Relação entre indústria de jogos e mundo esportivo se fortalece a cada ano que passa

Imagem de Pexels por Pixabay

Não é difícil perceber que, apesar de todos os altos e baixos costumeiros no percurso de qualquer clube de futebol brasileiro, o esporte bretão permanece como uma das grandes fontes de diversão do nosso povo. Ano a ano, tais times angariam novos torcedores, que carregam para a frente o escudo do seu clube como uma causa a ser defendida.

O esporte propicia uma ligação forte não só com os torcedores, mas também com o mundo econômico. Além do marketing, que gera a receita para o clube através do patrocínio e da exposição de marcas em sua camisa, o mundo do entretenimento – na forma da indústria de jogos e também da televisão – tem uma ligação muito forte com os times de futebol.

De fato, um dos carros-chefes para a indústria de jogos mundo afora são as apostas esportivas. Tais apostas, ao longo dos anos, ajudaram a financiar a indústria como um todo, motivando sua expansão para áreas como cassinos e resorts físicos e também para plataformas digitais já desde os primeiros passos da internet nos anos 1990.

Hoje, os cassinos físicos são também grandes centros de aposta. Alguns deles até mesmo organizam eventos esportivos – casos dos célebres cassinos em Las Vegas, como o MGM, que organizou algumas das maiores lutas de boxe envolvendo o lendário Mike Tyson, e o Palms Casino Resort, que foi palco por muitos anos dos principais eventos do Ultimate Figher Championship (UFC).

No mundo online, as apostas esportivas ficam ainda mais em voga. Com a possibilidade de assistir a eventos esportivos em qualquer lugar do mundo, seja por meio de pay-per-view ou por TVs por assinatura, casas de apostas físicas e virtuais não mais se rivalizam, mas se complementam. Num geral, tais casas de aposta virtuais estão associadas a plataformas de cassinos digitais, como demonstra o site da Royal Panda, que oferece bônus de boas-vindas a novos clientes, além de grande variedade de produtos e serviços, constando entre eles tanto as populares modalidades de cassino quanto as apostas esportivas online. Assim, o cassino virtual acaba sendo uma espécie de “arena multiuso” para o entretenimento online. 

Outro lado do prisma da relação entre a indústria de jogos e o mundo esportivo é a interação entre clubes e cidades conhecidas por seus grandes cassinos. É uma relação mútua, com as grandes casas de jogos muitas vezes servindo como atrativo para o investimento em times da cidade em questão.

No principado de Mônaco, encontra-se o Cassino de Monte Carlo, famoso por suas aparições em filmes do agente 007 e já conhecido por sua grandeza e pelo público que o frequenta. O local aparece também no circuito de Mônaco, desenhado nas ruas do principado durante os eventos de Fórmula 1 ali realizados. Além disso, a pouco mais de um quilômetro de distância, encontra-se o Estádio Luís II, casa do time AS Monaco, que disputa a primeira divisão do campeonato francês.

Nos últimos anos, Las Vegas tem trabalhado forte para atrair grandes times para a cidade. O esforço teve início com o time de hóquei, Vegas Golden Knights, que chegou à cidade em 2017. No ano seguinte o time de basquete da WNBA, Las Vegas Aces, foi formado após a realocação do time para a capital dos cassinos. E, a partir deste ano, Vegas será a casa dos Raiders, que saíram de Oakland, na Califórnia, após 60 anos de história.

Estes são apenas alguns dos grandes exemplos da interconexão física entre esportes e jogos que acaba se expandindo ao longo dos anos. E a tendência é que tal ligação fique ainda mais forte com o passar do tempo, com os grandes centros de turismo que já têm os cassinos como atrativo buscando novas formas de atrair mais pessoas para seus espaços.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Leia Mais

Lucas Pratto: confira clubes brasileiros em que o argentino teria espaço

O experiente centroavante argentino Lucas Pratto, de 33 anos, teve rescisão amigável de seu contrato com o River Plate ao final da última semana e está livre para assinar com qualquer clube. De boas passagens pelo Brasil por Atlético-MG e São Paulo, Pratto certamente tem seu nome ventilado nos corredores de outras equipes da elite

P