Vice-campeão chileno inédito, Unión La Calera se reforça para a Libertadores

| |

Em uma atípica edição do Campeonato Chileno, em que o gigante Colo-Colo quase acabou rebaixado pela primeira vez, uma outra surpresa estava reservada. Esta, positiva: o Unión La Calera chegou à segunda colocação, fazendo sua melhor campanha em todos os tempos e se classificando para a Libertadores pela primeira vez na História.

Construindo a história…

Os cementeros ­– apelido proveniente das raízes do clube, em que diversas agremiações esportivas da cidade de La Calera se fundiram (entre eles, a equipe da fábrica de cimentos Melón) – passaram grande parte de sua história de 67 anos transitando entre a segunda e terceira divisão nacional. De uns anos pra cá, começou a dar passos de maior protagonismo no futebol chileno.

A equipe participou das duas últimas edições da Copa Sul-Americana, deixando brasileiros pelo caminho em ambas vezes. A Chapecoense, em 2019, para ser eliminado pelo Atlético-MG na fase seguinte, e o Fluminense, em 2020.

Atrás apenas da Universidad Católica, os Rojos, como também são chamados, conseguiram vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Avassalador, Guaraní atropela Royal Parí e dá passo gigante rumo à 2ª fase da Libertadores

Cesar Vallejo domina partida, perde pênalti e fica no empate contra o Caracas

Reforços pontuais:

Visando a boa campanha de estreia na grande competição das Américas, o La Calera já apresentou os três primeiros reforços para a temporada 2021. São eles o zagueiro Víctor González e os volantes Ariel Martínez e Matías Fernández Cordero.

González, de 26 anos, foi revelado pelo Colo-Colo e atuou na última temporada pelo Coquimbo Unido, equipe que chegou às semifinais da Copa Sul-Americana, mas acabou rebaixada no Campeonato Chileno.

Martínez, de 27 anos, é outro formado pelos Albos, mas se destacou mesmo com a camisa do Audax Italiano. O volante defendeu a equipe da colônia italiana de Santiago pelos últimos quatro anos.

Cordero, de 25 anos, foi revelado nas categorias de base do Santiago Wanderers, em 2015. De lá para cá, fez 115 jogos com a camisa dos Caturros.

O Chile nas competições sul-americanas:

Universidad Católica, Unión La Calera, Universidad de Chile e Unión Española são as quatro equipes chilenas a representar o país na Libertadores 2021. As duas primeiras já estão garantidas na fase de grupos, enquanto que as duas últimas terão de disputar a 2ª fase da competição. Em busca da vaga nos grupos, a LaU enfrenta o San Lorenzo, enquanto a Española terá pela frente o Independiente del Valle.

Pela Sul-Americana, os classificados para a edição de 2021 são Palestino, Huachipato, Cobresal e Antofagasta.

Anterior

Multicanais Internacional x Corinthians: Assistir Jogo ao vivo 25/02/2021

Atlético perdeu 19 pontos para equipes da briga contra o Z-4

Próximo

Deixe um comentário

P