Connect with us

Copa do Brasil

Santos faz o básico e constrói boa vantagem contra o Cianorte na Copa do Brasil

Published

on

Quase rebaixamento no Paulistão, eliminação na Libertadores, derrota por goleada na estreia do Campeonato Brasileiro: o Santos precisava de um impulso para mudar o rumo da temporada 2021. Um passo foi dado com a boa vitória conquistada no Albino Turbay, contra o Cianorte, na primeira das duas partidas entre os dois na Terceira Fase da Copa do Brasil.

Com gols de Kaio Jorge e Marinho, cada um em uma etapa, o Peixe abriu 2 a 0 e praticamente consumou a classificação. Agora, a equipe praiana só perde a vaga se perder com diferença de três gols na Vila Belmiro, na próxima terça-feira. 

Leia mais:

Crônica do jogo:

Como era de se esperar, a equipe de Fernando Diniz partiu para cima nos primeiros minutos de jogo, com destaque para as participações de Marinho e Gabriel Pirani, cada um por um lado do campo, e cujas habilidades eram grande esperança para desequilibrar a favor da equipe paulista. Ainda que nenhuma chance fosse realmente digna de gol, o Peixe assustava a meta adversária.

O relógio corria e o Leão do Vale se defendia como podia, enquanto o Santos ganhava território. Para o primeiro, era difícil sequer conectar passes no campo adversário, enquanto para o segundo, faltava a criação efetiva de lances de perigo.

E assim foi: aos 21’, o chute de Alison já passava raspando a meta cianortense. No minuto seguinte, o goleiro deu rebote no chute de _ e Kaio Jorge pegou o rebote com categoria, inaugurando o marcador para o Peixe.

O gol não alterou em nada a tendência do jogo. Aos 31’, Bruno teve de salvar o que seria gol certo de Marinho.

Aos 40’ cravados, foi a vez de Pirani perder gol incrível, desta vez sem defesa do goleiro, responsabilidade total do atacante santista.

Assim, as equipes foram para o intervalo com placar de 1 a 0 para o Santos. Pelo volume de jogo e chances criadas, ficou barato.

Na segunda etapa, a ordem do jogo não fora em nada alterada. Peixe no ataque, Leão se defendendo com unhas e dentes.

A partir dos 65’, o Santos resolveu aumentar o ritmo, a fim de levar a situação praticamente resolvida para a Vila Belmiro, na próxima terça-feira. Marinho marcou com impedimento assinalado, e, na sequência, obrigou Bruno a nova grande defesa.

O Cianorte só assustou mesmo aos 67’, em um cruzamento que passou na boca do gol de João Paulo, sem que houvesse a finalização.

Aos 78’, foi a vez de Kaio Jorge desperdiçar grande chance de ampliar para o Peixe. E, logo na sequência, Bruno fez milagre em chute de Marcos Guilherme, que tocou ainda no travessão.

E tanta foi a insistência que a ampliação do placar veio, com ele, Marinho, que já merecia o gol. Após jogada de Kaio pela direita, o craque santista chutou duas vezes para enfim, marcar seu gol e ampliar a vantagem.

Após mais algumas chegadas tímidas do Santos, o placar final foi fechado em 2 a 0. Jogando Cianorte, o Peixe fez o básico, o suficiente para ter boas condições de apenas confirmar o avanço de fase.

Pós-jogo:

O Santos criou chances do início ao fim e sufocou a equipe do interior paranaense. A julgar pelo volume de jogo da equipe de Fernando Diniz, não seria de se espantar se a vantagem fosse por goleada.

Porém, a linha de frente santista abusou dos gols perdidos e viu o goleiro Bruno em noite inspirada debaixo da meta do Leão do Vale. Quando os chutes tinham a direção do gol, em grande maioria esbarravam na ótima atuação do arqueiro.

Cabe discussão sobre a intensidade do jogo do Santos, afinal, a impressão que ficou era de que o placar poderia ser mais elástico caso a equipe tivesse, em determinados momentos do jogo, encurralado mais o adversário, que mal conseguia sair de seu campo de defesa. No entanto, é fato que é um resultado importante, de que o Santos precisava, e muito, para que o decorrer da caminhada na temporada seja diferente.

