira rodada do Estadual da categoria. Sob...

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

21 maio 2022 4:00 pm
Angers
2 0
Montpellier
21 maio 2022 4:00 pm
Angers
2
0
Montpellier
21 maio 2022 4:00 pm
Stade Brestois 29
2 4
Bordeaux
21 maio 2022 4:00 pm
Stade Brestois 29
2
4
Bordeaux
21 maio 2022 4:00 pm
Clermont Foot
1 2
Lyon
21 maio 2022 4:00 pm
Clermont Foot
1
2
Lyon
21 maio 2022 4:00 pm
Lens
2 2
Monaco
21 maio 2022 4:00 pm
Lens
2
2
Monaco
21 maio 2022 4:00 pm
Lille
2 2
Rennes
21 maio 2022 4:00 pm
Lille
2
2
Rennes
21 maio 2022 4:00 pm
Lorient
1 1
Estac Troyes
21 maio 2022 4:00 pm
Lorient
1
1
Estac Troyes
21 maio 2022 4:00 pm
Marseille
4 0
Strasbourg
21 maio 2022 4:00 pm
Marseille
4
0
Strasbourg
21 maio 2022 4:00 pm
Nantes
1 1
Saint Etienne
21 maio 2022 4:00 pm
Nantes
1
1
Saint Etienne
21 maio 2022 4:00 pm
Paris Saint Germain
5 0
Metz
21 maio 2022 4:00 pm
Paris Saint Germain
5
0
Metz
21 maio 2022 4:00 pm
Reims
2 3
Nice
21 maio 2022 4:00 pm
Reims
2
3
Nice
21 maio 2022 4:30 pm
Flamengo
- -
Goias
21 maio 2022 4:30 pm
Flamengo
-
-
Goias
21 maio 2022 4:30 pm
Atletico Goianiense
- -
Coritiba
21 maio 2022 4:30 pm
Atletico Goianiense
-
-
Coritiba
21 maio 2022 6:30 pm
Santos
- -
Ceara
21 maio 2022 6:30 pm
Santos
-
-
Ceara
21 maio 2022 7:00 pm
Juventude
- -
Palmeiras
21 maio 2022 7:00 pm
Juventude
-
-
Palmeiras

Trending

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
P