Pelo G4 e contra o Z4: confira o que nos aguarda na sexta-feira de Série B

Mais uma rodada da Série B se inicia nesta sexta-feira, a 13ª. A essa altura, já se fazem mais claras as pretensões, bem como os destinos de boa parte das equipes.

Incomparavelmente disputado, o Brasileirão Série B apresenta linha muito tênue entre os postulantes à briga pelo acesso e os que lidarão com a tensão de fugir da degola. Desse modo, nesta sexta-feira, quatro partidas explorarão muito bem os dois extremos da classificação: 

Figueirense x Oeste: ambos no Z4, equipes têm rodada decisiva em disputa. Dentro de casa, o Figueira, que vem de derrota para o rival Avaí, nesse meio tempo, terá missão (em tese) e objetivos mais tranquilos: apenas um ponto separa o Furacão do Estreito da parte de fora da agônica zona. Já para a equipe paulista, a vida é mais ingrata. A vitória tem o poder, no máximo, de tirá-la da última colocação – ou seja, pensar em sair da zona, só a partir da próxima rodada.

A bola rola logo cedo, às 16:30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC.

CRB x Avaí: jogo para ilustrar o quão fascinante é o equilíbrio da Série B. Com campanhas consideradas instáveis, as equipes ocupam posições de ‘meio de tabela’, mas a vitória terá poder de catapultar uma delas para as posições de destaque na tabela – inclusive, há possibilidade para ambas de chegar ao G4.

A partida será às 19:15, no Rei Pelé, Maceió-AL.

Operário x Vitória: partida que reúne basicamente as mesmas razões da anterior. Vizinhos de CRB e Avaí na tabela, Fantasma e Rubro-negro duelam para chegar ao disputado G4 e sabem da importância de vencer. Mesmo porque a oportunidade de figurar entre os quatro primeiros já lhes foi conferida na rodada anterior – mas ambos perderam suas partidas.

A bola rola também às 19:15, no Germano Krüger, Ponta Grossa-PR.

Botafogo-SP x Paraná: fechando o dia, a única partida que coloca frente a frente equipes com discrepância de realidades. O Botafogo vem morando na parte baixa da tabela, tendo conseguido um respiro na última rodada, quando superou o Oeste. Já o Paraná segue firme na vice-liderança da competição e conhece a relevância de continuar pontuando com qualidade.

O apito inicial será mais tarde, já às 21:30, no Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP.

Murilo Demarch
Desde 2015, redator, revisor e editor em websites, responsável por criação de conteúdo e exploração de bases de conteúdos de sites nacionais e internacionais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Grupo H: Caracas-VEN se complica e tentará milagre para avançar

Os clubes venezuelanos têm raros momentos de brilho na Libertadores – desde 2016 não avançam para os...

Em jogo alucinante de duas viradas, Guaraní bate Bolívar e passa junto com Palmeiras no Grupo B

Já classificado, mas sonhando com a improvável primeira colocação do Grupo B, chave do Palmeiras, o Guaraní...

Goleado pelo Verdão, Tigre-ARG termina como pior da fase de grupos da Libertadores

Campeão da primeira edição da Copa da Superliga Argentina, competição que começou na última temporada, o Tigre...

Série D: América-RN vence a quinta seguida e lidera isolado o Grupo A3

Com participações recentes nas séries A e B do futebol brasileiro, mas na Série D há quatro...

Copa Sul-Americana 2020 tem os maiores campeões da Libertadores de Brasil, Argentina e Uruguai

Segundo principal torneio internacional da América do Sul, a Copa Sul-Americana ainda está em sua fase inicial...

Nacional e Racing querem primeira colocação no Grupo F da Libertadores

Racing-ARG e Nacional-URU não deram a menor chance para os adversários do Grupo F na Libertadores, Estudiantes-VEN...

Última Hora

Leia MaisRelacionado
Recomendamos