Connect with us

Futebol Internacional

Sul-Americana em grupos: confira seis times que se complicaram com o novo formato

Published

on

A Copa Sul-Americana pegou a todos de surpresa ao anunciar seu novo formato a partir da temporada 2021. Após uma curta fase preliminar, 32 equipes das dez nações passaram a se organizar em oito grupos, rompendo com o corrente modelo de mata-mata contínuo. Desta nova fase de grupos, oito equipes avançam para encontrarem com outras oito, as terceiras colocadas de cada grupo da Libertadoresa exemplo do Santos – constituindo assim as oitavas-de-final.

O detalhe cruel é que apenas o primeiro colocado de cada chave avança aos mata-matas. Com isso, aqueles grupos em que se há duas ou até três equipes consideradas competitivas no cenário continental acabarão por encarar dilemas e, fatalmente, eliminar alguns destes times precocemente.

Siga todas as partidas e resultados da Sul-Americana:

Copa Sul Americana

Caminhando para o fechamento desta fase de grupos, seis equipes que costumam dar as caras nos mata-matas das competições sul-americanas mostraram que terão de se readaptar ao novo sistema do torneio.

Bahia:

Equipe que vem se habituando a frequentar os mata-matas da Sul-Americana, o Tricolor de Aço teve de encarar um grupo com o maior campeão continental, o Independiente, além de dividir espaço com o Montevideo City Torque, a força emergente do futebol uruguaio.

O Bahia acabou por não triunfar contra nenhuma destas equipes e, após sofrer derrota de virada para o Montevideo em pleno Pituaçu, amargou a terceira colocação da chave.

Corinthians:

Mesmo sem brilhar na Sul-Americana, o Timão deixou para trás os adversários “patinhos-feios” River Plate-PAR, a quem goleou ontem, e Sport Huancayo. O problema foi ter de disputar vaga única com o Peñarol, gigante uruguaio que vive, a nível continental, um de seus momentos mais positivos no século.

Em exibições fracas, o time paulista foi superado pelos Carboneros com facilidade, permitindo-lhes garantir a vaga ainda na 4ª rodada. Ainda assim, ao considerar a força corintiana em mata-matas, não se descartaria a possibilidade de, caso pudesse, avançar a estágios avançados da competição. Ah, se ao menos classificassem os dois primeiros…

San Lorenzo:

Primeiro campeão da Sul-Americana, o Ciclón chegou à competição após cair para o Santos na Pré-Libertadores. Noutros tempos, poderia ser considerado um favorito a avançar casinhas nos mata-matas e incomodar lá para a reta final. No entanto, nos tempos de hoje, se diz que isto dependeria do grupo em que caísse.

E o grupo azulgrana foi complicado. A equipe buenairense começou muito mal e foi superada pelo também argentino Rosario Central e pelo chileno Huachipato, conseguindo, ao fim, ficar à frente do 12 de Octubre, do Paraguai. 

Jorge Wilstermann:

Conhecido dos brasileiros por usar e abusar da altitude de Cochabamba, o Wilstermann não se deu bem com o novo formato da Sul-Americana, terminando na lanterna do Grupo C, que tem o Ceará como líder.

Adversário a ser temido em mata-matas, o “W” não venceu nenhuma das cinco partidas que disputou, contra os cearenses no Castelão, os argentinos do Arsenal e os compatriotas do Bolívar – que pode vir a ser outro a engrossar esta lista. A equipe encerra ainda sua participação exatamente recebendo o Ceará, que, ao contrário destes mencionados, lidou bem com o formato. Na partida nas montanhas bolivianas, há a oportunidade do Wilstermann aprontar, como estamos habituados a ver – o Vozão que se esperte.

Emelec:

Figurinha carimbada nos históricos de diversos brasileiros em competições continentais, o Emelec de 2021 era time de incomodar nas fases finais da Sul-Americana. No entanto, em uma grande bobeada na reta final, deixou escapar a liderança do Grupo G, a qual ostentou por muito tempo, para o estreante Bragantino.