Série B: Em jogo eletrizante em Curitiba, Guarani é eficiente e goleia Operário

Definições…

Santos e Cianorte voltam a campo na próxima terça-feira, na Vila Belmiro, em Santos. As únicas hipóteses para reversão do placar no confronto são vitórias do Cianorte por três ou mais gols de diferença, ou a devolução da vantagem de dois gols, que levaria a decisão para os pênaltis.

Antes disso, no final de semana, ambas equipes têm compromissos pelo Campeonato Brasileiro. O Santos, que tenta se recuperar do baque dos 3 a 0 sofridos para o Bahia na estreia, encara o Ceará na Vila Famosa. A bola rola na casa santista às 21h do próximo sábado.

Já o Cianorte, pela Série D, estreia contra a Portuguesa-SP, no retorno da Lusa ao Campeonato Brasileiro. A partida será no Canindé, também neste sábado, mas às 19h.

Athletico

Flamengo 0x3 Athletico-PR: confira o pós-jogo da partida pela Copa do Brasil

Na disputa por uma vaga na decisão nacional, Furacão faz partida perfeita no Maracanã e goleia o Flamengo

Published

on

É isso mesmo: o Athletico-PR foi ao Maracanã, nesta quarta-feira, e goleou o Flamengo para garantir a vaga na final da Copa do Brasil. Após o empate por 2 a 2 na partida de ida, em Curitiba, na quarta anterior, o time paranaense jogou bem, mostrou muita personalidade, aproveitou os erros adversários e passou por cima do Fla. O Furacão encara na grande decisão o Atlético-MG, em duas partidas.

Crônica do jogo:

O jogo dava indícios desde o início do que seria decisivo para sua construção. O Flamengo era todo ataque, mas sempre pecava na exposição aos contra-ataques. E o Athletico, muito organizado, mostrava que estava disposto a aproveitá-los.

Assim, logo aos 7′, o VAR foi acionado para decidir um possível pênalti, oriundo de uma das jogadas de contra-ataque a favor do time paranaense. Com auxílio do vídeo, o árbitro indicou que existiu a infração de Filipe Luís em cima de Renato Kayzer. Nikão foi para a cobrança e marcou para o Furacão, aumentando a pressão para o lado flamenguista.

Acumulando atuações questionáveis e problemas extracampo, o Mengo teria de reunir forças para reagir na partida e buscar a classificação. As triangulações, no entanto, careciam de maior criatividade para burlar o ajeitado sistema do rubro-negro paranaense. E quando o rubro-negro carioca progredia, parava em Santos, que mostrava estar numa noite inspirada no Maraca.

As chances continuavam, mas não escondiam a desorganização flamenguista em todas as áreas do campo, desde a construção que não mostrava a coordenação de outros momentos, até a má postura defensiva, que continuava favorecendo ao ataque athleticano. O time de Alberto Valentim sentia o nervosismo brotando nos comandados de Renato Gaúcho.

O Flamengo chegou a ganhar um pênalti na metade da primeira etapa, uma salvação para o quanto vinha sendo produzido. No entanto, o árbitro voltou atrás na decisão após constatar que não havia nada de infração na disputa de bola dentro da área. A partida parava muito, tinha uma incidência elevada de faltas e não corria.

Quando corria, apenas uma equipe conseguia aproveitar. Em novo contra-ataque pegando a defensiva flamenguista desprevenida, Nikão recebeu na direita, arrematou e contou com enorme falha de Diego Alves para marcar o segundo do Furacão, já quase na saída para o intervalo.

Na volta para a segunda etapa, Renato Gaúcho sacou Diego por Michael, e a equipe melhorou consideravelmente. Do garoto, por sinal, quase veio o primeiro gol flamenguista, na melhor das chances até ali. Costurou quatro defensores e bateu forte contra Santos, que defendeu e levou a sorte de ver a bola bater no travessão.

Léo Pereira, Bruno Henrique, Andreas, Éverton Ribeiro, Gabigol. Apesar da pouca criatividade do Flamengo, cada um destes teve uma no mínimo uma chance clara nos primeiros 20 minutos do primeiro tempo. Michael, participativo, era fundamental para causar desequilíbrio no quase perfeito sistema defensivo do Athletico.

