Piqué queria comprar o Notts County no último verão

0
522
pique quase compra time condado notts

O time mais antigo do mundo chamado Notts County, ou Condado de Notts, quase foi comprado por Gerard Piqué no último verão.

O clube vive hoje uma delicada situação econômica, jogando na quinta categoria. Isso acabou dificultando a operação, pois o caso está sendo comandado pela Justiça local.

A empresa Kosmos Global Holding se reuniu em Londres no fim de julho com Alan Hardy, o então proprietário do Notts. Então Hardy teve que aceitar a oferta feita antes de Piqué, pelos irmãos dinamarqueses que fizeram uma proposta do clube, a perdido do Supremo Tribunal da Inglaterra.

A Justiça entendeu que o não pagamento aos jogadores, equipe técnica e toda a dívida do clube com o Tesouro em milhões de Euros, foi o fator principal para que Hardy aceitasse a proposta e vendesse o clube aos dinamarqueses e não a Piquet, ainda em julho de 2019.

O Notts foi resgatado da falência em 2016, mas não houve investimentos nos últimos três anos, o que resultou em uma “nova falência” ainda no primeiro semestre de 2019. Todos os problemas levaram o clube a ser colocado à venda por aproximadamente 11 milhões de euros.

Ansu Fati fica de fora da Seleção Espanhola e não participará da Copa do Mundo Sub17.

Planos de Piqué para o Notts

Piqué é hoje envolvido em diversos negócios do mundo esportivo, entre eles está a Copa Davis de tênis, o FC Andorra e recentemente o Gimnàstic Manresa. O jogador queria com o Condado de Notts realizar uma reestruturação da organização, para que ela ficasse com um modelo semelhante ao La Masia.

O principal objetivo de reestruturação seria vender jogadores e angariar fundos através de financiamentos.

Mas um problema de Piqué ligado a Agência Tributária da Espanha, foi também um dos motivos do Tribunal “forçar” a venda para os dinamarqueses e não para Piqué. Ele havia pago dois milhões de euros em multas e impostos que estavam atrasados de 2008, 2009 e 2010, por seus direitos de imagem.

Para poder fechar negociações deste tamanho na Inglaterra é preciso que qualquer pessoa não tenha sido condenada em crimes de fraude ou desonestidade. Se houver um destes casos, ela fica proibida de adquirir um clube de futebol ou fazer parte de um dos conselhos administrativos na Inglaterra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here