Instável na reta final, o time de Guayaquil acabou a primeira fase com um dos ataques mais positivos e uma campanha interessante. Isso agrava a particularidade do novo formato, que faz mais um punido, e a adaptabilidade que ele exige para os próximos participantes.

Leia mais:

Lanús:

Campeão em 2013 e atual vice-campeão da competição, o “maior time de bairro do mundo” não poderia ser descartado de um balanço dos favoritos da Sul-Americana para este ano. No entanto, a fase de grupos o presenteou com a presença do Grêmio, seu algoz na Libertadores de 2017 e que leva a campanha com muita tranquilidade.

E se não viesse o Grêmio, da Pré-Libertadores viria o Independiente del Valle, outro campeão da competição. Duas equipes equivalentemente competitivas, com igual promessa de invadir as fases finais, tendo que decidir, no grupo, apenas uma vaga posterior.

Futebol Europeu

Brasileiros do FK Bylis celebram título e acesso à primeira divisão na Albânia

Published

on

Foto: Divulgação/FK Bylis

João Ananias e Birungueta ajudaram o time da pequena cidade de Ballsh a conquistar a Kategoria E Pare, a Segunda Divisão albanesa, além de recolocar o clube na elite do futebol do país balcânico.

Os meio-campistas João Ananias e Birungueta deixaram o Brasil e desembarcaram na Albânia com a intenção de ajudar o FK Bylis, clube da pequena cidade de Ballsh, a retornar à elite do futebol albanês depois da queda na temporada passada. A Kategoria E Pare, Segunda Divisão do país, chegou ao fim no último sábado (07), e a meta dos brasileiros foi alcançada em grande estilo, não só com o acesso, mas também, com o título da competição.

Contratados para a disputa de 2021/22, os dois meias foram peças fundamentais na campanha bem-sucedida do Bylis, que volta como campeão para a Kategoria Superiore, a Primeira Divisão albanesa, após obter 22 vitórias, três empates e apenas cinco derrotas em 30 rodadas, terminando o campeonato com 69 pontos, dois a mais que o vice-campeão, Erzeni Shijak.

João Ananias, que já defendeu equipes como Náutico, Santa Cruz, Joinville, Cuiabá e Brasil de Pelotas, comemorou bastante a conquista em solo europeu. Para o atleta de 31 anos, é um momento importante que ficará marcado em sua memória.

“Contente demais por tudo o que alcançamos. Desde que chegamos no clube sabíamos que o foco era voltar para a primeira divisão. Todos abraçaram a ideia e se dedicaram muito. Conseguimos realizar o objetivo e ainda terminar como campeões, o que ficou melhor ainda. Agradeço muito a Deus, pois é algo que nunca esqueceremos. Deixamos nosso nome gravado na história do Bylis, e isso é para sempre”, festejou Ananias.

Com passagens por Treze, Bahia de Feira, Itabaiana e Jacuipense, Birungueta celebrou sua segunda taça no país balcânico. Em 2016, o jogador já havia faturado a Copa da Albânia, quando atuou pelo FK Kukësi. O meia-atacante de 28 anos celebrou o novo troféu e o dedicou a sua família.

“Deus tem sempre um propósito em nossas vidas. Quis Ele que eu retornasse pra Albânia e fosse agraciado novamente. Todos estão de parabéns, pois fizemos uma campanha muito bonita e fomos coroados no final. É uma sensação incrível, de dever cumprido. Esse título com certeza vai para minha esposa e meu filho que estão comigo o tempo todo, seja na adversidade ou na alegria”, declarou Birungueta.

Continue Reading

Futebol Europeu

Hoje na Salernitana, Diego Perotti fala sobre passagem pelo Fenerbahçe: “me senti abandonado”

Published

on

O meia-atacante argentino Diego Perotti, hoje atleta da Salernitana, time da primeira divisão do Campeonato Italiano, comentou detalhes sobre a passagem pelo clube anterior, o Fenerbahçe, da Turquia. Durante a temporada 2020-21, única pelo clube turco, Perotti sofreu uma grave lesão no clássico contra o Besiktas, no dia 29 de dezembro de 2020, e não mais pôde atuar pela equipe.