Renato via o relógio correr e tentava abrir mais o Fla. Kenedy e Vitinho entraram nos lugares de Arão e Éverton Ribeiro. Pelo outro lado, Valentim queria era que o Furacão segurasse as pontas. Mexeu duas vezes na defesa: saíram Marcinho e Pedro Henrique, entraram Khellven e Zé Ivaldo.

O primeiro deles, Khellven, levou três minutos em campo para aprontar. Após entrar aos 31′, deu um pisão desproporcional em Ramon e tomou, em princípio amarelo, corrigido depois pelo VAR em cartão vermelho. Com um a mais, o Fla passou a sonhar.

Mas o segundo deles impediu todo e qualquer sonho da Nação. Em mais um contra-ataque, pesadelo flamenguista na partida, Zé Ivaldo disparou pelo meio, recebeu da esquerda e, frente a frente com Diego Alves, tocou para definir, transformar o placar em goleada e tecer o sorriso nos rostos dos torcedores paranaenses.

Sob vaias e muitos gritos de protestos, com o técnico Renato Gaúcho de alvo principal, o Flamengo ainda ensaiou reagir, mas não havia tempo para que algo diferente acontecesse. Uma equipe ansiosa que, sob pressão, não foi páreo para o Athletico, organizado e estrategista.

Escalações:

Flamengo: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís (Ramon); Willian Arão (Vitinho), Diego (Michael), Andreas e Éverton Ribeiro (Kenedy); Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Renato Gaúcho.

Athletico-PR: Santos; Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Nicolás Hernández; Marcinho (Khellven), Erick, Léo Cittadini e Abner Vinícius; Terans (Pedro Rocha), Nikão e Renato Kayzer (Christian). Técnico: Alberto Valentim.

Pós-jogo:

Dois anos após ser campeão do Brasil, em campanha que deixou o mesmo Flamengo para trás, o Athletico volta a decidir a principal competição nacional de mata-matas. Quem vem pela frente é o Atlético-MG, que bateu o Fortaleza nos dois jogos da outra semifinal. O Fla volta as forças à decisão da Libertadores, daqui a um mês, e ao Campeonato Brasileiro, onde ainda está vivo na disputa pelo título.

Não há tempo para lamentos – o Flamengo tem uma decisão pelo Brasileiro, no sábado, contra o líder Atlético-MG. Se vencer, a diferença se diminuirá para dez pontos, que poderão se reduzir para apenas quatro, caso o time carioca vença os jogos que tem a menos, ou seja, a disputa continua aberta.

O Athletico, que além da final da Copa do Brasil tem ainda outra final no horizonte, a da Copa Sul-Americana, na metade de novembro, se concentra, por ora, em melhorar no Brasileirão, em que não vence há quatro jogos. A oportunidade de recuperação é neste sábado, contra o Santos, na Arena da Baixada.

Continue Reading

Atlético-MG

Fortaleza x Atlético-MG: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Copa do Brasil

No jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021, Leão do Pici recebe o Galo na busca por qualquer empate para avançar na competição

Published

on

Com objetivos idênticos, Fortaleza e Atlético-MG se enfrentam na noite desta quarta-feira (27), às 21h30, na Arena Castelão

Fortaleza x Atlético-MG duelam na noite desta quarta-feira (27), às 21h30, no Estádio Governador Plácido Castelo (Arena Castelão), em Fortaleza (CE), pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021.

Nesse sentido, após perder para o Atlético-MG, por 4 a 0, fora de casa, o Leão do Pici recebe o Galo, dentro de casa, e precisa vencer pelo mesmo placar, ou 5 a 1, 6 a 2 para levar a decisão para os pênaltis.

Confira abaixo os prognósticos para a partida, com palpites de Fortaleza x Atlético-MG, estatísticas e informações sobre o confronto.

Palpites Fortaleza x Atlético-MG 27/10

Resultado FinalAtlético-MG
Ambos os Times MarcamSim
Marcadores de Gol – HulkA Qualquer Momento
Escanteios Mais de 10

Acompanhe o Jogo Fortaleza x Atlético-MG, Ao Vivo em Tempo Real aqui no InfoEsporte.

Prognósticos Fortaleza x Atlético-MG

Leia mais:

Antes de mais nada, em situações semelhantes no campeonato local, Fortaleza x Atlético-MG se enfrentam na noite desta quarta-feira (27). Assim, em solo cearense, as equipes medem forças, às 21h30, pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021.

