Vitória traz respiro e Santos fica a um passo das oitavas

O Santos precisava voltar a vencer para não correr riscos no Grupo G e reafirmar sua condição de favorito à 1ª colocação.

O empate sem gols contra o Olimpia preocupou o Peixe, porém não mais do que o surgimento do Defensa y Justicia nos últimos jogos. Antes zerado, o halcón emplacou duas vitórias e avivou-se no grupo.

Para corrigir problemas defensivos, Bahia apresenta reforço na zaga

Marinho, sempre ele, abriu o placar para o Santos, em cabeçada forte e precisa, digna de jogador confiante. Um ótimo novo capítulo da saga do homem dos “minimísseis aleatórios” que almeja, se tudo der certo, vestir a amarelinha num futuro próximo.

O jogo amornou na segunda etapa, com o Peixe criando esporádicas oportunidades de ampliar o placar. Mas quem chegou ao gol foram os golfinhos. Aos 29 da segunda etapa, Rojas empatou para o Delfín.

Mas a noite seria mesmo santista. Raniel cruzou rasteiro e Jean Mota, em seu primeiro toque na bola, completou para as redes. Eram jogados 36 minutos do segundo tempo.

Com um mais desde os 41 minutos, após expulsão de Carlos Rodríguez, o Peixe soube lidar com o susto do gol adversário, retomou a liderança do placar e, em suma, não teve tantas dificuldades para administrar o jogo, a despeito do contratempo clássico da altitude.

Os equatorianos, com apenas um ponto somado, praticamente se despedem da Libertadores, e, muito provavelmente, até da vaga para a Sul-Americana.

Enquanto o Santos encaminha a vaga, mas sabe que não há ainda definido.

Na próxima quinta-feira, o grande jogo até aqui. O Peixe irá para o Manuel Ferreira encarar o Olimpia, considerado desde o início o grande adversário do Alvinegro Praiano. No mesmo dia, será a vez do Defensa y Justicia ir ao Equador – e, provavelmente, sair com os mesmos três pontos que o Santos carrega de volta para o Brasil.

Murilo Demarch
Desde 2015, redator, revisor e editor em websites, responsável por criação de conteúdo e exploração de bases de conteúdos de sites nacionais e internacionais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Ex-São Paulo e Santos, Bruno Uvini rescinde com clube árabe e fica sem contrato

Nesta segunda-feira, o Al-Ittihad-ARA, clube dirigido por Fábio Carille e dos brasileiros Marcelo Grohe, Bruno Henrique (ex-Palmeiras)...

Buscando frear queda brusca, Paraná recebe lanterna Oeste

A sequência recente do Paraná de sete jogos sem vencer na Série B (cinco empates – Brasil-RS,...

Palmeiras só enfrentou dois times do Equador na Libertadores neste milênio

O Palmeiras conheceu o Delfin-EQU como adversário das oitavas de finais da Copa Libertadores. E apesar de...

Grupo H: Caracas-VEN se complica e tentará milagre para avançar

Os clubes venezuelanos têm raros momentos de brilho na Libertadores – desde 2016 não avançam para os...

Em jogo alucinante de duas viradas, Guaraní bate Bolívar e passa junto com Palmeiras no Grupo B

Já classificado, mas sonhando com a improvável primeira colocação do Grupo B, chave do Palmeiras, o Guaraní...

Goleado pelo Verdão, Tigre-ARG termina como pior da fase de grupos da Libertadores

Campeão da primeira edição da Copa da Superliga Argentina, competição que começou na última temporada, o Tigre...

Última Hora

Ex-São Paulo e Santos, Bruno Uvini rescinde com clube árabe e fica sem contrato

Nesta segunda-feira, o Al-Ittihad-ARA, clube dirigido por...

Buscando frear queda brusca, Paraná recebe lanterna Oeste

A sequência recente do Paraná de sete...

Leia MaisRelacionado
Recomendamos