Desde então, Perotti só foi entrar em campo novamente no dia 7 de fevereiro, quando a Salernitana encarou o Spezia pela Série A Tim, ou seja, 405 dias depois. Nas partidas subsequentes, o argentino ganhava minutos na cancha, sempre vindo do banco de reservas.

“Depois da transferência para o Salernitana, sinto que comecei do zero. Estava em casa há alguns meses e agora sinto falta do vestiário, do cheiro da grama, das partidas e mesmo sendo chutado [do Fenerbahçe]”, declara Perotti.

Este enorme vácuo significa que o jogador de 33 anos passou 2021 inteiro sem jogar futebol. De janeiro até agosto de 2021, quando se encerrou o contrato com o Fenerbahçe, o jogador ficou inutilizado pelo clube. E a situação foi um claro incômodo para ele.

“Os últimos 2 anos foram muito difíceis porque tenho lidado com vários problemas. Infelizmente, tive algumas lesões e problemas com o clube do Fenerbahçe. Senti-me abandonado e não merecia aos 33 anos”, disse o jogador.

Gratidão…

Perotti se mostra grato à nova oportunidade concedida pelo Salernitana e garante que ficará no clube mesmo se o rebaixamento à Série B se concretizar.

“Walter Sabatini [diretor de futebol da Salernitana] me trouxe de volta à vida. Graças a ele, voltei ao futebol. Caso contrário, desisto do futebol. Sempre serei grato a ele. Porque foi um grande risco correr alguém que não jogava futebol há mais de um ano. Ele me ligou e eu estava em Salerno no dia seguinte”, declarou.

O clube granata ocupa a lanterna do Campeonato Italiano, estando dez pontos atrás do Cagliari, primeiro fora da zona de rebaixamento. Ainda assim, estes detalhes parecem secundários a partir das palavras que o argentino tece com relação ao clube e à nova vida:

“Livrar-se do rebaixamento não depende apenas de nós. Faltam alguns jogos e temos mais alguns pontos para disputar. Dou o meu melhor”, diz o meia.

“Não esperava uma recepção. Estou bem na Salernitana, a cidade é linda e vai ficar ainda muito mais bonita. Mesmo que sejamos rebaixados, continuarei em Salerno”, completou.

Continue Reading

Futebol Europeu

Renova ou sai? Futuro de Bernardo Silva no Manchester City segue uma incógnita

Atacante português fala sobre questões pessoais e indica que tratará com o City em hora oportuna

Published

on

Uma das principais peças da equipe de Pep Guardiola, o meia-atacante português Bernardo Silva tem vínculo com o Manchester City até 2025, mas foi alvo de especulações de que estaria insatisfeito e faria um pedido para deixar o clube. Daquele momento em diante, a situação estabilizou, mas ainda não tem uma definição – e o jogador acaba por deixar o futuro ainda em aberto.

Em entrevista ao jornal inglês The Times, nesta sexta-feira (04), o jogador de 27 anos falou sobre a tristeza que sentia durante o período de lockdown e paralisação do futebol, devido ao estágio mais crítico da pandemia da covid-19, em 2020, dentre outros assuntos pessoais. Sobre sua vida no Manchester City, declarou que ainda é cedo para tomar uma decisão.

“Ao final da temporada, vou me reunir com o Manchester City e discutir o que é melhor para os dois lados. Estamos na metade da temporada e, por enquanto, nossa prioridade é ganhar troféus importantes. Podemos ganhar três, zero ou um. Agora não é uma boa altura para falar sobre o meu futuro”, declarou Bernardo, que havia indicado que teria vontade de deixar o clube, durante a última janela de verão na Europa, e tinha o Barcelona como provável destino. O técnico Pep Guardiola não barrou a saída, mas pediu para que o português, bem como qualquer um que se sentisse insatisfeito, apresentassem uma boa justificativa.