Anteriormente, nas quartas de final, o Leão do Pici somou uma vitória e um empate frente ao São Paulo.

Por outro lado, o Galo conquistou duas vitórias diante do Fluminense.

Em suma, o vencedor deste duelo garante a classificação à última fase do torneio. Acima de tudo, a equipe classificada enfrenta Flamengo ou Athletico-PR na final.

Primeiramente, até esta rodada, o Tricolor do Pici, que entrou na terceira fase, em sete jogos disputados, venceu quatro, perdeu um e empatou dois.

Em contrapartida, o Alvinegro, que entrou também na terceira fase, em sete jogos disputados, venceu seis e perdeu um.

Por fim, no que diz respeito ao histórico de confrontos entre as equipes, o Fortaleza tem retrospecto idêntico tal qual o Atlético-MG.

Nesse sentido, de 14 duelos disputados, a equipe mandante venceu seis. Em contrapartida, a agremiação visitante somou seis vitórias. Ademais, dois jogos acabaram empatados.

Desfalques e retornos:

O Fortaleza vai ter, até então, o retorno de David (cumpriu suspensão na última partida).

Por outro lado, o Leão do Pici não vai contar com Yago Pikachu (suspenso pelo terceiro cartão amarelo); e Marcelo Benevenuto e Lucas Lima (não inscritos);

Do mesmo modo, o Atlético-MG vai ter, até então, praticamente a manutenção da equipe titular da última partida.

Em contrapartida, o Galo não vai ter à disposição Allan (suspenso pelo terceiro cartão amarelo); e Nathan Silva (atuou por outro clube nesta edição).

Prováveis escalações:

Fortaleza: Felipe Alves, Tinga, Titi, Jussa; Bruno Melo, Felipe, Éderson, Matheus Vargas, Crispim; Romarinho e Robson. Técnico: Juan Vojvoda.

Atlético-MG: Everson; Guga, Igor Rabello (Réver), Junior Alonso e Guilherme Arana; Tchê Tchê, Jair, Zaracho e Nacho; Hulk e Keno (Diego Costa). Técnico: Cuca.

  • Jogo: Fortaleza x Atlético-MG (Copa do Brasil 2021 – Semifinal)
  • Data e hora: Quarta-feira, 27 de outubro de 2021 –21h30 (Brasília)
  • Local: Estádio Governador Plácido Castelo (Arena Castelão), em Fortaleza (CE)
  • Transmissão: SporTV

Foto: Fortaleza Esporte Clube (@FortalezaEC) / Reprodução / Twitter

Continue Reading

Athletico

Flamengo x Athletico-PR: Palpites, prognósticos e onde assistir o duelo na Copa do Brasil

No jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021, Fla recebe o Furacão na busca por qualquer empate para avançar na competição

Published

on

Com objetivos idênticos, Flamengo e Athletico-PR se enfrentam na noite desta quarta-feira (27), às 21h30, no Estádio Maracanã

Flamengo x Athletico-PR duelam na noite desta quarta-feira (27), às 21h30, no Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021.

Nesse sentido, após empatar com o Athletico-PR, por 2 a 2, fora de casa, o Rubro-Negro recebe o Furacão, dentro de casa.

Confira abaixo os prognósticos para a partida, com palpites de Flamengo x Athletico-PR, estatísticas e informações sobre o confronto.

Palpites Flamengo x Athletico-PR 27/10

Resultado FinalFlamengo
Ambos os Times MarcamSim
Marcadores de Gol – Bruno HenriqueA Qualquer Momento
Escanteios Mais de 10

Acompanhe o Jogo Flamengo x Athletico-PR, Ao Vivo em Tempo Real aqui no InfoEsporte.

Prognósticos Flamengo x Athletico-PR

Leia mais:

Antes de mais nada, em situações semelhantes no campeonato local, Flamengo x Athletico-PR se enfrentam na noite desta quarta-feira (27). Assim, em solo carioca, as equipes medem forças, às 21h30, pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil 2021.

Anteriormente, nas quartas de final, o Rubro-Negro somou duas vitórias frente ao Grêmio.

Por outro lado, o Furacão conquistou também dois triunfos diante do Santos.