Leia mais:

Bernardo Silva ainda contou sobre o drama da solidão em Manchester durante o período de isolamento.

“Estou habituado ao trânsito e ao barulho […]. Há quem não goste, mas gosto de estar perto das coisas, caso precise cortar o cabelo ou até ir às compras”, diz. “Foi difícil porque estava longe da minha família. Antes, ia alguns dias a Portugal e jantava com a minha mãe e o meu pai. Não poder fazer isso foi difícil. Não foi um bom momento, para ser honesto. Estava sozinho no meu apartamento, a minha namorada só veio mais tarde. Via nos rostos dos meus companheiros que era difícil para eles também”, completou.

Estava me sentindo um pouco sozinho na Inglaterra na altura e não estava muito feliz com a minha vida. E se você não está feliz, não fará seu trabalho tão bem quanto se estivesse”, comentou e completou: “Conversei com o clube porque não estava feliz com a minha vida aqui e queria estar mais perto da minha família. Mas [querer sair] não tinha nada a ver com o clube. Eu amo o Manchester City. Amo meus companheiros, os torcedores, amo o clube. Eu fiquei e sempre darei o meu melhor por este clube enquanto estiver aqui”.

Continue Reading

Últimas

Apostas9 horas ago

Jogadores de futebol brasileiros que adoram jogar

O crescimento no interesse por jogos de apostas e cassinos atrai cada vez mais as atenções do mundo todo. O...

Apostas9 horas ago

Diferenciais que fazem Starcraft II popular no mundo das apostas

O mundo dos jogos está cada vez mais conectado com o mercado de apostas, sendo que alguns games se destacam...

Notícias4 dias ago

Bia Zaneratto comemora hat-trick e ótima fase da equipe feminina do Palmeiras no Campeonato Brasileiro

Foto: Fabio Menotti / Palmeiras.com.br O Campeonato Brasileiro Feminino entra em pausa a partir de agora até agosto em função...

Foto: Guilherme Pannain Foto: Guilherme Pannain
Futebol do Interior4 dias ago

Mesmo fora de casa, Lucena mira reabilitação do Tupynambás no Hexagonal Final do Módulo 2

Depois da derrota em Juiz de Fora, volante do Baeta garante equipe impositiva em busca da vitória no domingo (26),...

Foto: Divulgação/ASA Foto: Divulgação/ASA
Notícias5 dias ago

Diego Rosa celebra gol decisivo e aposta no fator casa para ASA encaminhar classificação na Série D do Brasileiro

Determinante na vitória fora de casa sobre o CSE, na última rodada, meia do Fantasma crê em novo triunfo no...

Notícias5 dias ago

Com gol e assistência, Gabriel Bispo é decisivo pelo KuPs na Veikkausliiga

Líder da Veikkausliiga, a principal Liga da Finlândia, o KuPs chegou a nona vitória em 12 jogos na competição. A...

Foto: Taísa Lazari Foto: Taísa Lazari
Futebol do Interior6 dias ago

Capitão do Osvaldo Cruz, Nicholas crê em vitória fora de casa para garantir classificação na Segundona do Paulista

Lateral do Azulão garante time impositivo no sábado (25), diante do Grêmio Prudente, no Prudentão, para não depender de outros...

Apostas1 semana ago

Por que muitos jogadores jogam em cassinos com Bitcoin?

Apostas esportivas e jogos de casino online estão cada dia mais em alta e toda experiência mudou muito ao longo...

Apostas2 semanas ago

As equipes favoritas para vencer a Copa do Mundo em 2022

A próxima edição da Copa do Mundo da FIFA 2022, no Catar, começa na segunda-feira, 21 de novembro, com a...

Buscas Jogos e Times

Pesquisa de Times ou Ligas
Generic filters

Futebol Hoje

Trending

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
P