Em suma, o vencedor deste duelo garante a classificação à última fase do torneio. Acima de tudo, a equipe classificada enfrenta Atlético-MG ou Fortaleza na final.

Primeiramente, até esta rodada, o Flamengo, que entrou na terceira fase, em sete jogos disputados, venceu cinco, empatou um e perdeu um.

Em contrapartida, o Athletico-PR, que entrou na terceira fase, em sete jogos disputados, venceu quatro e empatou três.

Por fim, no que diz respeito ao histórico de confrontos entre as equipes, o Fla tem vantagem diante do Rubro-Negro paranaense.

Nesse sentido, de 65 duelos disputados, a equipe mandante venceu 24. Em contrapartida, a agremiação visitante somou 26 vitórias. Ademais, 15 jogos acabaram empatados.

Desfalques e retornos:

O Flamengo vai ter, até então, a manutenção do time titular da última partida.

Por outro lado, o Rubro-Negro não vai contar com Arrascaeta e Pedro (presentes no departamento médico).

Do mesmo modo, o Athletico-PR vai contar, até então, com as voltas de Richard e Christian (cumpriram suspensão na última partida).

Em contrapartida, o Furacão não vai ter à disposição Bissoli (jogou por outro clube nesta edição); Richard, Nicolas, Lucas Halter e Matheus Babi (lesionados).

Prováveis escalações:

Flamengo: Diego Alves, Isla, David Luiz, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Everton Ribeiro, Vitinho; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Técnico: Renato Gaúcho.

Athletico-PR: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández; Marcinho, Erick, Léo Cittadini e Abner; Terans, Nikão e Renato Kayzer. Técnico: Alberto Valentim.

  • Jogo: Flamengo x Athletico-PR (Copa do Brasil 2021 – Semifinal)
  • Data e hora: Quarta-feira, 27 de outubro de 2021 –21h30 (Brasília)
  • Local: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro (RJ)
  • Transmissão: SporTV e Globo

Foto: Estádio Maracanã (@maracana) / Reprodução / Twitter

Continue Reading

Últimas

Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão
Vasco16 horas ago

Com 19 saídas, Vasco joga completamente diferente nesta quarta-feira no Cariocão

O Vasco da Gama mudou drasticamente desde o fim da Série B de 2021. O clube carioca teve 19 atletas...

Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca
Notícias16 horas ago

Batista assume o gol do Sampaio Corrêa após quase 10 anos em clube carioca

Após passar quase 10 anos no Flamengo, o goleiro Gabriel Batista foi anunciado como reforço do Sampaio Corrêa nesta temporada...

Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT
Cruzeiro17 horas ago

Terça-feira é o último prazo para Cruzeiro registrar jogadores contra o URT

A temporada 2022 começa para o Cruzeiro nesta quarta-feira, 26 de janeiro, contra o URT no Campeonato Mineiro. Mas o...

Barcelona1 dia ago

Alavés 0x1 Barcelona: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Espanhol

Frenkie de Jong marca no finalzinho e Barça conquista três pontos fora de casa; time de Xavi sobe na tabela

Athletico1 dia ago

Athletico-PR 1×0 Paraná: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Paranaense

Furacão derruba Tricolor com gol no fim, leva o clássico e estreia com o pé direito no Paranaense 2022

Futebol do Interior1 dia ago

Novorizontino 0x2 Palmeiras: confira o pós-jogo da partida pelo Campeonato Paulista

Na partida de estreia do Paulistão, Verdão larga bem e vence Tigre com tranquilidade

Futebol Internacional1 dia ago

Nigéria 0x1 Tunísia: confira o pós-jogo da partida pela Copa Africana

Tunísia marca gol relâmpago na segunda etapa e sustenta o placar para avançar às quartas

Futebol Internacional2 dias ago

Burkina Faso (7) 1×1 (6) Gabão: confira o pós-jogo da partida pela Copa Africana

Na epopeia de Limbe, Burkina Faso é castigada com empate no fim, mas se redime nos pênaltis e carimba classificação...

Futebol Europeu2 dias ago

Crystal Palace 1×3 Liverpool: confira o pós-jogo da partida pela Premier League

Reds fazem tempos distintos, sofrem mas sacramentam vitória no final

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

Trending

P